Autores Livros Entrevistas Filmes Games HQ's Mangás Wattpad Sagas Seriados

4 de abril de 2015

Especial - Desabafo da Autora J.R. Ward - The Shadows.


Você que é fã da Irmandade da Adaga Negra, da autora J.R. Ward e está acompanhando o desenrolar desta saga desde 2005 até hoje, avisamos: Essa postagem é a tradução de um desabafo que a autora realizou sobre “The Shadows”, último livro da série lançado em 31 de março de 2015 (a poucos dias atrás) e trás algumas explicações para nós. 
Então, estão avisados: Contem SPOILERS pesados! 

Continue lendo por sua conta e risco!

Segue a tradução livre completa abaixo, boa leitura!


OS SOMBRAS. SPOILERS !!! SPOILERS !!!

******** NÃO LEIA ISTO SE VOCÊ NÃO QUER SPOILERS SOBRE OS SOMBRAS **********

*
*
*

SPOILERS! Há spoilers neste blog! Por favor, pare agora, se você não quer lê-los!

*
*
*

Primeiro de tudo, eu sei que há uma maneira de esconder spoilers de alguma forma, mas eu simplesmente não sou inteligente o suficiente para descobrir isso. Então, espero que o título e toda essa baboseira de asteriscos lá em cima seja o suficiente.


Se você continuar lendo, é por sua conta e risco, ok? 

 *Limpando a garganta.*

Ok, então hoje é 31 de março, o dia do lançamento oficial de "Os Sombras". Normalmente, eu não faço uma grande programação para os dias de lançamento. Não há partidos, nem celebrações e eu não acordo com um brilho de satisfação. Por um lado, estou sempre trabalhando em outra coisa. Por outro lado, você só é tão bom quanto a última coisa que você não fod*u e lançamentos são potencialmente uma chance para falhar. (Você pode dizer o quão divertida fico ao estar em torno disto?) Normalmente eu apenas forço minha cabeça para ficar focada no que quer que eu esteja trabalhando e ficar animada para o evento no sábado (porque se tem algo que eu adoro, é ficar totalmente bombeada para sair e ver os meus leitores!)

A outra razão pela qual eu não entendo é porque, quando se trata dos livros BDBs, geralmente há algo no livro que é controverso, e eu sempre me preocupo com a resposta do mercado.

O que me leva aos meus Rice Krispies (cereais).

Então, eu sei que já disse isso antes, mas eu não tenho nenhum controle sobre as histórias. Elas são o que são, eles (os personagens) fazem o que vamos ler, e se eu tentar alterar alguma coisa, as imagens na minha cabeça se fecham e então eu não tenho nada. 

Nada. Nada!

De qualquer maneira, com isso em mente, vamos voltar ao verão passado ...

Então, lá estava eu, em uma pequena mesa de canto, comendo stew... Não, espere. Essa é a minha frase favorita de The Private Eyes com Tim Conway e Don Knotts.

(Mais uma vez e com sentimentos, antes que as pessoas desistam deste post.)

Então, lá estava eu, começando a delinear Os Sombras, estabelecendo as fotos que me tinham sido apresentadas em um documento ... quando percebi que algo estava fora em relação ao ponto no qual tive que parar.

Lembro-me de caminhar aa pé com a Nomers para tentar colocar minha cabeça no lugar.

A coisa era, eu sabia que Selena e Trez iam acabar juntos desde AMANTE VINGADO. Havia, na verdade, um par de cenas deles juntos deletadas desde aquele manuscrito. Naquela época, à cinco anos atrás? Eu pensei que era realmente interessante ver essa solitária Escolhida com Trez - mas simplesmente não havia espaço suficiente no livro em questão e por isso, eles tiveram que esperar por sua vez. Eu sabia que, eventualmente, eles viriam à superfície.

Deixei a oportunidade para frente. A passagem do tempo levou um par de anos e mais um par de histórias, e foi engraçado, a ideia de fazer uma outra Escolhida cair por amor - considerando que eu já tinha feito Phury e Cormia - que foi uma total “descansada" para mim. Um dos problemas com as Escolhidas é que, como elas foram emergindo de sua educação de devoção, não há muita personalidade nelas. Elas são apenas lousas em branco e para começar, dado a eu ter dificuldades de compor mulheres, que é um grande problema para uma autora com o meu conjunto específico de pontos fracos.

Mas, como eu disse, estou presa fazendo o que me é apresentado - no verão passado, o processo de delineamento de Trez e Selena congelou para mim cedo demais, eu não tinha certeza do que fazer com ela.

Nesse ponto, eu tinha visto primeiro i'Am e, em seguida Trez, voltarem para o Território, para tentar encontrar uma cura para a doença de Selena. A partir daí, para não exceder, eu realmente deveria saber melhor para não fazer besteira - eu assumi que iAm iria e encontraria o seu amor, e Trez iria encontrar a cura para sua mulher e em seguida, simmmmmmmmmmm, o clássico "puta mer*a para todo lugar!!!

*Bocejo. *

Não que eu não goste do meu felizes para sempre. É apenas porque me senti tão previsível. Ainda assim, eu estava indo escrever. Porque isso é tudo que posso fazer.

Então lá estava eu, andando com a Nomers e pensando, pensando, pensando ... quando de repente... Eu queria vomitar.

Foi nesse momento em que eu percebi que eu não tinha conseguido o resto da história de Trez e Selena.
Eu tive uma visão. Eram suas mãos que via na dele, a luz e a pele escura torcida e virou-se como eles realizaram no dia, um para o outro. E Trez estava inclinado para .... dizer as palavras que eu tinha dito para o meu Jonah no dia em que morreu.

"Você está pronta? Está na hora?"

(Minha nossa! Essa mulher vai acabar conosco!!! Sim, confesso, já estou chorando. #Ana)

Agora vamos voltar dois anos. Eu perdi o meu golden retriever amado e parceiro de escrita, Jonas, ou Boo, em 2013, uma queda. Ele tinha câncer, e era do tipo que você não podia tratar porque ele não respondia a quimioterapia.

Agradeço ao meu amigo, que é o melhor veterinário do planeta, tanto que eu não estava preocupada, eu tinha 10 semanas com o meu menino, e se elas fossem tão difíceis, eu não teria trocado um momento sequer delas. 

Veja, eu sabia que Jonas ia morrer. O laudo tinha mostrado e nos dito exatamente o que ele tinha e mer*a era letal. Eu não tinha ideia de quanto tempo nós teríamos, porém, assim, fui forçada a através de cada dia amá-lo e saber que, a qualquer momento, eu estava ciente, absolutamente, positivamente, que iria perdê-lo.

Foi um tempo extraordinário. Um momento de tristeza inimaginável, de alegria ressonante, de terrível dor e medo, de grandes risadas.

Voltando aos meus Rice Krispies (cereais). 

Então, eu faço o que me mandam, escrevo o que me é apresentado, siga o líder ... e porque essa é a minha experiência, quando os leitores exigem saber por que eu "matei a Wellsie", por exemplo, eu simplesmente balanço a cabeça e digo que eu também não queria que ela morresse.

Eu não "escolho" as coisas. Eu não consigo escolher quem acaba com quem, ou o que acontece. E aprecio de fora o que deve acontecer, a questão de que o autor está "no controle", simplesmente não é a minha experiência.

Eu não queria que Selena morresse. Gente, posso assegurar que a última coisa que eu queria fazer era passar quatro meses escrevendo um livro que me colocou de volta para o lugar em minha cabeça em que eu estive na perda do Jonas. Algumas das cenas de Os Sombras me fizeram chorar duramente, a ponto de eu não conseguir ver a maldita tela do computador. Eu odiava editá-lo. Eu odiava a edição de texto. Eu odiava galera.

Ah, e PS, foi muito engraçado contar o esquema para o meu chefe: oh, sim, eu sei que a heroína fodida morre, mas isso é realmente bom... Muito divertido. Sim. Mas eu acho que é uma extraordinária história de amor.

Eu ouvi pessoas dizerem que o conflito é a base de toda boa narrativa. Quanto mais eu estou neste negócio, mais eu acho que isso é verdade. E no que diz respeito a Trez e Selena, não há maior conflito com seu amor ... do que a morte dela.

Eu me sinto como Trez tripulando sobre condutas que surpreenderam até a si mesmo. E Selena era forte e interessante e valiosa por causa do que ela teve que enfrentar com tanta dignidade e força. Juntos, eles floresceram como pessoas e triunfaram como um casal ... mas só porque ela morre no final.

Caso contrário, ele teria sido um bla, cujo final não teria repercutido durante mais tempo do que a fração de segundos que levou para que você feche a capa de trás do livro.

Posso apenas dizer que a perda, a morte, no que se refere, me traz lágrima até agora. E sim, apenas como AMANTE Desperto, eu nunca reli OS SOMBRAS novamente.

Para fazer uma longa história em um curto tempo e tarde demais (referência Clue, desculpe, eu tinha que fazer) - neste dia de lançamento, estou preocupada com o que os leitores vão pensar do que está neste livro. As pessoas ficaram muito putas quando Wellsie morreu e eu compreendo o motivo.

Minha esperança é que, mesmo que as pessoas não gostem disso, pelo menos que obtenham-no. Porque isso significa que eu fiz o meu trabalho. Mas também entendo que as pessoas são como: Sério, eu fico mal quando acontece merda na minha vida real. Eu não preciso disso na minha ficção.

Confie em mim, eu SÓ consegui isso. E odiava escrever este livro.

Isso é o que eu faço, no entanto. Eu escrevo o que eu vejo, o que me é apresentado, o que me disserem. Sem a morte de Jonas, eu não acho que poderia ter escrito este livro. Talvez, alguns irão argumentar que meu lado inconsciente estava trabalhando através de sua morte e que é por isso que Trez e Selena terminaram dessa forma. Eu não sei não, tudo é relevante para mim. Assim que eu vi aquele par de mãos juntas, o resto do livro desbloqueou... e me levou para uma das minhas cenas favoritas das que eu já escrevi.

THE SHADOWS termina com Trez, iAm e Maichen na cozinha do Sal's - e iAm está cozinhando o jantar para os três. Quando termina, Trez diz para Maichen que ele deseja encontrar Selena no fade - e torna-se claro que iAm disse para sua companheira tudo sobre sua cunhada. Trez acaba olhando para o teto, e percebe que se ele estivesse no Fade, iAm nunca teria encontrado a sua própria felicidade: depois de anos de vida e sofrimento por Trez, iAm finalmente tem a sua própria vida, feliz.

Trez é capaz de voltar atrás, para o seu irmão - e ele permanece conectado ao seu amor, mesmo depois da morte dela.

Eu não estou realmente certa de como terminar essa postagem - exceto para dizer, para os leitores que estão decepcionados e/ou com raiva, que eu compreendo e sinto muito, e que eu também gostaria que tivesse sido diferente. Mas que ainda acho que é uma bela história de amor.

Eu ainda sinto falta de Jonah todos os dias.

E que eu amo minha nova menina, Nomers. Não como eu amava Jonas, mas que eu, ele - e ela temos nossa própria ligação especial que nunca vai existir com mais ninguém.

Isso é a vida e acontece.

De qualquer forma, estou enviando abraços, e muito obrigada por seu apoio. Sem todos vocês, eu não estaria fazendo o que eu amo a cada dia.

J.R. Ward.




Título Nacional: "Os Sombras".
Livro: 13.
Ano de Lançamento nacional: Sem previsão.
Número de Páginas: Sem previsão.
Editora: Universo dos Livros (UDL).
Título Original: The Shadows.
Ano de Lançamento: 2015.
(Lançado oficialmente em 31 de março).
Autora: J.R. Ward.

Tradução não oficial da sinopse:
Dois irmãos ligados mais do que pelo sangue lutam para mudar um destino brutal no novo romance de cortar o coração, da série Irmandade da Adaga Negra, da autora J.R. Ward, best-seller #1 do New York Times. 

Trez "Latimer" não existe. E não é só porque a identidade foi criada para que um sombra pudesse sobreviver no mundo humano. Vendido por seus pais à rainha dos S'Hsibe ainda criança, Trez escapou do território e tem sido um cafetão e um executor em Caldwell, NY há anos, o tempo todo fugindo de um destino de servidão sexual. Ele nunca teve ninguém que pudesse confiar totalmente... exceto seu irmão, iAm.

O único objetivo de iAm sempre foi impedir que seu irmão se auto destruísse, e ele sabe que falhou. Até que a escolhida Selena entra na vida de Trez e o macho começa a mudar as coisas... mas então, já é tarde demais. A promessa de acasalar com a filha da rainha é devida e não há para onde correr, onde se esconder e não se pode negociar.

Preso entre o coração e um destino para o qual ele nunca se ofereceu, Trez deve decidir se vai colocar em risco a si mesmo e aos outros, ou para sempre deixar a fêmea pela qual está apaixonado. Mas, uma tragédia inimaginável ataca e muda tudo. Olhando para fora sobre um abismo emocional, Trez deve encontrar uma razão para continuar ou corre o risco de perder-se e a sua alma para sempre. E iAm, em nome do amor fraterno, se depara com um último sacrifício...



É isso, espero que tenham curtido e que o lançamento nacional possa ocorrer o quanto antes para que, todos os fãs e os novos fãs que a série ganhe, possam curtir esse livro que parece estar realmente M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O! 

E, confesso para vocês que a autora ganhou pontos comigo, ainda que ela diga que escreve o que lhe é apresentado, fazia tempo que a série não tomava rumos inesperados como este. Sim, "Os Sombras" promete ser uma ótima leitura e... preparem os lenços de papel pois, se vocês forem como eu, vão chorar lendo. XD

Obrigada por nos acompanharem e até a próxima  ;)

29 comentários :

  1. Ana... pensa na pessoa que leu esse desabafo e o terminou em lágrima? Sim... eu!
    É evidente nesse desabafo dela o medo que ela tem da rejeição, o quanto ela tá sofrendo pelo desfecho do livro que confesso que não me foi surpreendente, mas que ao mesmo tempo foi porque mostrou que a Ward voltou a ser a Ward dos primeiros volumes da série que me prenderam e eu não sentia isso agora nos últimos.

    Esse livro é aquele que diz... SIM eu TENHO que ler... é aquele livro que... minha nossa é a Ward de volta e eu espero que ela não sofra tanta pressão ou qualquer coisa do tipo por causa do final épico do livro.

    beijos Aninha!!!!
    Amo tu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. May, eu tinha escrito uma resposta gigante para vc, mas o pc me sacaneou. rs

      E sim, estou em lágrimas pela resposta que tinha escrito para vc pq... abordava a minha ferida eternamente aberta com um dos meus Anjinhos de Asas nas Orelhas que vc conhece e por isso, não tenho capacidade de reescrever a resposta perdida para vc novamente.

      Sei que vc entende o quanto traduzir as partes do desabafo da Ward relacionados ao Jonas mexeu comigo, pq sei que como poucas pessoas, entendes essa ligação que eu e vc temos com nossos patudos e o que a perda deles nos causa e me solidarizei demais com tudo que a Ward escreveu sobre o Jonas, pq é bem assim mesmo! Cara, eu quase desisti de traduzir por isso. parei algumas vezes, mas... está aí!

      P/s: Obrigada por ajudar nos termos em que eu me atrapalho e com isso, a tradução poder ter ficado certinha. XD

      Preciso responder? Okay? E eterno? Sim?! <3

      Beijos!

      Excluir
  2. Não conhecia esse livro, fiquei muito curiosa e nem liguei se tinha spoilers, eles não me abalam, sim eu li, mesmo com todos os asteriscos e avisos, porque gosto de viver perigosamente rsrs.
    Fiquei triste com com o relato a respeito do cachorro, e sei como é o medo de rejeição.
    espero ler esse livro um dia.
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ólá Josielma!

      Adorei que vc leu. Aí,eu tb fiquei, já conhecia um pouco por ter lido algumas coisas que a Ward postava por auto sobre o Jonas, mas, neste desabafo ela demonstrou toda sua dor.

      Sim, tb entendo esse medo de rejeição e espero que não ocorra, ao menos, não pela maioria.

      Espero que possas ler um dia e conseguir aproveitar.

      Beijos e obrigada por sempre nos prestigiar com seu carinho e sua presença! ^_^

      Excluir
  3. Oie
    Infelizmente nao curto esses tipos de livro
    Mas gostei da escrita da sua resenha!
    Beijao
    Gio - Clube das 6
    www.clubedas6.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gio, na verdade, só traduzi a publicação que foi feita pela autora. heheehehe.
      Mas, compreendo que não faça seu gênero de leitura.
      Aproveito para agradecer por vcs sempre nos acompanharem. Beijos!

      Excluir
  4. Eu li apesar dos avisos. Nunca li nenhum dos livros e eu não tenho interesse. Mas o relato sa autora me emocionou kkk
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ana, a gente avisa, né? XD
      Emociona mesmo, é algo que nos remete a reflexão.
      Obrigada por nos acompanhar!

      Beijos.

      Excluir
  5. Eu li apesar dos avisos. Nunca li nenhum dos livros e eu não tenho interesse. Mas o relato sa autora me emocionou kkk
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Ana, tudo bem? Não tenho muita vontade de ler essa série, mas achei o relato da autora bem emocionante. Achei interessante a sinopse do livro, a vida do Trez não parece ser fácil.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rafa.

      Sim, o relato dela foi bem intenso e sim, a vida do personagem não foi fácil, não e nem vai ser, daqui para frente, creio eu.

      Obrigada por nos acompanhar. :D

      Beijo!

      Excluir
  7. Oi, Ana.

    Estou no quarto livro e confesso que não li por conta dos spoilers. Mas salvei nos favoritos e quando chegar nesse livro volto aqui e comento de novo.

    Beijos.
    Visite: Paradise Books BR // Top Comentarista - After 1 e 2

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Paula!

      Aiii que legal. quando chegar lá, leia sim. E legal para entender o que se passou com a autora durante a escrita de "Os Sombras". Torcendo aqui para vc estar gostando da série. :D

      Beijos!

      Excluir
  8. Não conhecia, mas com esta história toda faz a gente ficar curioso né!? Um abraço!
    Pensamentos Valem Ouro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vanessa.

      Hahaha, faz. XD
      Vc gosta da temática dos vampiros? Se gostar, indico sim. Mas é completamente diferente do vampiro "padrão''. Beijão!

      Excluir
  9. Oláá
    Já ouvi falar muito na autora e seus livros mas nunca me despertou uma curiosidade a ponto de comprar ou saber mais, mesmo assim, seu post está ótimo ;)

    Beijos
    Catharina
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/
    Feliz Páááscoa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Catharina.Obrigada por nos acompanhar e pelo carinho. Beijão!

      Excluir
  10. Olá, eu pretendo ler esta série ainda. Ainda não deu para começar. Mas espero poder em breve. Tentei ler pulando, para não pegar os spoilers.kk.
    Mas fiquei mais curiosa ainda, para começar a série logo.

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ana!

      Hahahaha. Imagino, eu, n~/ao conseguiria ler assim. kkkk

      Se gosta da temática de sobrenaturais e de vampiros, te indico essa série sim, mas não espere ver vampiros "tradicionais", esses irmãos são bem diferentes e eu, adoro! hahaha.

      Boa leitura e torcendo para que vc goste. :D

      Beijos!

      Excluir
  11. Oi Ana, tudo bem?
    Como sou uma pessoa que ama spoilers claro que li né? rs
    Confesso que fiquei meio perdida pois só li os dois primeiros...
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Angélica!

      Ah, eu tb me arrisco e leio. rs
      Imagino, é pq são 13 livros, tendo lido os 2 primeiros e não acompanhado a saga, fica meio vago mesmo. hehehe.
      Perguntando por curiosidade ... Não gostou da série ou não teve oportunidade de ler os demais volumes? ^^

      Beijo!

      Excluir
  12. Fiquei arrepiada com o relato da autora! Tipo... Uau. Infelizmente não me interesso por livros hot, mas deu uma vontadezinha de ler só pela simpatia que senti com a Ward.
    Com carinho,
    Celly.

    Me Livrando: livre-se você também!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Celly!

      Então, os livros tem uma pegada hot, mas não é exagerado viu? Hehehe.
      Esse relato dela emocionou mesmo. Estou ansiosa para o lançamento desse livro no Brasil.

      Obrigada por nos acompanhar. :D

      Beijos!

      Excluir
  13. Olá flor, mesmo com comentários muitos positivos e com o relato, impossível eu ler esta série. Não aguentaria ler tantos livros assim, que tantos volumes é esse? simplesmente não dá rs.
    Mas fico feliz que seja uma obra que ame tanto.
    Beijos, sucesso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Iris!

      Hahahaa. Essa série ainda tem poucos, conheço séries com mais de 25 livros. kkkk
      Vc não curti muito séries longas pelo visto. XD

      Fico feliz por nos acompanhar e contente que tenha curtido o relato, independente de acompanhar a série ou não.

      Beijão!

      Excluir
  14. Sigo a série, tenho todos os livros, não tive medo de ler a desabafo....
    Adorei saber o que vai acontecer :D e aumentou mais a ainda a vontade desse bendito livro chegar logo aqui!!!! Ela mostrou uma realidade, a morte não acaba com o amor que sentimos, quando é forte e verdadeiro, é um elo que não se explica, apenas sentimos, maravilhoso!!!!!!

    Parabéns pelo trabalho e pelo blog.... <3

    ResponderExcluir
  15. Ola Ana
    Me lembro de quando meu lobo morreu.
    Chorei litros agora lendo o que ela falou.
    Mais acho que esse livro vai ser empolgante e muitooo bommm.
    Quando a Wellsie morreu eu chorei, fiquei brava, irritada, sorri de nervoso ( tudo isso dentro do ônibus, e o povo achando que eu era louca) kkk.
    Enfim nao vejo a hora de ter esses livros em mãos e viajar para o mundo dos sombras.
    Quero te pedir um favor, pode me falar sobre os fallen ?? Me manda por e-mail quantos livros ha foram lançados sstou louvo pra conhecer a história. Um bjo e obga desde ja. Danysilva88@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  16. É uma lindíssima história de amor, formando um contraponto com a morte tão inesperada de Wellsie. Com Wellsie tudo foi muito de repente, muito difícil de aceitar, mas também compreensível que assim o fosse. Já com Selena e Trez foi complicado e difícil, mas também lindo, mostrando o quão Trez estava disposto e predisposto a fazer para tornar os últimos dias de Selena em tudo que ela merecia. Quem me dera poder colocar a mão em teu coração e dizer Tudo bem, a gente compreende. Eu, pelo menos, compreendo. Cada livro é uma nova aventura e não se pode controlar de tudo uma aventura, senão não o seria, não é?

    ResponderExcluir
  17. É uma lindíssima história de amor, formando um contraponto com a morte tão inesperada de Wellsie. Com Wellsie tudo foi muito de repente, muito difícil de aceitar, mas também compreensível que assim o fosse. Já com Selena e Trez foi complicado e difícil, mas também lindo, mostrando o quão Trez estava disposto e predisposto a fazer para tornar os últimos dias de Selena em tudo que ela merecia. Quem me dera poder colocar a mão em teu coração e dizer Tudo bem, a gente compreende. Eu, pelo menos, compreendo. Cada livro é uma nova aventura e não se pode controlar de tudo uma aventura, senão não o seria, não é?

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^