Autores Livros Entrevistas Filmes Games HQ's Mangás Wattpad Sagas Seriados

27 de abril de 2016

Resenha: Voo Fantasma #01.

Título: Voo Fantasma.
Autor: Bear Grylls.
Série: Will Jaeger #1.
Editora: Record.
Páginas: 462. Ano: 2016.
Idioma: Português.
ISBN-13: 9788501106902.
ISBN-10: 8501106909.
Adicione ao Skoob.
Cortesia gentilmente cedida pela editora.
 Mãe e filho são sequestrados de dentro de uma barraca numa montanha nevada. Um soldado leal é torturado e executado num pântano remoto. Um avião de guerra desaparecido, contendo um segredo de proporções catastróficas, é descoberto no coração da Floresta Amazônica. Uma única trama une esses três acontecimentos, e só um homem será capaz de desvendá-la: Will Jaeger, o caçador. Jaeger, ex-combatente do Serviço Aéreo Especial britânico, se vê envolvido numa conspiração que pretende fazer renascer das cinzas o Terceiro Reich de Hitler – e que vai levá-lo da África, via Reino Unido, para as profundezas da Amazônia, onde se escondem segredos macabros da Segunda Guerra Mundial.

Normalmente sou uma pessoa que tem um gosto literário totalmente eclético, costumo ler de tudo um pouco. Desde os romances mais clichês que existem até os "piores" thrillers psicológicos que tem. 
Porém, esse livro foi algo totalmente novo e inusitado para mim, porque tenho um sério preconceito com livros no qual o assunto principal seja a guerra. Entendem a dificuldade inicial que eu tive para lê-lo?
O Vôo Fantasma conta a história do Will Jaeger, um homem que tinha a vida que amava e a profissão dos seus sonhos. Entretanto, do dia para a noite sua vida se transformou quando sua esposa e filho foram sequestrados. Então, ao invés de um sargento das forças armados britânicas, Jaeger transformou-se em um professor de inglês em Bioko, uma pequena cidade sul-africana.

O tempo e a experiência tinham lhe ensinado que todo homem tem um limite. E quando o seu foi atingido, ele fugiu para o último lugar do planeta em que alguém iria procurá-lo - Bioko.
Em um dos seus piores momentos, em um momento em que ele está praticamente desistindo de tudo, seu melhor amigo reaparece e o devolve a vida.
Após uma saída tempestuosa da África, Jaeger volta para sua terra e se depara com uma aventura única: Uma expedição até a floresta amazônica em busca de uma aeronave da qual ninguém tinha conhecimento, mas estava lá perdida a décadas. Uma aventura que tinha tudo para ser uma experiência única e de conhecimento se transforma em uma caçada na qual Jaeger e sua equipe são o alvo, porque as vezes, os segredos devem permanecer o que são: desconhecidos.

Era uma charada, embrulhada em um mistério, dentro de um enigma.

Com uma equipe totalmente nova e desconhecida, um perigo iminente e uma aventura épica, o livro transcorre de uma maneira totalmente alucinante. Contado em uma escrita totalmente fluida e detalhada, o livro poderia ser facilmente listado como um verdadeiro filme de ação. Temos momentos de tensão da primeira até a última página.
Todos os acontecimentos são interligados e muito bem explicados. Tudo faz sentido nesse livro. Como disse no início da resenha, tenho um certo receio com livros sobre guerra. Todavia, com esse livro, isso não aconteceu, acredito que pelo fato de eu estar mais focada na aventura em si.
É muita tensão mesmo, pois a expedição já se inicia sendo sabotada e na minha opinião, o que mais deu a liga para a história foi ver a forma na qual eles passavam pelas adversidades, que devo ressaltar, eram muitas! Uma vida na selva já não é fácil, imagina associar isso a mais um grupo desconhecido muito bem armado lhe caçando.
Referente a parte da guerra em si, não é esse o foco do livro, talvez esteja aí o fato de eu concluir a leitura sem problemas. O autor de uma forma muito inteligente e confesso que audaciosa, utilizou uma das conspirações mais famosas do mundo para escrever seu enredo. Aquela que diz que Hitler não morreu e que o nazismo poderá um dia voltar a crescer.
Vocês tem ideia da viagem desse livro?
É uma história atual, na qual os acontecimentos são baseados nos dados da guerra. Tiveram coisas que desgostei? Sim tiveram, mas nada que de fato atrapalhasse o andamento da leitura, por exemplo: o livro é muito bem detalhado, o que ajuda a entender muita coisa para leigos como eu em assuntos referentes a aventuras na selva. Até mesmo dados sobre a segunda guerra. Isso é bom, mas atrasou um pouco a minha leitura.
Outra fator que deixou-me um pouco incomodada foram os pequenos erros que encontrei durante leitura, errinhos que passaram pela a revisão, mas não são nada sérios e ou que comprometam a leitura.
E... gente... por Deus! As coisas nojentas. Sei que são coisas que realmente aconteceram, mas minha nossa, tiveram partes do livro em que parei assim: Não acredito que estou lendo isso!

Uma coisa que gostei muito na história, fora tudo o que citei, foi que o Bear Grylls abordou também a questão do desmatamento da Amazônia. E a forma com a qual o autor escolheu para retratar isso, foi pela visão dos indígenas. Os ensinamentos e o pouquinho da tradição desse povo que tivemos acesso por meio da história é muito interessante e até bonita -  por se dizer.


Apenas quando a última árvore tiver sido cortada, o último animal tiver sido caçado e o último peixe pescado, só então o homem branco vai entender que não se pode comer dinheiro.

No mais, recomendo a leitura desse livro a todos que curtem o gênero. Recomendo também para aqueles que assim como eu, ficaram curiosos com a obra, porque mesmo que ela não seja o seu estilo, acredite: vale a pena conferir!

Estou alucinada e desejando muito a continuação dessa obra que, graças a Deus, já tem lançamento previsto. OBRIGADA RECORD!!! Porque, sinceramente, esses autores não têm dó da gente, pobres leitores curiosos e ansiosos. O final do livro foi algo sensacional e o gancho perfeito para a continuação, para a infelicidade de quem está morrendo de curiosidade e terá de aguardar por ela.

Vou deixar aqui para vocês a capa e a sinopse do próximo livro. 


A sequência de Voo fantasma, best-seller do Sunday Times e uma bomba de adrenalina de tirar o fôlego

Um cadáver pré-histórico sepultado dentro de uma geleira ártica, chorando lágrimas de sangue.

Uma ilha invadida por primatas raivosos fugitivos de um laboratório de pesquisas classificado com o nível máximo de biossegurança.
Um gigantesco hidroavião escondido debaixo de uma montanha, contendo uma sinistra carga nazista.
Um órfão sequestrado de uma favela africana, tendo em mãos a chave para a salvação do planeta. 
Quatro viagens aterrorizantes. Um caminho intransponível. 
Só um homem capaz de atravessá-lo. 
Will Jaeger. O caçador.
Argumentos De Venda
O programa de TV de Bear Grylls, À prova de tudo, exibido pelo Discovery Channel, tornou-se uma das séries mais vistas no planeta, com uma audiência de mais de 1 milhão de pessoas.
Bear é o Chefe Escoteiro da Associação dos Escoteiros do Reino Unido e tem uma legião de fãs no movimento escoteiro brasileiro, que atinge direta ou indiretamente 500 mil pessoas.
Parceria de divulgação com o Discovery Channel Brasil e com a União dos Escoteiros do Brasil..
Para fãs de livros de guerra, de espionagem, e de ação, como os de Frederick Forsyth, e de aventura e sobrevivência na selva.

O seu lançamento está previsto para o dia 27 de julho desse ano e inclusive em algumas lojas online já se encontra em pré-venda.



Quanto a minha nota para o livro... 



A Record, agradecemos a confiança e pela oportunidade de participar de um de seus projetos.


Ah, galera, essa é a resenha do livro do nosso TOP Comentarista do mês de abril. Ficou interessado no livro? Corre que ainda dá tempo pra você participar do TOP Comentarista que se encerra no dia 30/04. VEMMMM!!

Até mais!

Não deixe de participar das nossas ações promocionais e concorra a vários prêmios bacanas! Ah, participe do nosso TOP Comentarista de Abril. Basta clicar nas imagens abaixo e você será redirecionado para a postagem de cada promoção. Participe e boa sorte!

    

24 comentários :

  1. Oi, eu não conhecia esse livro, e adorei ler sua resenha, especialmente porque é um gênero que me agrada bastante. Legal saber que há questão sobre o desmatamento da Amazônia.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  2. Oiii May! Amei tua resenha! Você me deixou com mais vontade de ler. Sou fã do Bear, assisto todos os programas de sobrevivência dele, e lendo alguns trechos, foi como se estivesse assistido A Prova de Tudo, principalmente nas partes nojentas. Fiquei feliz em saber que o livro é intenso e já sei que vai me prender do início ao fim,beijos!

    ResponderExcluir
  3. Ooi! Confesso que desde o início, desde quando vi a capa desse livro, despertou-me certo interesse, mais ainda agora com sua resenha. Gosto de livros com aventuras, ainda mais que possa abordar algo real! A capa é muito interessante e espero, sinceramente, me surpreender com a leitura. Espero mesmo ter a chance de ler!
    Parabéns pela resenha ^-^
    Beeijos

    ResponderExcluir
  4. Olá,

    Preciso dizer que essa é a segunda resenha positiva que leio sobre esse livro e claro só aumenta minha curiosidade sobre o mesmo. Quero muito saber o que acontece com o protagonista, quais segredos ele vai desvendar e estou louca para ler essa parte da história que se passa na floresta amazônica! Eu adoro suspense e esse livro parece tão promissor. Não sabia que se tratava de uma série, mas fico feliz em saber que a previsão de lançamento já está marcada. Fico feliz que você tenha gostado da obra.

    Abraços
    http://www.colecoes-literarias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oiii, tudo bem?
    Eu estou louca para ler esse livro, cheio de mistérios e envolvimento, sua resenha está maravilhosa como sempre. Porém, o que me desanimou foi saber que o livro tem continuação e eu sempre procuro ler livros únicos, quem sabe eu o compre em uma promoção hahaa.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia esse livro e me interessei muito adoro suspense, aventura e afins. Sua resenha ficou ótima, gostei muito que você foi sincera quanto as partes ruins do livro. Parabéns!

    pegueumaxicarablog.com

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bom?
    Não conhecia esse livro nem o autor, mas, parece ser uma obra bem interessante, ainda que a premissa me mostre que não é o tipo de livro que costumo ler. Por envolver segunda guerra (ou dados da mesma) e ser um livro detalhado, me deixou curiosa! Sugestão anotada ^^

    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  8. Oi, May!
    É a segunda resenha do livro que vejo e o resumo é um só: leitura top! A premissa é intrigante e o clime de suspense tem tudo pra me agradar. Além disso, adoro livros com um bom contexto e embasamento histórico; diferente de você, ler sobre guerras pra mim é importante, pois me ensina o potencial do homem, a temer e a aprender o que NÃO fazer e o que ESPERAR (guerras podem estourar a qq momento)... Sobre a parte da floresta, achei muito bacana da parte do autor dar a visão indígena do negócio! Na listinha! XD

    ResponderExcluir
  9. Nossa, esse livro parecer ser cheio de ação do início ao fim. Fiquei com muita vontade de ler. E também fico feliz que o segunda já vá ser lançado, e olha que ainda nem li o primeiro 😂😂😂😂😂

    Bjs.

    www.ciadoleitor.com

    ResponderExcluir
  10. Resenha muito bem escrita, me deixou mto interessada pela obra, mas o fato de ter continuação n lançada ainda deixa ele mais adiante na fila kkkkk

    ResponderExcluir
  11. Resenha muito bem escrita, me deixou mto interessada pela obra, mas o fato de ter continuação n lançada ainda deixa ele mais adiante na fila kkkkk

    ResponderExcluir
  12. Mayara, minha praia é mais romance e fantasia.
    Não sou de ação e tão pouco de guerras (assim como você).
    Mas realmente a história parece ser eletrizante e que vale a pena ler.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Meu Deus que premissa incrível. Tantos acontecimentos intrigantes deve dar realmente um livro incrível. Fiquei super afim de ler

    Beijos
    ummundochamadolivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Oie
    não conhecia o livro mas a premissa é bem interessante para quem curte o gênero, não sei se o livro me prenderia muito então vou deixar a dica passar por enquanto mas bem legal sua resenha

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Adorei sua resenha!! Acho que é a primeira que leio sobre o livro, fiquei bem interessada! Gosto de livros que abordam a guerra, e esse me pareceu fantástico. Quero!
    Beijos
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Eu fiquei com medo de pedir o livro e não gostar. Depois de ver alguns comentários percebi que perdi uma leitura que eu adoraria. Gostei de saber dos temas que o autor trata, porque na minha cabeça isso nunca teria nesse livro.
    bjs. bjs

    ResponderExcluir
  17. Olá, não sou muito fã do gênero, acompanhei algumas resenhas sobre a série, achei legal, mas acho que não é uma leitura que irei curtir muito, então melhor deixar para a próxima.

    Abraços

    ResponderExcluir
  18. Oi Mayara, sua linda, tudo bem?
    Nossa!!! Que livro!!! Eu preciso ler urgente!!! Enquanto lia sua resenha, eu também tive a impressão que esse enredo poderia facilmente virar filme. A história parece incrível. E a editora já irá lançar o segundo, então, não iremos esperar muito. Sua resenha ficou ótima, me deixou muito empolgada!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Olá!
    Adoro livros de guerra, principalmente se for da segunda guerra mundial.
    Sim, algumas são nojentas e chocantes, mas é a realidade nua e crua. Então, choro, sofro e vibro com o livro. Já estou de olho nesse livro!!!
    Abs
    Ni
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  20. Já eu sou o contrário, adoro livros que envolvem guerras. Agora, o enredo que envolve o Will Jaeger me deixo bem confusa, família sequestrada, mudança de emprego, mudança de país, depois vem para a floresta Amazônica. E o que são essas coisas nojentas? esse livro parece bem maluco, gostei.

    ResponderExcluir
  21. Eu fico impressionada com esses autores que conseguem pensar em uma trama que unem episódios tão diversos em uma coisa só. Muita criatividade!

    Particularmente, gosto de livros que envolvem guerra, mas não _na_ guerra. Gosto quando envolve pessoas que não estão no campo de batalha, como A Menina que Roubava Livros, O Menino do Pijama Listrado, Fique onde está e então corra, etc.

    Ótima resenha, chuchu!

    ResponderExcluir
  22. Oi, tudo bem?
    Esse é um livro que se eu visse na livraria daria pouca importância, mas depois da resenha fiquei bem animado para lê-lo. Pelo que li o livro é muito bem escrito e cheio de ação.

    ResponderExcluir
  23. Olá, tudo bem?

    Parece um ótimo livro! particularmente adoro histórias assim e fiquei bem interessada neste livro!

    até mais,
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  24. Hello! Tudo bem?
    Adoroooo demais o Bear Grylls, ele é muito bom nas aventuras, vi quase todas os eps do seriado dele de sobrevivencia.
    Fiquei bem curiosa com Voo Fantasma, nao sabia que ele escrevia e agora que to sabendo mesmo do que se trata.
    Gostei mto de como mostrou o livro.
    Como sou fã dele, vou ler com certeza.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^