Autores Livros Entrevistas Filmes Games HQ's Mangás Wattpad Sagas Seriados

7 de março de 2017

[DarkLove] A Guerra que Salvou a Minha Vida estará nas livrarias em 20.03.17.


Que a DarkSide arrasa em suas edições não é novidade para nós, mas gente, olha essa capa!!!
Bem, em 20 de Março, "A Guerra que Salvou a Minha Vida" estará esperando por nós nas melhores livrarias do Brasil!

Confira um pouco mais sobre o livro.


Ada tem dez anos (ao menos é o que ela acha). A menina nunca saiu de casa, para não envergonhar a mãe na frente dos outros. Da janela, vê o irmão brincar, correr, pular – coisas que qualquer criança sabe fazer. Qualquer criança que não tenha nascido com um “pé torto” como o seu. Trancada num apartamento, Ada cuida da casa e do irmão sozinha, além de ter que escapar dos maus-tratos diários que sofre da mãe. Ainda bem que há uma guerra se aproximando.


Os possíveis bombardeios de Hitler são a oportunidade perfeita para Ada e o caçula Jamie deixarem Londres e partirem para o interior, em busca de uma vida melhor.



Kimberly Brubaker Bradley consegue ir muito além do que se convencionou chamar “história de superação”. Seu livro é um registro emocional e historicamente preciso sobre a Segunda Guerra Mundial. E de como os grandes conflitos armados afetam a vida de milhões de inocentes, mesmo longe dos campos de batalha. No caso da pequena Ada, a guerra começou dentro de casa.



Essa é uma das belas surpresas do livro: mostrar a guerra pelos olhos de uma menina, e não pelo ponto de vista de um soldado, que enfrenta a fome e a necessidade de abandonar seu lar. Assim como a protagonista, milhares de crianças precisaram deixar a família em Londres na esperança de escapar dos horrores dos bombardeios.



Vencedor do Newbery Honor Award, primeiro lugar na lista do New York Times e adotado em diversas escolas nos Estados Unidos.





É um romance dramático que promete arrebentar nossos corações. Que venha o dia 20 de Março!!!


5 comentários :

  1. Quem está ansiosa por esse livro? Euuuuuu! #aumentandoacolecao

    ResponderExcluir
  2. Fiquei curiosa com o livro. Vou por na lista

    ResponderExcluir
  3. Já está na minha lista de leitura! Darkside arrasando como sempre!

    ResponderExcluir
  4. A história mexe com a gente, parece tocar lá no fundo dá nossa alma, imagina a infância dessa menina destruída com os horrores da guerra... Senhor... Ou o que seria pior, os maus tratos dá mãe. Do jeito que sou emotiva, já sei que vou chorar horrores com o livro.
    Adorei a resenha
    Bjks

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^