Autores Livros Entrevistas Filmes Games HQ's Mangás Wattpad Sagas Seriados

28 de junho de 2016

Resenha: Carry On.

Título: Carry On.
Subtítulo: Ascensão e queda de Simon Snow.
Autora: Rainbow Rowell.
Editora: Novo Século.
Páginas: 480.
Ano: 2016.
Idioma: Português.
ISBN-13: 9788542808247.
ISBN-10: 854280824X.
Gênero: Literatura Estrangeira / Fantasia.
Adicione ao Skoob.
Compre: aqui.
 Cortesia cedido gentilmente pela editora.
Sinopse:
Simon Snow é um bruxo que estuda numa escola de magia na Inglaterra. Profecias dizem que ele é o Escolhido.  Você pode até estar pensando que já conhece uma história parecida. O que você não sabe é que Simon Snow é o pior escolhido que alguém escolheu.
Poderosíssimo, mas desastroso a ponto de não conseguir sequer controlar a sua própria varinha, Sinon está tendo um ano difícil na Escola de Magia de Watford. Seu mentor o evita, sua namorada termina com ele e uma entidade sinistra ronda por aí usando o seu rosto. Para piorar, seu antagonista e colega de quarto, Baz, está desaparecido, provavelmente maquinando algum plano insano a fim de derrotá-lo.
Carry On é uma história de fantasma, de amor e de mistério. Tem todos os beijos e diálogos que se pode esperar em uma história de Rainbow Rowell, mas com muito, muito mais monstros.


Dias atrás, recebi o convite de ler um dos lançamentos mais esperados do ano da Editora Novo Século, de lê-lo antes do seu lançamento oficial. Fiquei extremamente honrada com a oportunidade e hoje estou aqui, para contar para vocês, em primeira mão, o que achei desse novo romance da autora Rainbow Rowell!

O trabalho da autora sempre chamou-me a atenção, mas nunca tive a oportunidade de ler nenhum de seus livros. Confesso que o que mais desejava ler era o livro Fangirl, pois já fui uma fangirl alucinada por uma série a ponto de escrever fanfic's e tudo mais. Imaginem então, qual foi a minha reação ao descobrir que estava prestes a ler o livro, sobre o personagem no qual a mocinha do Fangirl baseou sua história? 

Confuso? Talvez. Vou tentar explicar melhor.

Simon Snow é um personagem fictício que, no livro Fangirl era o personagem fictício da série escrita pela Gemma T. Leslie, no qual a Cath baseou sua fanfic.

Interessante, não é mesmo?

Desse modo, quem já teve a oportunidade de ler o livro Fangirl já conhece mais ou menos Simon, Baz, Penny e Agatha. Mas quem ainda não o leu eu, não tem problema algum, um livro não tem interferência em relação ao outro. Vamos lá?!

Como a própria sinopse diz, Carry On conta a história de Simon e seus amigos. É o seu último ano em Watford e as coisas estão muito longe de estarem tranquilas para ele. Por ele ser julgado como o Escolhido, querendo ou não, acaba se tornando o centro de muitas coisas, coisas que até ele não gostaria que acontecessem, uma vez que ele não tem controle nenhum pela sua magia.

Em sua cabeça, o seu destino estava bem traçado: ele lutaria contra o Insípidium em uma batalha de vida ou morte, na qual, se sobrevivesse, seguiria sua vida casado com Agatha. Todavia, logo no início do semestre, Agatha termina com ele por causa de seu companheiro de quarto que, por sinal, é o seu pior inimigo, Baz.

Porém algo está errado. Baz, que é um dos melhores alunos do colégio, não retorna junto com os demais alunos e Simon não para de pensar e nem de procurar Baz pelo colégio. Em sua mente, seu inimigo está tramando algo contra ele.

Em meio a tudo isso, ocorre um fenômeno raro no mundo dos bruxos, no qual os mortos podem comunicar-se com os vivos e eis que a vida de Simon se transforma totalmente. Devida a ausência de Baz, um fantasma encarrega Simon de transmitir um recado ao seu inimigo e então o mesmo decide que deve ajudá-lo e uma trégua que mudaria de vez a vida dos dois surge.

Carry On é um livro de fantasia, de amor, de amizade e de mistério que nos faz viajar e criar inúmeras hipóteses ao decorrer da história.

Quem é o Insípidium? Quem é bom ou mau? Quem está certo ou errado? Surpreendente!

É dessa forma que posso classificar esse livro, de acordo com o seu final. Nenhuma das inúmeras hipóteses que criei em minha cabeça se igualou a conclusão desse livro que me deixou meio que de boca aberta.

O livro em si é dividido em quatro livros, ele é narrado por diferentes pontos de vistas, todos em primeira pessoa. Inclusive, tem um ponto de vista que para mim, no início da história, me parecia bem aleatório e sem sentido, mas quando chegou o Livro 4, tudo encaixou-se perfeitamente. Em relação a escrita da Rainbow: leve, simples e extremamente fluída. Mas mesmo assim, tenho que dizer que o início do livro não funcionou direito comigo, parecia-me moroso. 

Aqui, de todos os colaboradores do LT, acho que sou a pessoa que mais gosta de livros que envolve magia e bruxos. Inclusive, a série da minha vida é Harry Potter. Quando iniciei a leitura desse livro foi totalmente impossível não comparar essa história com a história de Harry Potter:
  • Escola de magia em Londres.
  • Menino Órfão.
  • Escolhido.
  • Profecia.
  • Foi a escola de magia aos 11 anos de idade.

Tudo no início desse livro me remetia para HP e acho que isso me pegou muito, pois quem já leu HP sabe que mesmo sendo um livro voltado para o público juvenil, as coisas fazem muito sentido e não são propriamente infantis, principalmente os feitiços. Nesse livro, contudo, não é bem assim. Os feitiços são meio que cantigas de ninar ou músicas de roda, ou algo aleatório como: Scooby Doo, cadê você?  

Imaginem a minha cara lendo isso?

Outra coisa que me incomodou bastante no Livro 1, foi a fixação absurda que o Simon tinha em Baz. Eu, no meio da leitura, parava e pensava: "Mas que droga é essa, garoto. Desencana!"

Entretanto, quando o segundo livro inicia-se e o Baz finalmente aparece em uma bela entrada triunfal, e começamos a entender o que estava acontecendo. E então chegamos ao terceiro livro e Ai meu Deus, não sei se posso contar isso, posso? Sem spoilers, eu sei! Tudo bem, quando se inicia o terceiro livro, Simon descobre o motivo de tanta raiva que sentia por Baz, amor encubado e tudo muda. As páginas começam a passar tão rápido que o livro encerra-se e você nem percebe.

Sério gente, é lindo demais esses dois. Vontade de pegar eles no colo e trazer para casa.

Aproveitando a deixa, vou falar um pouquinho sobre os personagens. Todos eles tem a sua devida importância, por isso, não menospreze ninguém na história. Simon é o protagonista do livro, mas confesso que todo o meu amor está voltado para o antagonista. Me apaixonei pelo Baz, esse menino é incrível!

Quanto ao final do livro que mencionei ser surpreendente, não vou escrever muito sobre, porque realmente quero que vocês tenham a mesma surpresa que tive, mas posso garantir algo: Fiquei meio chocada, viu?! Nada, nada é o que se parece nesse livro e lhe garanto que o título do livro é totalmente justificado.

Em suma, não temos um livro profundo e nem cheio de lições, apesar de ele nos mostrar o que a ambição pode fazer com o ser humano. Mas temos um livro bom e fofo. Esse é aquele tipo de livro que você lê para passar o tempo e é uma leitura extremamente válida e gostosa.

Recomendo a leitura para todos vocês que gostam de fantasia e de um bom romance mega fofo.

[QUOTES]

E surgirá alguém para acabar conosco.
E alguém que o arruinará.
Que o maior poder entre os poderes reine,
Que ele salve a todos nós.

Lá embaixo, nos túneis tortuosos das Catacumbas, eu uso cada feitiço revelador que conheço, e cada feitiço de descobrimento. (Quem não se escondeu, não se esconde mais! Está na hora do show! Scooby-Doo, cadê você?).

– Estamos em trégua – diz Snow.
– Eu ainda posso pensar de maneira antagonista. Penso coisas violentas a respeito de você constantemente.

Ele não é um monstro.
É apenas um vilão.
Ele não é um vilão.
É apenas um garoto.
Estou beijando um garoto.
Estou beijando Baz.
Ele é tão frio, e o mundo é tão quente.

– Eu não lhe daria todo esse crédito, Simon. Você é excepcionalmente lerdo. E criminalmente lindo… já mencionei isso alguma vez?

– O que você é, Simon Snow, é uma tragédia do caralho. Você literalmente não tinha como ser uma bagunça pior.

– Eu te escolho – digo. – Simon Snow, eu escolho você.

E vampiros.
E bruxos.
E um menino em meus braços, em vez de uma menina.
E um final feliz – ainda que não seja o final que eu teria sonhado, ou esperado, para mim mesmo.

Avaliação: 


Lembrando que o lançamento oficial deste livro aqui no Brasil é hoje, 28 de Junho de 2016 - dia do Orgulho LGBT, a data é perfeita para o lançamento e o livro é super indicado para quem tem a mente aberta e curte uma boa fantasia!






26 comentários :

  1. Ixi! Mais um livro que vou por na lista dos desejados, no começo já imaginei HP. Amei a premissa desse livro, com certeza esse book vai ser lido no final de semana.

    ResponderExcluir
  2. Nossa que honra essa sua heim, deve ser muito legal receber o livro antes de todos e poder ter essa pequena vantagem rsrs.
    Quanto a história eu gostei, e espero logo poder ter a chance de ler e tirar minhas próprias conclusões, pois HP foi minha infância e na verdade faz parte de mim até hoje.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi, como vai?

    Já li algumas resenhas e todas relatam positivas experiência em relação a esse livro. Ele já se encontra na minha lista de leitura. Além disso, fico muito feliz em saber que você também tenha gostado. Parabéns pela resenha!

    http://www.cristinadeutsch.org/
    Saudações literárias.
    Beijos no ♥

    ResponderExcluir
  4. Oiee

    Que bacana receber o livro primeiro!!
    Eu já estava com ele na minha lista de desejados e essa é a primeira resenha que leio, já vi que vou gostar e muito.

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oiii, tudo bem?
    Menina estou completamente louca para realizar a leitura desse livro, pense em uma pessoa louca pela Inglaterra e por livros que possuem bruxos, sou eu!!! Dica anotada!
    Além do mais, achei o máximo você ter recebido o livro primeiro hahahaah arrasou!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Ooi! Eu conheço a autora, mas nunca li nada dela. Tenho uma colega que gosta do livro "Fangirl", mas não me chamou a atenção (e olha que essa amiga é bem crítica hahaha). Bom, não sabia que a autora iria escrever um livro sobre esses personagens, e espero que as pessoas que lera Fangirl tenham se divertido ^-^
    Ótima resenha! Beeijos

    ResponderExcluir
  7. Olá,

    Gostei bastante da premissa do livro e é algo que eu leria, vou anotar a dica.

    Abraços
    oblogcaentrenos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Lembro de ter lido algumas resenhas de Fangirl e ter gostado da premissa. Saber que a história foi tão bacana que gerou um livro (de magia bacana - "Scoob cadê vc", foi ótimo)só para os personagens do outro livro, é legal pacas, mas receber o livro antes do lançamento oficial? =O Tá na minha lista (que não para de crescer nunca, putzgrila)! beijão!

    ResponderExcluir
  9. Oioi! Tudo bem?
    Amo todos os livros da Rainbow Rowell, ainda quero ter todos dela.
    Ainda nao li Carry On, mas escutei mta gente falando bem e tudo mais.
    Primeira resenha que leio e gostei mto de saber mais da historia, nao sabia disso tudo.
    Acho que vou gostar muito e que bom que mantiveram a capa do original, ne?! Eu adorei e to louca pra comprar o meu, vou só esperar baixar o preço, hehe.
    Beijos

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  10. Oi, já ouvi falar muito dessa autora, e ela tem uma legião de fãs, e sei que muitos amam os livros dela e dizem que são ótimos, um melhor que o outro, e confesso que esse me deixou curiosa, já que lembra HP, mesmo sendo ao mesmo tempo, diferente. Acho que leria, já que sua resenha me instigou e gostei muito do que li e pretendo começar a ler seus livros em breve. Ótima resenha.
    bjus

    ResponderExcluir
  11. Oiee ^^
    Nossa, eu não sabia que a autora tinha lançado um livro só com a fanfic das irmãs o.O gostei bastante de "Fangirl", achei a história incrível, mas eu não sou muito fã de histórias de fantasia, e por mais que eu adore a escrita da Rainbow, eu não sei se leria este livro, por mais que ele pareça ser bom :/
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  12. Olhando a capa nem fazia ideia que se tratava de fantasia, bem usando elementos parecidos com HP que gosto muito, parece uma leitura interessante, dica anotada. Bjs

    ResponderExcluir
  13. Eu to morrendo de vontade de ler esse livro. Minha co-blogueira leu e adorou :D Tua resenha me deixou com mais vontade ainda de ler, até porque eu ia enrolar um pouco porque ainda não li Fangirl, mas já que vc leu e gostou assim mesmo, acho que vou encarar esse antes. Esses dois livros da Rainbow são um presente pra geração que cresceu com Harry Potter e Fanfics de Harry Potter haha

    Bjs, Cass | www.livroseoutrascoisas.com.br

    ResponderExcluir
  14. Ola lindona eu amei essa premissa, adoro temas com Bruxos, ainda não conheço a escrita da autora, mas estou muito curiosa com todo livro e esse final surpreendente. Dica mais que anotada. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  15. GENTE, MAS COMASSIM A HISTÓRIA QUE ERA A FANFIC DE FANGIRL VIROU LIVRO MESMO?! Bah, que tri! Olha, eu gostei de Fangirl. Não virou preferido da vida, mas gostei a ponto de lê-lo em um dia apenas. Então, provavelmente ainda lerei esse livro, porque né.

    Adorei saber disso, hahahaha

    ;*

    ResponderExcluir
  16. Olá, apesar de ainda não ter lido nenhum livro da autora esse lançamento me deixou bem curiosa, adoro livros com magias e mesmo que seja um pouco parecido com a formula de HP fiquei muito curiosa para lê-lo *-*

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  17. ser uma espécie de livro dentro do outro livro... mas pelas semelhanças com HP não me senti animada pra ler, não curto o bruxinho... apesar de ler muitos elogios sobre essa autora, prefiro não ler as obras dela, pois não me chamaram a atenção...
    bjs...

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bem??

    Estou louca para ler esse livro, já ouvi falarem muito dele e de como ele é bom. Quero muito ler e conferir, já conheço a escrita da autora, quero muito ler por todos citarem as semelhanças que ele tem com Harry Potter, acho que minha vontade aumenta por esse detalhe.


    Beijo.

    ResponderExcluir
  19. Nossa....Adorei a premissa!
    Caramba eu adoro fantasia e fiquei vidrada lendo a sua resenha. 😮
    Amei demais a indicação 😃
    Bjs😘

    ResponderExcluir
  20. Nossa....Adorei a premissa!
    Caramba eu adoro fantasia e fiquei vidrada lendo a sua resenha. 😮
    Amei demais a indicação 😃
    Bjs😘

    ResponderExcluir
  21. Olá, tudo bem?
    ESTOU MEGA ANSIOSA POR ESTE LANÇAMENTO!!!! Cara, leia Fangirl é um livro muito lindo <3 Estou louca para que lancem logo este livro, já até comprei na pré venda
    Gostei muito da sua resenha!
    Beijos, Larissa (laoliphant.com.br)

    ResponderExcluir
  22. oi ^^
    gosto de livros nesse estilo e acho que gostaria da leitura.
    nunca li nada da autora, por isso acho que esse seria um bom começo :)
    vou ver se dou uma conferida na leitura em breve. Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  23. Olá! Eu sempre fui curiosa pela escrita da autora, tem alguns livros dela na minha lista. Gostei bastante da premissa e as semelhanças com Harry Potter só me deixaram mais alegre. A história parece ser bem interessante e pelo fato de ser lgbt em um mundo fantástico deixa tudo bem mais legal. Espero ler logo, beijos!

    Entre Livros e Pergaminhos

    ResponderExcluir
  24. Eu surtei quando esse livro foi lançado. Achei muito incrível a autora explorar personagens secundários de outro livro dessa forma. Eu sempre quis saber o que seria um livro do Simon de verdade.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Oie
    eu adoro a autora e infelizmente li apenas um mas já tenho outros aqui e quero esse também, sua resenha ficou bem legal e espero poder ler quando tiver oportunidade

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Oi Aninha, sua linda, tudo bem?
    Antes de mais nada, parabéns!!! Fico muto feliz em saber que está sendo reconhecida a ponto de ler antes do lançamento. Como você sou mega fã de Harry Potter e também tenho essa opinião, algumas pessoas pensam que o livro é infantil, mas não é. Achei linda a relação deles, eram inimigos que resolvem se ajudar em um momento complicado, qual ter´sido o recado desse fantasma? Estou com a impressão que irei amar esse livro. Adorei sua resenha!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^