11 de agosto de 2018

Resenha: Juntos para sempre – W. Bruce Cameron.

em 11 de agosto de 2018

10 comentários
Título: Juntos para sempre.
Quatro vidas de um cachorro – volume II.
Autor: W. Bruce Cameron.
ISBN: 9788595083264.
ISBN-10: 8595083266.
Ano: 2018. Páginas: 320.
Idioma: Português.
Gênero: Ficção, literatura estrangeira, romance.
Selo: Casa dos livros.
Editora: HarperCollins Brasil.
Encontre no Skoob.
Compre: aqui.
Cortesia / Editora parceira LT 2018.

Sinopse: A continuação de “Quatro vidas de um cachorro”, o best-seller do The New York Times que emocionou milhões!

Amigão, agora um cão velho que sentiu que cumpriu o seu objetivo de vida (ou vidas) vive feliz com Hannah. Porém, quando Gloria, uma aspirante a cantora, chega com Clarity, uma neta que Hannah não sabia que existia, Amigão se responsabiliza pelo bem-estar da menina, em especial ao ver o quanto Gloria não se importa com a própria filha. Assim, uma nova jornada começa, e o animal tem um novo objetivo: proteger e amar Clarity da forma incondicional que apenas um cachorro pode fazer.


Ah, céus! Quando a editora nos ofereceu esse livro para ação do mês, topei ler na hora, e fiquei ansiosa esperando sua chegada para poder devorá-lo. Para quem acompanha o blog, sabe que aqui, somos loucos por animais, por cães, então... Amamos mesmo, babamos neles, somos apaixonados, e por mim traria todos para casa, mas a vida não é bem assim – risos.

Então, vou me contentando em ler histórias como “Juntos para sempre” que, destroem meu coração e ao mesmo tempo me marcam e acredito que é o tipo de livro que todo mundo deveria ler, mesmo para quem não ama animais, vai que as palavras do autor, através dos olhos de Amigão – em sua nova versão, conquistem seu coração? Bem, clica aí e segue lendo!

A continuação de "Quatro vidas de um cachorro" é tão extraordinária quanto, é um livro que mexe com a gente de todas as formas possíveis, e confesso que me fez refletir sobre o "retorno" dos nossos amigos / filhos peludos. Até que ponto o amor de um animal pode ir por seu amado tutor? O que eles suportam? O quanto nos perdoam? Como eles veem realmente a vida? O que se passa na cabecinha deles e em seus corações? A gente nunca vai saber com detalhes, mas de uma coisa eu tenho certeza: É SÓ AMOR!

Amor puro e verdadeiro, do tipo que não espera nada em troca, do tipo que perdoa as nossas maiores falhas, do tipo que dá a vida pela gente – se preciso for. Quantas histórias da vida real não temos que podem se parecer e ou ser tão intensas quanto a de Amigão – de todas as reencarnações dele com as quais nos deparamos nas histórias? Quantas pessoas não foram unidas por um patudinho? Muitas! Eu mesma, confesso, fiz muitas amizades por conta da minha paixão por animais. 

Eu não quero contar muito sobre o enredo do livro, pois acredito que é um livro para ser apreciado com o coração e a alma. Confesso que chorei lendo, a nova reencarnação do nosso amado cãozinho é tão amável. A forma com que o autor narra através dos olhos da cadelinha Molly – sim, ele agora é uma menininha peluda – me tocou profundamente, me fez lembrar de histórias da minha vida, da de cães que conheço, de animais resgatados com os quais já me deparei na vida e com relatos de amigos e amigas que passaram pelo mesmo, entre outras questões. 

Ler "Juntos para sempre" me fez entender que amar essas criaturinhas de asas nas orelhas, nossos anjos na terra, me faz mais forte, mais feliz, e que todo e qualquer esforço pelos meus patudinhos mais do que vale a pena, eles merecem. Torço para que, caso meus filhos peludos amados retornem após suas partidas, que reencontrem o caminho de casa. Pensar em suas possíveis reencarnações (para quem acredita, claro), me deixou, de certo modo, aflita.

Molly é uma danadinha, fofa, amada, e dá vontade de trazer para nossa casa. O enredo nos apresenta temas complicados, como a relação de uma mãe com sua filha que é bem conturbada desde sempre. Aborda bulimia, adolescência e seus percalços, relacionamentos complicados e abusivos – até, eu diria – e problemas como um todo.  O autor tem todo um cuidado ao abordar os temas, até pelo fato de ser Molly quem nos narra a história, então, com toda a sabedoria de um cão que só vem para nos ensinar o que é amor, ele trabalha isso com sutileza, ainda que nos passe intensidade e muitos sentimentos. 

O que realmente posso dizer sobre essa obra e seu desfecho? APAIXONADA! O livro é lindo, os personagens são bem construídos, e ainda não sei como o W. B Cameron consegue, mas a visão que ele dá pelos olhos de um cãozinho, é incrível. Com certeza é uma continuação que não decepciona, Amigão, Molly, bem, qualquer que seja o corpo que ocupe, de patas, rabo e pelos, é um animalzinho encantador, que nos trás uma lição de amor, de sinceridade, de amizade verdadeira, de vida. 

"Juntos para sempre" é aquela história que vai conquistar o coração de todos os apaixonados por cães, por animais em geral – creio eu –, e que pode ser capaz de tocar um coração, até mesmo de alguém como a Glória – mãe da protagonista. É aquela história que pode fazer algumas pessoas refletirem e entenderem que, mesmo que elas não amem animais e não os queiro em suas vidas, e dever de todos, inclusive delas, respeitá-los. É aquele livro que eu desejo que todos leiam de mente aberta e coração livre, para que possam se aventurar nas patinhas de um cão que só tem a nos mostrar amor. 

A edição está um charme, simples, como  a história pede, e linda! Folhas amareladas, boa revisão – com pequenos errinhos de digitação que não atrapalham em nada a leitura, passam praticamente batidos –, uma capa charmosa e encantadora, uma fonte confortável para leitura, tudo somado a narrativa do autor nos levando a devorar o livro em poucas horas. 

Se eu puder recomendar uma leitura para quem ama animais ou para quem precisa ter seu coração tocado por algo bom nesse momento, ainda que – se você for como a minha pessoa – possa lhe levar as lágrimas, é esse! Recomendadíssimo!

Entrou, sem sombras de dúvidas para minha listinha de livros favoritos da vida e como uma das minhas melhores leituras do ano de 2018. 

"Um cão, um gato, um animalzinho pode transformar verdadeira e positivamente a sua vida, lembre-se disso. AMOR!"

Classificação:

Até mais ver!

10 comentários :

  1. Olá Ana, tudo bem?

    Eu não li o primeiro, mas assisti o filme e fiquei encantada! Sabia sobre o segundo livro e agora, após sua resenhas, estou pensando em ler os dois.

    Beijos!
    https://acolecionadoradehistorias.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem? Eu li o primeiro livro e simplesmente amei, então é claro que quando vi que iam lançar o segundo pirei, hahaha. Adorei tua resenha, pelo o que tu disse o livro parece ser mesmo incrível!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  3. Oi Ana, tudo bem?
    Esse livro é extraordinário, né? Eu não li o primeiro livro, mas tive a oportunidade de ler esse e me apaixonei completamente pela história inteira, mas o final foi o que mais me encantou. Como você disse, ele é apaixonante. Queria entender de onde o Bruce tira tanta inspiração e como ele consegue dar um ponto de vista tão lindo pelos olhinhos desses filhotinhos maravilhosos.
    Que vontade de reler ♥
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem? Eu amo, simplesmente amo livros com animais protagonistas, eles são os melhores livros e sempre me fazem chorar ou rir muito. Apesar disso ainda não conhecia essa história mas, achei tudo muito fantástico e a sua resenha maravilhosa, estou muito feliz com essa indicação e com certeza vou realizar a leitura dele em breve.

    Beijos e Abraços VIVI
    Resenhas da Viviane

    ResponderExcluir
  5. Olá
    Assisti o filme, sei que o livro é melhor (como já me falaram), mas não tive a oportunidade de ler. Realmente eles só querem carinho, e mesmo aquele que o maltrata ( ódio mortal de quem faz isso ) ainda sim os bichinhos querem pelo menos um pouquinho de carinho, eu tive dois cachorros mas tive que doar quando me seoarei, eram de grande porte e minha casa não tinha quintal ( morri um pouco naquele dia, uma marca que nunca vai sumir). Depois disso não tive mais cachorros, mas ainda quero, amo demis.
    Esses livros estão na minha lista e espero ler em breve.
    Bjus

    ResponderExcluir
  6. Ah socorro! Tenho certeza que vou chorar horrores lendo esse livro. Não sei como alguém pode não amar esses bichinhos que com certeza só nos dão amor e têm muito a nos ensinar. Tenho dois gatos e eles são tão companheiros... Histórias de gatos e cachorros sempre me deixam destroçada, curti isso de tocar no assunto da reencarnação.

    ResponderExcluir
  7. Esse livro parece ser uma ótima leitura! Eu amo animais, mas fico sempre com receio de ler livros ou assistir a filmes com eles, não aguento quando eles sofrem!!! Eu gostei muito da premissa desse e já quero ler. Adorei também ler a tua opinião.

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem? O último livro que li que tinha um cachorro como narrador-observador foi Marley, foi há muitos anos. Hoje, não tenho mais esse interesse, apesar de amar cachorros. Concordo muito com o quote, um pet muda muito a nossa vida de forma linda <3 Fiquei feliz pelo livro abordar temas pesados, acho que ainda falta disso na literatura, pouco se dá visibilidade a eles. E acho que combinou bem, tendo em vista que o narrador é um bichinho.

    Love, Nina.
    www.ninaeuma.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Que capa mais fofa *-*
    Não li ao primeiro livro e nem sabia que tinha uma segunda obra, mas assisti ao filme e gostei bastante.
    Já anotei sua dica deste livro, espero me emocionar assim como você. Amo cachorros!

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Desde Marley e Eu não li mais nenhum livro de animais protagonistas, isso porque eu me acabei de chorar e meu coração não se recuperou. Tenho certeza que esse, assim como seu antecessor terá esse poder também, então eu preciso me preparar quando for ler, porque mesmo sabendo que vou sofrer, estou morrendo de vontade de conhecer essa história.
    Abraços

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^



TOPO