Autores Livros Entrevistas Filmes Games HQ's Mangás Wattpad Sagas Seriados

5 de junho de 2016

Resenha: O Vento Pela Fechadura.

O Vento Pela Fechadura

             Boas pessoal, aqui é o Júlio, acho que ainda não fiz uma resenha sobre livros desse que é um dos meus autores favoritos, o mestre, Stephen King!, Falo hoje de um extra de uma das melhores sagas que já li intitulado “O vento pela fechadura”, livro 4.5 de “A torre negra”. Vamos lá!!


Título: O Vento Pela Fechadura.
Série: A Torre Negra.
Livro: 4.5 (Um história de A Torre Negra).
Autor: Stephen King.
ISBN-13: 9788581051581.
ISBN-10: 8581051588.
Ano: 2013.
Páginas: 288.
Idioma: Português.
Editora: Suma Das Letras.
Gênero: Ficção / Terror.
Adicione ao Skoob.




Sinopse:
               Em “O vento pela fechadura”, Stephen King retorna ao Mundo Médio, cenário da “A Torre Negra”. O novo livro encaixa mais uma peça no vasto quebra-cabeças que cerca a saga, oferecendo lendas e histórias fantásticas de Gilead, ao mesmo tempo em que investiga o passado doloroso do pistoleiro Roland Deschain. No meio do caminho entre o Palácio Verde e Calla, o pistoleiro Roland Deschain e seu ka-tet — Jake, Susannah, Eddie e Oi, o trapalhão — são obrigados a acampar numa cidade fantasma. Caso contrário, seriam congelados com a chegada súbita e mortal de uma borrasca, tempestade única ao Mundo Médio. Para afastar o tédio da espera, Roland distrai o grupo com uma história de seu passado. Porém, no centro dessa lembrança, o jovem Roland, do passado, também narra uma fábula de sua infância, registrada em seu livro favorito: “O vento pela fechadura”. A lenda do menino Tim e suas aventuras em busca do mago Merlyn acabam revelando muitas verdades sobre Gilead, o Mundo Médio e o Pistoleiro.


Bastante tempo depois de ter lido a saga original (que é simplesmente fantástica), adquiri e li O vento pela fechadura e a sensação de retornar ao mundo médio foi muito boa. O livro, que se passa entre Mago e Vidro (livro 4) e Lobos de Calla (livro 5), começa com Roland e seu ka-tet mais uma vez em apuros. Uma tempestade sem precedentes se aproxima congelando tudo que encontra pelo caminho. Após conseguirem se salvar no último segundo, Roland começa uma história da época em que era um pistoleiro recém-formado. É enviado por seu pai com Jamie DeCurry (conhecido como Jamie mão vermelha), à cidade de Debaria para investigar uma série de assassinatos cometidos por um trocapele.
            É durante a investigação onde entra uma das maiores características de Roland, a inteligência (a maior é com certeza a pontaria, não vi ele errar um único tiro durante toda a saga), mesmo bastante jovem, consegue juntar informações para resolver qualquer problema.
            Algo que estranhei no livro foi King não ter usado Alain ou Cutberth nessa missão de Roland, embora Jamie tenha se mostrado um ótimo assistente também.
Numa certa parte do livro, o jovem Roland conta a um menino que teve o pai morto pelo trocapele, a história que dá nome ao livro (King se superou nessa, o jovem Roland contando uma história dentro da história contada pelo Roland atual).

“Era uma vez, antes de o avô do seu avô nascer, um menino chamado Tim que morava com a mãe, Nell, e o pai, Grande Ross, no limiar de um ermo inexplorado chamado Floresta Infinita. Por um tempo, os três viveram felizes, embora possuíssem muito pouco...”

“O Vento Pela Fechadura” é uma fábula da infância de Roland, mas que conta muita coisa sobre o mundo médio, sobre o fascínio do pistoleiro pela torre, sobre a linhagem de Merlin, e mostra que King ainda podia surpreender com sua famosa Torre Negra. A história do garoto Tim é pura fantasia, superação das dificuldades, crença no sobrenatural (algo até comum no mundo médio). Ele adentra muito na Floresta Infinita, passa por pântanos, monstros, encontra seres desconhecidos, enfrenta uma tempestade (do mesmo tipo que quase pegou Roland e o ka-tet), tudo isso para ajudar sua mãe a manter a casa da família que está ameaçada pelo misterioso cobrador (sem spoilers :p ).

Após o fim dela, voltamos para a segunda e conclusiva parte da investigação de Roland, que elabora um plano para resolver a situação, ajudado por Jamie e pelo menino. O livro é altamente recomendado para fãs da Torre Negra, um bom retorno ao mundo médio e às aventuras do ka-tet do 19 (entendedores entenderão :p ).

Falando da edição, a capa ficou legal, bem de acordo com a parte principal do conto, a aventura do garoto Tim, tem destaque também para o nome do autor em alto relevo e refletivo. A diagramação ficou bem simples, sem enfeites ou desenhos nas páginas, da mesma forma que a saga original, sem divisão de capítulos, só as divisórias entre as duas partes da investigação que são intercaladas pelo conto “O vento pela fechadura”.


"Uma pessoa jamais fica velha demais para ouvir histórias. Homem e menino, menina e mulher, jamais velhos demais. Nós vivemos para elas."  
Roland Deschain.

Até a próxima!!

18 comentários :

  1. Que capa linda, eu ainda não conhecia mas pelas suas palavras eu já fiquei curiosa. Espero poder conferir também e que a leitura seja bem interessante e fluida, parece que vou ficar curiosa até o final. O enredo também parece ser super instigante.

    ResponderExcluir
  2. Eu sou supermegaultra fã do King mas nunca li a série A Torre Negra. Só começo quando comprar todos os livros pq eu me conheço, ia morrer de ansiedade! Tem alguma coisa que esse cidadão já escreveu que seja ruim? A capa é perfeita, amei!!!

    http://porredelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. OOi
    Nunca li nada do autor. Isso mesmo! haha Mas confesso que não tenho muito interesse. Nem sei bem o porque, já que vejo muitas resenhas positivas como a sua.
    Pretendo ler algum livro dele algum dia, quem sabe acabo gostando haha
    Ótima resenha!

    Beijoos
    http://estantemineira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oie...
    Tenho muita vergonha em revelar, maaaaas, ainda não li nada do autor... Acredite, é verdade!
    Tenho muita vontade de ler, pois, sempre leio resenhas positivas. É bem provável que eu leia essa série um dia.
    Bjo

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bem?
    Tenho muita vontade de ler a série Torre Negra, acredito que deve ser sensacional. Aliás eu quero ler tudo que o SK escreve, hehehe. Acho bem interessante esses livros extras que ajudam a complementar a história, que oferecem informações novas ao leitor, para quem já gosta da série é um prato cheio. Sem dúvidas irei ler quando eu terminar de ler os livros Torre Negra.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. So autor so li Carrie #vergonha mas morrk de vontade de ler outros livros dele, mas essa serie em especial não. Não me interessou

    ResponderExcluir
  7. As pessoas falam muito bem dessa saga A Torre Negra dele, mas não tenho nenhuma vontade de ler. A verdade é que morro de medo do Stephen King, qualquer livro dele seria assustador demais para mim... rs... Mas gostei da capa e que bom que ela representa a parte principal do conto.

    Beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  8. Oi Julio, tudo bem?
    Existem apenas dois autores que eu não consigo ler: Stephen King e Paulo Coelho. Já li dois livros de cada um e desisti, percebi que nenhum dos dois faz parte do meu estilo. Uma pena mesmo, porque meu problema é com a narrativa deles e não com a história e pelo o que você nos contou, eu iria gostar muito dessa série. Sua resenha ficou ótima!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem??
    Sou apaixonada pelo mestre King, tenho essa série em casa, mas ainda não consegui ler. vou fazer um projeto ano que vem para ler, adorei sua resenha!!!!
    Beijus
    www.bibliotecaempoeirada.com.br

    ResponderExcluir
  10. Ooi! Eu adoro Stephen King, mas acho que nunca considerei a ideia de ler qualquer coisa de A Torre Negra. Eu olho quantos livros são e a premissa me da um desanimo, ainda mais conhecendo a escrita do autor (que, para mim, não é tãaao fácil assim); entretanto a premissa dessa fábula parece ser bem legal. Fique curiosa, mas não sei se ficaria perdida por não conhecernada desse universo criado pelo autor. Enfim, ótima resenha.
    Beijos
    Estilhaçando Livros

    ResponderExcluir
  11. Olá. Fantasia e terror não são estilos que leio com habitualidade, pela dificuldade em imaginar as cenas durante a leitura. Achei interessante esse livro pela importância que ele parece ter em relação aos volumes da série que ele intercala. Achei interessante também o fato de o personagem mais jovem contar uma história dentro de outra história já contada pelo mesmo personagem adulto. Só autores como esse conseguem esse tipo de façanha.
    Beijos.
    Karla Samira
    www.pacoteliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Olá. Fantasia e terror não são estilos que leio com habitualidade, pela dificuldade em imaginar as cenas durante a leitura. Achei interessante esse livro pela importância que ele parece ter em relação aos volumes da série que ele intercala. Achei interessante também o fato de o personagem mais jovem contar uma história dentro de outra história já contada pelo mesmo personagem adulto. Só autores como esse conseguem esse tipo de façanha.
    Beijos.
    Karla Samira
    www.pacoteliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Tenho curiosidade em ler essa série do SK, que é um dos meus autores prediletos e gostei do encontrei na resenha, com certeza é um tanto diferente de alguns outros livros que li do autor, mas impossível não ficar interessada, é King! Preciso ler com urgencia os livros dele e acho que vou começar com essa série, espero gostar!

    Da Imaginação à Escrita

    ResponderExcluir
  14. Oiii, tudo bem?
    Realmente já conhecia a obra e fico sempre a namorando nas promoções, sou fascinada por King, e a Torre Negra tem meu coração inteiro já huahuahau amei a sua resenha, me trouxe uma saudade de ler livros assim, lerei com toda certeza.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  15. Li as três primeiras HQS, e curti muito a trama. Depois li o primeiro livro, mas já achei um pouco cansativo, mas já me falaram que fica melhor depois. rsrs
    Eu nem sabia desse livro extra, mas adorei poder saber melhor do que ele trata e tal. Sou apaixonada por esse tipo de história então preciso completar a coleção logo.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  16. Vou te confessar que fiquei bem confusa com a explicação da história por nunca ter lido essa série do King rs Mas sempre tive vontade, sempre ouvi falar muito bem. Achei legal a coisa de história dentro da história.

    ResponderExcluir
  17. Oie!
    Eu tenho uma relação meio complexa com o King, pois gosto dos livros dele mas geralmente as leituras ficam um pouco arrastadas por ele ser bem detalhista.
    De qualquer forma essa série seria algo bem diferente dele do que já li, acho que seria uma ótima ideia eu dar uma oportunidade.
    É muito bom quando lemos algo que gostamos e nos transporta pro mesmo mundo da história, ne? Que bom que esse livro fez isso por você!
    Beijo

    ResponderExcluir
  18. Olá! Acredita que ainda não li nada do autor? Pois é, me bata! kkkk Mas esse livro me deixou bem curiosa e a capa me chamou a atenção. Espero ter a oportunidade em breve.

    Beijo

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^