Autores Livros Entrevistas Filmes Games HQ's Mangás Wattpad Sagas Seriados

31 de março de 2015

[Resenha] Meu amor, meu bem, meu querido!


Será Que Um Verão Pode Mudar o Que Sabemos Sobre o Amor...





  Quando eu vi esse livro pela primeira vez, foi na Livraria FNAC. Lembro que cheguei a leva-lo até o caixa mas desisti no meio do caminho porque a conta ia ficar meio salgadinha. Esse mês, voltei ao mesmo lugar e lá estava o livro, e só restavam mais 2. Decidi que aquele era o nosso dia e que eu ia compra-lo. Já posso ficar arrependida de não tê-lo comprado antes?

   Lendo a sinopse e vendo a capa, pode ser que você não dê a devida atenção mas quando se propuser a dar uma chance, você será arrebatado pela história conduzida por Ruby McQueen. Uma menina de 16 anos, que é toda certinha, não dá trabalho algum à sua mãe e tem uma relação saudável e amorosa com seu irmão mais novo. Sendo esse exemplo de adolescente, ela mesma fica assustada quando começa a se envolver com o bad-boy Travis Becker. Nesse caso, o rapaz não lembra em nada os outros bad-boys que já nos conquistaram anteriormente. Para ajudar sua filha, Ann resolve inclui-la no seu clube de leitores, as Rainhas das Caçarolas, todos na terceira idade.

  Não, não... não torça o nariz ainda, a história é muito mais do que isso. Juntos, eles descobrem que uma das participantes é a protagonista do romance que eles estão lendo, e ali começam toda uma aventura para reunir os eternos apaixonados.

  Deb tem uma escrita leve e bem humorada mas ao mesmo tempo intensa.
Não me recordo de nenhum livro em que os personagens principais tenham mais de 60 anos e isso me impressionou bastante. Assim como Ruby, eu fui descobrindo mais desse novo "mundo". Meus conhecimentos se resumiram a minha convivência com meus avós (amo vocês!) e eu pude perceber quantas lições valiosas e heranças lindas eles podem passar para nós. Cada página é uma nova descoberta e, cada fala das Caçarolas uma pérola (seja ela séria ou não).

   Você se sentirá sentado no banco traseiro do carro, junto com Ruby durante a aventura, ou sentada na sala durante uma das reuniões e notará que um livro não precisa ter corpos sarados, problemas com ex, beijos molhados e sexo ardente para se tornar um excelente romance.

  "Meu bem, meu querido, meu amor" vai elevar sua exigência com belas histórias e te fará não querer perder tempo com mais contos parecidas. A lição que tiramos em cada uma das páginas, são aquelas que a gente para de ler para comentar com quem estiver por perto.

  Garanto que assim como eu, você também vai querer começar um clube de leitura pra ontem. Alguém se candidata?

  "O amor pode chegar quando você já é você mesma, quando está plena de si. Não acontece quando você procura em alguém uma forma de preencher as suas lacunas!" 


Sinopse Oficial:  Ruby McQueen nunca tivera problemas sendo boazinha, e sempre fez questão de ter um bom relacionamento com sua família, ir bem na escola e tomar boas decisões. Esse é o motivo do porquê ninguém fica mais surpreso do que ela mesma quando o mau caráter Travis Becker a suga para seu mundo de privilégios e ilegalidades, e ela o segue voluntariamente. No entanto, quando Ruby faz o impensável, começa uma louca aventura de várias gerações, conforme seus entes mais íntimos fazem de tudo para salvá-la dela mesma. Será que um verão pode mudar o que Ruby sabe sobre o verdadeiro amor, a família, o destino e seu próprio coração?









16 comentários :

  1. Que resenha mais linda, já posso dizer que você fez eu me apaixonar por esse livro, eu adoro as capas e autores da nova conceito, já tenho uma parte dedicada na minha estante só pra eles, eu queroooo esse livro rsrs.
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Nunca tinha ouvido falar sobre o livro, mas confesso que a premissa me atraiu bastante, diferente da capa que não me atraiu em nada..rs
    Estou encantada com sua resenha e bem curiosa para conhecer a história de Ruby.
    Beijos

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
  3. Oie!
    Já tinha visto esse livro por aí.... hehehhehe
    Me parece ser uma história bem legal. Super leve...
    Gostei muito da sua resenha. Me deu muita vontade de lê-lo!
    Beijão!

    Blog Cheiro de Livro Nacional

    ResponderExcluir
  4. Oi, Bianca! Que livro lindo! Se eu o tivesse visto por conta própria na livraria, nunca teria dado chance pra ele. Eu devo estar na tpm, mas sério, fiquei meio emocionada com essa história porque me fez lembrar de muita coisa. E sobre os personagens com mais de 60 anos: Procure ler Paul Auster. É um escritor MUITO bom e mais adulto, aborda as coisas de forma inteligente, sem subestimar a capacidade do leitor de entender. Pode ler qualquer coisa dele, que você não vai se arrepender, mas dê preferência a "Invisível".
    Um abraço!
    www.literasutra.com

    ResponderExcluir
  5. Ola Bianca eu adorei essa capa, o fato de ter personagens com mais de 60 anos me chamou bastante atenção, com relação a menina certinha e o bady boy j[a sabemos ser clichê, mas acho que o diferencial esta justamente nesse personagem com mais idade. Vou correr para ler. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  6. Poxa, de início achei bem clichê, mas fiquei impressionada pelos personagens terem mais de 60 anos. Bem diferente,bem interessante, fiquei curiosa!

    ResponderExcluir
  7. Oi Bianca!
    Parece ser uma história apaixonante!!
    Curiosa aqui com personagens mais velhos!!!
    Bjos
    Aline Praça
    www.leituravipblog.com

    ResponderExcluir
  8. Parece ser bem interessante! Na verdade, eu até gostei da capa, achei fofa!
    -Vic (https://corujasdepassarela.wordpress.com/)

    ResponderExcluir
  9. Olá
    Eu tenho curiosidade pelo livro desde o lançamento e já faz um tempinho, acho essa capa linda de bonita e o enredo me atrai muito, é uma pena ainda não ter lido e que bom que você leu e não se arrependeu pois já ouvi muitas criticas mas ainda espero ler e amar hahah

    http://realityofbooks.blogspot.com.br/
    Catharina
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Nem o enredo nem a capa me chamaram muita atenção, acho que não estou na vibe de ler clichês. Pretendo dar uma chance num futuro proximo, pois o fato de terem personagens mais velhos me deixou interessada.

    ResponderExcluir
  11. Oi Bianca, tudo bem?
    Não conhecia o livro, mas acredito que iria gostar dele, gostei muito da premissa.
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  12. Ah, adorei ler essa resenha! É sempre bom ficar sabendo de novas histórias, e adorei o fato de alguns personagens serem um pouco mais velhos em uma temática que não tem idade: o amor rs
    Beeijos

    http://ocasulodasletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Bianca
    Nunca li nada da Deb Caletti, mas já li muitas resenhas positivas e a sua me chamou bem atenção para a história.
    Quem sabe logo eu leia. ^^

    Beijos
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi, Bianca! Eu já tinha ouvido falar sobre o livro, mas ele nunca me chamou tanto a atenção. Bom saber que sua experiência de leitura foi positiva. Depois de ler sua resenha passei a olhar a história com outros olhos e agora quero muito realizar a leitura. Parece ser um livro surpreendente e bem do estilo que gosto. Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Hey, adorei a resenha, eu tinha uma imagem bem diferente do livro que estava me fazendo ficar com preguiça de le-lo, mas realmente gostei da sua resenha, espero que eu goste da leitura ^^
    www.muchdreamer.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Oi, Bia, tudo bem?

    Não li o livro ainda. Mas gostei muito da sua resenha. É muito legal quando lemos uma resenha que tocou verdadeiramente o blogueiro... fica muito mais bonito. Fiquei até curiosa para saber o que eu iria achar. Sobre o clube da leitura, a ideia é super bacana e eu sempre quis participar de um. Mas não dou conta dos livros que eu ainda preciso ler =(

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^