Autores Livros Entrevistas Filmes Games HQ's Mangás Wattpad Sagas Seriados

13 de junho de 2017

Resenha: Amos e Masmorras - A Missão.

Título: Amos e Masmorras: A Missão.

Autora: Lena Valenti.

Série: Amos e Masmorras #3.

Editora: Universo dos Livros.

Gênero: Erótico, Literatura Estrangeira, Romance, Romance policial.

Páginas: 272.                

Ano: 2017.

Idioma: Português.

ISBN-13: 9788550300375.

ISBN-10: 8550300373.

Skoob: aqui.

Cortesia da editora para a resenha.


Desde o momento em que os agentes Markus Lébedev, da SVR, e Leslie Connelly, do FBI, se conheceram nas Ilhas Virgens, durante a missão Amos e Masmorras, algo tinha ficado bem claro: a tensão sexual e o desejo iam acabar com os dois. Agora, eles terão que trabalhar juntos para tentar desarticular uma das principais redes de tráfico humano da Rússia. Essa nova missão, nos Reinos Esquecidos, vai pôr à prova o profissionalismo, a ética e os valores de cada um. Nesse caso, dividido em duas partes, colocar o coração em risco pode significar perdê-lo para sempre. 

Lena Valenti volta a surpreender e a fascinar com uma trama incrível, cheia de sensualidade, amor, bom humor, originalidade e reviravoltas inesperadas e engenhosas, repletas de reencontros e de cenas de tirar o fôlego. Markus e Leslie vão cativar os leitores mais exigentes, em uma história de extremos na qual a violência e a realidade mais vil se contrapõem à ternura e à compaixão, ensinando importantes lições.

Infiltre-se...

Arrisque-se...

Cuide do seu coração.

Se pararmos um pouco e prestarmos atenção no meio literário, não só agora, mas desde muito tempo atrás, podemos perceber que não existe uma constante. Existem muitos livros de diversos gêneros e estilos que de alguma forma são bem divergentes uns dos outros. Existe o romance, o terror, a comédia, a ficção científica e por ai vai.

O mesmo acontece com o público. 

Nós, leitores, não somos todos iguais, cada um tem um gosto e uma preferência para determinado gênero. Por exemplo: eu gosto de romances policiais, o Julio de fantasia e a Laneeh de algo mais hot (para quem não sabe, eles são aqui do blog também). Sendo assim, cada gênero possui o seu público alvo, como tudo na vida. 

Entretanto, a grande sacada editorial do momento, acredito eu, seria um livro que de certa forma englobasse mais de um gênero literário, e com isso expandiria o seu leque de leitores e proporcionaria aos fãs de outros gêneros a oportunidade de fazerem um intercâmbio, mesmo que momentâneo, de estilo literário.

Certo, a resenha é sobre Amos e Masmorras e porque raios eu estou aqui falando sobre a literatura no geral?

Pelo simples fato de que esse livro é exatamente o que eu disse sobre a grande sacada do mercado editorial. Pelo nome e pela capa muitas pessoas são remetidas apenas para o lado erótico da história e erroneamente consideram que o livro é apenas mais um romance erótico vazio. 

Entretanto, não... 

Especificamente esse, Amos e Masmorras: A Missão, não o classificaria como um romance erótico, pois estou levando em consideração que o enfoque do livro está mais voltado para a ação e a adrenalina do que para o "vamos ver" propriamente dito, que se formos analisarmos bem afundo, só teve em média umas três cenas mais sexy, na verdade.

Contudo, acredito que para vocês entenderem melhor devo contar um pouco mais sobre a história do livro agora.

Vamos lá...

Amos e Masmorras: A Missão é o terceiro livro da série de mesmo nome que surpreendeu grande parte dos leitores pela ousadia e inteligência da autora em abordar um assunto atual de uma maneira inovadora.

Para quem não sabe, os dois primeiros livros da série giram entorno de um torneio de BDSM (dominação e submissão) chamado Dragões e Masmorras DS. Ele é um jogo que foi criado por criminosos que faziam tráfico humano, prostituição, tráfico de drogas, dentre outros crimes. Esse jogo foi baseado no jogo de RPG Dungeons & Dragons mistura de gêneros, lembra o que eu disse?. Depois de muita investigação, muita ação e muitas perdas... parte do caso foi resolvido e a vida seguiu.

Neste terceiro volume, o enredo se inicia com a segunda fase desse caso que é ainda mais arriscada que a primeira e para isso, novos agentes foram escalados: Leslie, uma agente do FBI e Markus, um agente russo da SVR. 

O nome da missão atual? Amos e Masmorras: nos Reinos Esquecidos. Algum fã de Warcraft aqui? Não, não é coincidência.

O objetivo deles? 

Descobrir e prender quem são os membros do alto escalão da máfia russa que liderava o tráfico humano que agora estava mais intenso devido as perdas que tiveram no final do torneio. E como isso aconteceria? Dragon, o líder da coisa toda, tinha uma escolhida. Adivinha só quem era? Pois é.

Ação, adrenalina, violência e intensidade!

São essas as palavras que posso usar sem a menor dúvida para descrever esse livro fascinante que tem a capacidade de prender o leitor da primeira até a última página. Fazendo quem está lendo sorrir em determinados momentos, prender a respiração em outros e ter um princípio de enfarto nos picos de adrenalina. 

Leslie é completamente diferente de sua irmã Cleo. Ela é uma mulher forte e destemida que sabe muito bem o que quer e tem os seus objetivos muito bem traçados, mas infelizmente, uma variável entrou em sua vida desde o torneio, Markus. 

Markus, por outro lado, é aquele homem que já passou por tantas coisas ruins que simplesmente se fechou para a vida e é capaz de tudo para atingir os seus objetivos. Quando eu digo que ele é capaz de tudo, foca no TUDO! Porque eu confesso que teve alguns momentos da história que fiquei com o pé atrás com ele, mas depois, com o decorrer da trama pude ver o quão forte ele é e o porque de tudo para que ele seja assim. Deu uma dorzinha enorme no coração.

A atração dos dois é extremamente palpável e é até interessante o fato de eles serem extremamente profissionais ao ponto de resistir as necessidades físicas para não perder o profissionalismo. Preciso dizer que isso não deu muito certo ao final?

Em duzentas e setenta e uma páginas dividas em dezoito capítulo, Lena Valenti com a sua narrativa em terceira pessoa extremamente intensa, fluída e sem o menor pudor, consegue fazer o leitor viajar, imaginar, sofrer e comemorar com as ações muito bem narradas e amarradas desses personagens que ganharam o nosso coração.

Inclusive, acredito que devo ressaltar que esse livro possuí cenas fortes, mas não é de sexo, é de violência mesmo que me deixou chocada - morte e tortura -.

A edição da editora Universo dos Livros está impecável como sempre. A capa está magnífica e cá entre nós, dá dez a zero na capa original do livro. Não encontrei qualquer erro de revisão ou de edição como sempre.

Sendo assim, para finalizar.

Amos e Masmorras: A Missão é muito, muito mais mesmo do que um romance erótico. Ele é um romance policial bem intenso, que nos trás críticas muito explícitas a crimes que infelizmente é muito presente em nossa sociedade - o tráfico humano, a prostituição, a escravidão sexual e o tráfico de drogas.

Recomendo essa leitura a todas as pessoas, principalmente para aqueles que tem certa resistência para o gênero erótico. Garanto que vocês não irão se arrepender com essa série.


Quotes
- Seu corpo e suas marcas me dizem alguma coisa, Markus. Você desrespeitou o código dos ladrões, e por isso, foi castigado na prisão. O que fizeram com você? O que você fez? Quem viola o código uma vez - ele levantou o dedo indicador e apontou -, viola duas vezes.

Quem era ele? Por que estava fazendo tudo aquilo?
E imediatamente em seguida ele era bombardeado por todas as razões, explodindo a sua mente, deixando-o de joelhos, porque a verdade era uma só: ele estava fazendo isso por vingança.

Cada vez que ela olhava de perto, ela perdia o juízo. Nunca tinha passado por isso. Nunca tinha se sentido assim com um homem. Eram aqueles olhos.
Não eram as tatuagens, nem os músculos ou o queixo quadrado... Nem sequer o cabelo.
Seus olhos.

Leslie Connelly teve a má sorte de cruzar seu caminho e trabalhar ao lado dele, mas ela deveria sobreviver.
Eles não iam mexes com ela.

- Seu coração está esquecido ou perdido?
- Eu decidi esquecê-lo - ele declarou livremente, olhando para a frente, na verdade sem enxergar nada. - Decidi para de sentir.

- Ele te queria. Pagou por você. Você é o negócio que havia entre o pakhan e o Drakon. De alguma forma, ele te escolheu. Você foi a selecionada para passar a eternidade com ele. O que ele não sabe é que você também é a escolhida do Demônio. E quando ele achar que tem tudo sob controle, eu vou mostrar para ele que o jogo só acaba quando termina.

- Não vou te abandonar. É só me chamar Leslie. Eu vou cuidar de você. - ele sussurrou e, com o rosto dela entre as mãos, beijou-a na testa.

Leslie era o vento.
E ele não era nada mais do que areia.

A bruxa e o demônio era uma equipe. E se alguém mexesse com um, estaria mexendo com o outro.

- Que vá à merda tudo o que eu disse. Que vão à merda as consequências. E pro Demônio..., caralho, que vá para o Demônio o que é do Demônio.

Avaliação:


Outros Livros da Coleção

Amos e Masmorras: A Submissão.

Amos e Masmorras: O Torneio.

Amos e Masmorras: A Missão.


23 comentários :

  1. Oie, tudo bom?
    Realmente, a capa remete a um erótico clichê (meio medieval pela parte das masmorras, rs.), mas eu ADORO histórias que envolvam o FBI, as polícia tudo :p
    Muita ação E sensualidade numa coisa só, é uma ótima pedida!

    ResponderExcluir
  2. Oi,
    menina me abana porque fiquei super impressionada com a premissa. Concordo com o que você disse, a capa desse livro é realmente bem comercial, bem ao estilo de capas do gênero, mas como segundo a sua resenha o conteúdo vai além e é bem mais rico em todos os sentidos, acho que essa pode não ter sido uma sacada tão legal, eu por exemplo até leio livros do gênero, mas ando dando um tempo devido a previsibilidade das histórias, e por essas e por outras nunca me interessei muito de procurar saber do que se trata esse livro, sempre achei que fosse mais do mesmo, mas agora que descobri que não vou dar uma olhada aqui porque se não me engano ontem encontrei ele numa promoção maravilhosa.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Esse livro não me chama atenção, mas sua resenha me fez querer dar uma chance a ele, já que você disse que não é apenas um romance erótico, tem muito mais nele do que aparenta. Fora que foi baseado em D&D, adorei, haha.
    Espero poder conferir em breve!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Ainda não li nada dessa série, mas realmente remetia tudo a um romance erótico. Fiquei bem surpresa pela resenha que o livro não é só isso. Tem investigação e ainda tem referências de jogos. E essas cenas fortes de violência? Fico até com medo e ao mesmo tempo curiosa. Nunca li nenhum livro policial que abordasse temas como escravidão sexual, tráfico humano e de drogas. Não tinha interesse em ler a série, mas acabei de mudar de ideia. Já quero, pra ontem. rs
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Ola
    Já ouvi falar muito dessa série, altos e baixos.. mas ainda não tive a oportunidade de conferir, e isso que tenho interesse pela leitura sim. Acho interessante porque há varios elementos explorados, além do esperado, pelo menos é o que posso compreender nas impressões. Imagino que a história tem muito mais a oferecer né?! Espero ler em breve..
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  6. Olá
    Eu vi esse livro no skoob e confesso não ter ficado com nenhuma vontade de começar essa série. Eu vi algumas resenhas do 1° livro e em sua maioria foram repletas de elogio a cerca da escrita e tal, mas como não sou fã do gênero eu irei pular sua dica de hoje. Até mais ver
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Definitivamente, este livro não é pra mim, mas gostei muito dos quotes que você compartilhou porque dão uma ideia da característica narrativa da autora.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bom?

    Não conhecia o livro e esse estilo não chama tanto minha atenção. Mas que bom que gostou, adorei os quotes citados.

    Beijos:*

    ResponderExcluir
  9. Hoje em dia a mistura de gêneros está bem em alta e a cada dia está sendo mais utilizada. Eu não conhecia nem esse livro e nem a série. E, ao contrário de você, achei a capa bem feia. Rss
    Achei o enredo interessante e fiquei interessada por essa parte mais violenta da história, mas não leria o livro por agora, pois ele não me chamou tanta atenção assim.

    Beijo

    ResponderExcluir
  10. \Oi.
    Tenho que admitir que julguei o livro pela capa e pelo nome. Sendo bem sincera pensei que fosse mais um romance erótico vazio.
    Mas você me ganhou quando falou que é uma mistura de gêneros, pois adoro romances policiais e acho que essa mistura pode ter dado super certo.
    Gostei e anotei a dica.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Esse livro está dando o que falar. Já fui pega pelo seu enredo e não vejo a hora de conferir toda a história que rola na vida desses agentes. Em primeiro momento, a capa realmente não entrega tudo o que o livro possui, e por isso foi uma grande surpresa quando enfim conheci além do título. Adorei suas considerações.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Quando vi esse lançamento, não quis ler o livro, pois não curto livros eróticos, mas algumas opiniões tem mudado minha opinião, principalmente, porque esse livro parece ir MUITO além do erótico, como você disse. Fiquei contente por ser um policial intenso e quero saber o que acontece na trama, então, sim, vou super anotar a dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. oi, parece um livro bacana, e que bom saber que você gostou. Particularmente não curto essa pegada hot, por isso não tenho vontade de ler, por outro lado, essas coisas sobre tráfico humnano e etc são tristes, mas é interessante observar esse combate a essa imensa violência, e essa pegada policial me chama atenção. Quem sabe um dia eu me inspire e leia.

    ResponderExcluir
  14. Olá!

    Eu já havia visto a capa deste livro por aí, mas não lembro de ter lido alguma resenha ou sinopse de fato, por isso confesso estar surpresa com essa trama traga por você. Eu sou uma pessoa bem eclética em relação ao estilo literário dos livros que leio, mesmo tendo minhas preferências. Adoro quando um livro mistura vários gêneros e nos permite conhecer algum gênero que não temos muito conhecimento, como você mesma disse.
    O livro parece mesmo cheio de muita ação e dinamismo, e só por isso já o leria. Obrigada pela dica!

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia esse livro, mas confesso que não me interessei muito. Não curto esses livros que logo no começo os protagonistas já sentem uma atração intensa, mesmo que eles resistam por um tempo. Prefiro quando esse sentimento surge aos poucos, para mim fica mais verdadeiro. Além disso, saber que tem cenas fortes de violência me desanimou de vez.
    De qualquer forma, adorei a sua resenha e fico feliz que você tenha gostado da leitura.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Oi! Nossa, a premissa me pareceu bem ousada! É muito raro que autores assim que tentam referenciar obras consagradas como D&D em outros estilos literários tenham sucesso, mas confesso que fiquei curiosa com a história. Em geral, não gosto de misturas, mas essa me pareceu que deu certo... Fiquei curiosa, será que vai mudar minha opinião? Anotei a dica, beijos!

    ResponderExcluir
  17. Olá!!!!

    Achei a premissa incrível, já quero muito ler esse livro. Não sou fã de policial, mas com o erótico envolvido acho que ficou bem interessante o gênero, ótima sacada mesmo eles já ganharam uma nova leitora. Vou começar do primeiro livro, sua dica vai ser bem aproveitada.

    Beijos e Sucesso!!!

    ResponderExcluir
  18. Mulher!!! Fiquei louca por esse livro, não conhecia a série e fiquei mega curiosa.
    Parabéns pela resenha.

    BEIJOS
    LEITORA DRAMÁTICA
    HTTP://BLOGLEITORADRAMATICA.BLOGSPOT.COM.BR/?M=1

    ResponderExcluir
  19. Oi, Mayara!
    Eu ate´gosto de livros hot, mas confesso que essa premissa não me agrada já estou meio enjoada da mesma estrutura de história dos livros eróticos o que deixa a leitura bem cansativa por isso estou evitando um pouco ler com muita frequência livros do gênero. No momento não leria, mas pode ser que me interessa um dia.

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  20. Olá,

    Tenho o ebook do primeiro livro dessa série, mas ainda não tive tempo para ler. É tão bacana quando um livro consegue trazer essa mistura de gêneros, além de agradar vários públicos, essa variedade torna a leitura mais interessante, pois nunca se sabe o que acontecerá no capítulo seguinte. Enfim, fiquei bem curiosa depois de sua resenha e mal posso esperar para fazer essa leitura.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Achei bem interessante a forma como o livro foi escrito e por não trazer o erótico somente pelo erótico. A forma como a autora conseguiu trazer a ação e o mistério para o gênero é bem diferente e que deve ser repetida. Mas livros com cenas deste tipo nunca conseguem me convencer pela leitura.

    ResponderExcluir
  22. Oi.

    Eu estava com o primeiro livro no Kinlde, estava bem ansiosa para ler. O livro me pareceu ser bem legal, mas não consegui ler porque estava bem ocupada com outras leituras. Vou tentar ler o quanto antes e assim poder ler este também.

    ResponderExcluir
  23. Eu sou uma que, pela capa e pelo título, jurava tratar-se de apenas mais um erótico. Fico muito feliz em saber que a obra é mais do que só isso. Até porque, gosto muito de romances policiais. Eu não dava nada por essa série, mas após ler a sua resenha, talvez até desse uma chance ao livro.

    Tatiana

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^