26 de março de 2019

Resenha: Quando ela desaparecer – Victor Bonini.

em 26 de março de 2019

9 comentários
Título: Quando ela desaparecer.
Autor: Victor Bonini.
ISBN-13: 9788595810587.
ISBN-10: 8595810583.
Ano: 2019. Páginas: 272.
Idioma: Português.
Editora: Faro Editorial.
Gênero: Literatura brasileira, suspense, mistério, thriller psicológico.
Encontre no Skoob.
Compre: aqui.
Cortesia / Editora parceira LT 2019.

"QUAL A ARMA MAIS LETAL DO MUNDO? OS SEGREDOS DAS PESSOAS."

Do autor de O CASAMENTO e COLEGA DE QUARTO.

Sinopse: Uma garota de dezesseis anos desaparece durante uma excursão escolar. Mas não se trata de qualquer garota. Dois anos atrás, ela esteve à beira da morte, e quando foi encontrada, ninguém acreditou que sobreviveria.

Agora, há dois meses desaparecida, não restam dúvidas de que esteja morta. Rastros de sangue e um colar arrancado são as únicas pistas. Pressionados, os policiais estão desesperados por respostas, mas ninguém na longa lista de suspeitos parece ter forte motivação para cometer um crime.

Até que o caso vira de cabeça para baixo e segredos muito bem enterrados emergem para revelar o lado cruel de um lugar aparentemente tranquilo. No meio de tantos possíveis culpados, os inocentes é que estão mais aflitos… porque alguns deles começaram a morrer.


#CadeaKika

Duvido que você, leitor, que está envolvido com as redes sociais literárias, até hoje não tenha se deparado com essa hashtag. Mas, afinal, quem é a Kika? O que aconteceu? Por que todos estão atrás dela?

Essas e outras milhares de perguntas só poderão ser respondidas se você ler esse livro.

Querem saber o que achei sobre "Quando ela desaparecer"?

Continuem a ler!


Começo minha resenha dizendo que esse livro é diferente de tudo o que tive a oportunidade de ler até hoje. Isso tudo acontece porque ele não é um livro de narrativa corrida como estamos acostumados.

"Quando ela desaparecer" é um livro reportagem, escrito pela Sarah, uma jornalista recém formada que na sua época de escola vivenciou de perto um dos casos policias mais comentados de São Paulo, o desaparecimento de Francisca Silveira do Carmo, ou simplesmente, Kika. Neste livro, a  jovem tinha como objetivo elucidar para os leitores tudo o que aconteceu naquela época, as investigações, descobertas, reviravoltas e a conclusão do caso que chocou e abalou o Brasil inteiro.

Francisca, ou Kika, em 2012, na época em que tudo aconteceu, era uma jovem de dezesseis anos, de origem humilde, órfã de pai e que possui um grande defeito: era bonita demais para o seu próprio gosto.

Kika teve a oportunidade de conhecer tanto as coisas boas, quanto as ruins que a beleza pode trazer para a vida das pessoas. Vitima de bullying, odiada pelas meninas, muito próxima dos meninos, isolada a sua maneira e dona de uma personalidade discutível, essa era Kika! Sem contar que ela pode ser descrita também como uma sobrevivente, uma vez que a jovem, em 2010, escapou por pouco da morte. 

Mas será possível um raio cair duas vezes no mesmo lugar? De fato!

Em 2010, nossa protagonista sofreu um atentado brutal, mas sobreviveu. Agora, em 2012, essa mesma jovem foi sequestrada durante uma excursão escolar, para desespero dos alunos, dos professores, do diretor, da população, da policia e sobretudo, de sua própria mãe. 

Será que ela sobreviverá novamente?


Confesso que no início tive uma certa dificuldade com a narrativa, porém, isso foi deixando de ser um problema com o decorrer dos capítulos. Afinal, quem melhor do que um jornalista para escrever um livro desse estilo?

Essa resenha está sendo muito difícil de escrever, pois tenho receio de não conseguir passar tudo o que senti lendo essa obra. Esse foi o thriller mais surreal que li nos últimos tempos. Isso aconteceu, pois tudo era muito real! Os fatos, os cenários, as colocações, os acontecimentos... Tanto que em vários momentos me pegava questionando se o livro era de fato uma ficção ou era baseado em fatos reais.

Todos esses sentimentos e duvidas que surgiram em mim ocorreram devido a um trabalho conjunto, onde temos como base a escrita primorosa do Bonini; o trabalho gráfico impecável da Editora Faro como recheio, digo isso, pois ao longo da narrativa nos foram apresentadas fotos, reportagens e tudo mais que precisava para elucidar e tornar ainda mais realista a historia. E, para finalizar, sem dúvida, a cereja do bolo foi as várias reviravoltas que aconteceram ao longo da investigação, sem a menor sombra de dúvida, o final desse livro me deixou chocada e sem saber como agir! Sabe aquele livro que quando terminamos, fechamos o mesmo e ficamos pensando na historia durante um bom tempo? Esse é um belo exemplo disso! Eu ficava falando comigo mesma, como não percebi isso antes???

Bom, voltando... Como disse anteriormente, esse é um livro reportagem, logo, sua narrativa foi composta com base no surgimento de fatos. O primeiro e mais importante: a Kika sumiu! A partir daí, mergulhamos de cabeça em uma investigação policial que vai desde sua infância até sua idade atual e ao longo disso desfrutamos da presença de vários suspeitos, muitos fatos e diversos segredos, desde o que nos chocam, até aqueles que nos impressionam.

Quem era Kika, afinal?

Neste livro, Victor Bonini, literalmente "sambou" na cara do leitor e nos deixa absolutamente chocados com as imensas reviravoltas que uma investigação pode apresentar.

Para quem já leu os livros anteriores do autor, devo avisar que o detetive particular que conhecemos bem, Conrado Bardelli, está de volta e é uma peça importante para a conclusão do caso.

Falando mais sobre a narrativa, de fato parece que estamos lendo uma reportagem de um jornal, por isso, ela não apresenta uma ordem cronológica exata, esse é o primeiro ponto. Em determinados momentos lemos o que aconteceu durante as investigações, em outros, acompanhamos uma conversa que está acontecendo após a conclusão do sequestro e entre esse meio, temos o que ocorreu em 2010. É confuso? Nem um pouco, pois uma parte se correlaciona perfeitamente com a outra e não há como se confundir graças ao trabalho gráfico da editora que teve o cuidado de diferenciar cada fase com uma tonalidade de página, sendo assim, ao longo do livro temos páginas amareladas, acinzentadas e pretas.

Outra coisa importante é destacar que não temos diálogos extensos e nem sentimentalismo ao longo do texto, pois o mesmo se trata de uma dissertação baseada em fatos, depoimentos e documentos.

"Quando ela desaparecer" é um livro que irá lhe impressionar, viciar e, com certeza, surpreender! Bonini, a cada livro mostra o seu poder, seu talento e sua sagacidade. Quem o conhece pessoalmente e se depara com toda sua simpatia e seu jeito brincalhão, não consegue imaginar de que lugar da sua mente que sai thrillers impactantes e assassinatos macabros. Sem dúvidas, atualmente, Victor Bonini já pode ser colocado no alto patamar de escritores de thrillers do mercado editorial nacional.

Se você é fã de histórias policiais e adora um livro eletrizante, por favor, não deixe de ler "Quando ela desaparecer"!


Classificação:



9 comentários :

  1. Oi, Mayara!
    Sempre que leio uma resenha desse livro, fico me perguntando sobre esse fato dele ser tão parecido com uma reportagem. Imagino que seja algo que deixe os leitores bem em dúvida, pois mesmo que eu não conheça o tipo de escrita do autor, geralmente vejo essa comparação. Fico feliz que o livro seja algo surpreendente e achei legal a ideia da editora diferenciar as fases com páginas de coloração diferente. Beijos!

    Jéssica Martins
    castelodoimaginario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá!

    Esse foi um livro que eu grudei e não queria largar mais, até descobrir o que realmente aconteceu. Aquele final foi totalmente chocante e me pegou de surpresa, com certeza esse livro foi a melhor leitura do Bonini que eu fiz até agora!

    ResponderExcluir
  3. Oi, May.
    Depois de ler tantas resenhas elogiando esse livro, não resisti e pedi um exemplar pela parceria com a Faro. Meu livro chegou na semana passada e estou doida para ler essa história!! Sua resenha me deixou mais curiosa ainda!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  4. Tenho muita curiosidade em ler esse livro! Acho esse tipo de narrativa interessante e, realmente, ninguém melhor que uma jornalista para escrever assim. Pelo que você falou, é mesmo difícil acreditar que todo esse thriller seja real.
    Quero muito ler, espero poder matar essa vontade em breve.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Menina do céu!!! Se eu já estava morrendo de vontade de ler este livro nem sei descrever como me sinto agora!kkkkkkkk... Gostaria de poder largar tudo, comprar meu exemplar e mergulhar na história, mas no momento não posso e por isso terei que lidar com a ansiedade por um tempo. :(

    Ainda não conheço o trabalho do autor, mas tenho aqui "Colega de Quarto" e pretendo ler em breve.

    Gosto muito do fato de "Quando ela desaparecer" ser tão "real", ter tantos elementos que prendem o leitor e o fazem acreditar que é uma história que aconteceu, de tanta realidade passada pelo autor. Sei que vou amar este livro!

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Bonini me fascinou nesse livro. Já conhecia a escrita através do O Casamento, mas nesse livro em muitos momentos me perguntei se era uma história real.
    Fiquei chocada com os desdobramentos.
    Um dos melhores que já li no gênero e nacional.

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  7. Oii, tudo bem?

    Nossa, achei bem interessante a premissa do livro. Adoro livros do gênero, e o fato de esse parecer ser muito bem trabalhado me deixa mais curiosa ainda com a leitura.
    Acho que o único ponto que me incomodaria no livro seria a falta de diálogos, mesmo entendendo o motivo para tal.

    Obrigada por compartilhar, já coloquei o livro na minha lista de desejados.
    Adorei sua resenha!!
    Beijinhos!!

    ResponderExcluir
  8. Olá Mayara, eu estou mega curiosa para ler esse livro *-* pelos seus comentários parece que o autor soube montar muito bem o enredo de forma a deixar o mistério do desaparecimento da jovem bem envolvente *-* Além de que a escrita do autor parece ser muito boa. Adorei a resenha *-*

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    ainda não li nada desse autor mas tenho acompanhado o sucesso que suas obras tem feito entre os leitores, em especial essa que foi destaque em vários instabooks, quero muito conhecer essa história, saber mais sobre quem é e onde está Kika. Acredito que seja um mistério instigante e devido a todo o suspense que o envolve, surpreendente. Só tenho um pouco de receio no que diz respeito a narrativa diferente.

    Abraços!

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^



TOPO