Autores Livros Entrevistas Filmes Games HQ's Mangás Wattpad Sagas Seriados

11 de maio de 2015

[RESENHA] "As Batidas Perdidas do Coração."


ISBN-13: 9788576863229.
ISBN-10: 8576863227.
Ano: 2014 / Páginas: 406.
Idioma: Português .
Editora: Verus.

Sinopse

As Batidas Perdidas do Coração - Viviane acaba de perder o pai. Com a mãe em depressão, ela se vê obrigada a assumir o controle da casa com o irmão mais novo. Rafael teve o pai assassinado há alguns anos e agora viu quatro pessoas de sua família, incluindo a única irmã, morrerem em um acidente de carro. 
Viviane pertence a uma classe social que ele despreza. Rafael é tudo o que ela sempre ouviu que deveria evitar. Eles são opostos, porém dividem a mesma dor. Jamais se aproximariam se a morte não os colocasse frente a frente, e agora, por mais que saibam que são completamente errados um para o outro, não conseguem evitar uma intensa conexão, que poderá salvá-los ou condená-los para sempre.
As batidas perdidas do coração é uma história sobre perdas e como cada um lida com elas. É o encontro atormentado entre a dor e o amor. Com uma narrativa sexy, envolvente e repleta de música, este livro traz a última tentativa de duas pessoas arruinadas que, juntas, buscam desesperadamente se encontrar.


E aí, tudo bem com vocês? Hein? Hein?

Bom, hoje estou aqui para resenhar pra vocês um livro nacional, aliás, estou numa vibe de nacional MARAVILHOSA!! *Pausa dramática* Obrigada Senhor!!! Vamos lá...

Primeiramente, eu quero saber - mais uma vez -, porque meu DEUS permitiu que eu fizesse essa sacanagem comigo mesma... é sacanagem sim! Não permitindo que lesse esse livro ANTES! Pois é. Ao final da leitura estava eu jogada em meu cantinho sofrendo a DPL (Depressão Pós Livro) e pensando: Porque miséria eu ainda não tinha lido esse livro? E como sempre, não tenho a resposta. Ô vida!!! Ô sofrência!!
                     
Em “As Batidas Perdidas do Coração” a Autora “Bianca Briones” nos apresentou a estória de Viviane (Vivi) que acaba de perder seu tão querido e amado pai, e enquanto está lá sofrendo sua dor saindo do Hospital algo corriqueiro e super normal acontece; ela cruza o caminho com um rapaz que foge completamente de seu convívio social – esse rapaz nada mais é do que quem? O Rafael. Rafa, um Barman tatuado que é amante do Rock, porém, nos contáveis segundos que compartilharam o olhar puderam sentir a dor da perda dentro de cada um, mas foi só isso.

Só que a vida é uma danada e quer porque quer provar algo para os dois. Então, dá logo um jeito de fazer com que eles se reencontrem e nossa eles se estranham legal, trocando farpas um com o outro, fica mais uma vez a critério da vida de dar aquela forcinha. Vivi vem de um final de relacionamento onde o carinha era o queridinho da família, então ela resolveu dar um basta e é aí, onde entre seu super protetor o Vovô Sean Conery, e porque não a Mãe? Calma eu explico. Desde que o Pai da Vivi descobriu a doença terminal, a Mãe dela se entregou completamente para depressão, se isolando do mundo e deixando seus filhos jogados. O avô por sua vez tomou – ou pelo menos tentou - as rédeas da situação.

Rafa também acaba de perder parte de sua família de uma forma dolorosa e irreparável, ficando com ele a missão de amparar seu primo Lucas, já que este perdeu toda sua família no mesmo acidente, e é por causa de Lucas que Rafa consegue rever a patricinha do hospital novamente. Um dia ao buscá-lo na terapia ele dá de cara com ela e o inevitável acontece. Eles discutem e Rafa com seu jeitinho delicado como uma bazuca fala coisas sem pensar - mas se arrepende depois -, e é aí que tudo começa...


“O Anel Claddagh é composto por um coração com uma coroa e duas mãos que o seguram. E é o anel de prata  que Angel deu a Buffy na série Buffy- a Caça vampiros, que a Vivi adora. O significado da coroa é a lealdade, das mãos, amizade, e o coração é óbvio: Amor.”


Rafa e Vivi de prima sentem uma atração incontrolável um pelo outro. Acompanhar o amor entre os dois surgindo foi lindo de ver e assistir a doação de um para o outro. Os momentos de brincadeiras, a cumplicidade, as mudanças em suas vidas e rotinas sem sombra de dúvida cativa e emociona. Mas nem tudo são flores e frutas. Rafa tem um problema muito sério que precisa ser tratado, problema esse que Vivi nunca imaginou enfrentar em mil vidas, entretanto, que pelo Rafa e pelo amor puro e verdadeiro que eles sentem um pelo outro, resolveram arriscar juntos, e mais uma vez choro e me emociono demais com a capacidade que a autora teve de te introduzir completamente na estória. A Bianca te mostra uma realidade dolorosa que muitas famílias vivem, e muitas vezes, infelizmente, sem finais felizes. A coragem da autora em abordar um tema tão polêmico é digno de admiração e de ser ovacionada de pé, desde que comecei a ler somente 7 livros estavam em meus favoritos (Saga Harry Potter) até hoje. Essa série promete muito e a autora sem sombra de dúvidas te presenteia com momentos maravilhosos, divertidos e muito dolorosos, tudo na medida certa. Esse livro está sendo de longe o melhor livro que li esse ano, não querendo desmerecer os demais, pelo amor de DEUS, mas me pegou de jeito, me domou, me cativou, me deixou literalmente de ressaca literária.



A estória tem uma reviravolta já imaginada pelo leitor quando no desenvolver da trama você meio que já sabe o que vai acontecer, mas quando acontece... dói. E dói muito. Acreditem se quiserem, meus olhos estão cheios de lágrimas ao recordar os momentos. Você torce, você vibra com a vitória, aí você caí uma queda livre de um penhasco sem tamanho, quando tudo desmorona e você reza silenciosamente para que tudo se resolva, mas infelizmente...

“Nem tudo é como você quer, nem tudo pode ser perfeito, pode ser fácil se você ver o mundo de outro jeito...-Capital Inicial 

Eu recomendo esse livro de diversas formas, e espero que tenha conseguido transmitir toda minha paixão, toda a emoção que essa leitura me proporcionou em 400 páginas. E que possa convencer você a viver tudo isso também, porque eu te garanto, a satisfação e os valores para sua vida serão repensados milimetricamente!



A série "As Batidas Perdidas" conta com dois livros atualmente e um em produção (eu ouvi um Glória? Glóriaaaaaa!!). Essa resenha ficou vaga porque eu não quero me permitir falar mais, na verdade a ressaca em que vivo nesse momento me impede. Mas, esse livro conta com personagens paralelos, porém essenciais para a trama, que dão um toque maravilhoso a toda a estória; todavia, se for falar de cada um deles a resenha ficará enorme e cansativa, mas eu digo e repito: Vocês precisam conhecê-los! Para mim eles não são simples personagens, fazem parte de mim agora, acreditem eu ouço o Rodrigo (Rô irmão da Vivi fazendo gracinhas), eles são todos ma-ra-vi-lho-sos. E isso tudo é sem mencionar que em cada capítulo tem uma música totalmente condizente com o momento que cada um está vivenciando, achei isso um máximo! Com certeza pede um Música & Tal.




Fico por aqui com mais uma de minhas sandices, já que não chegou nenhum memorando me impedindo de continuar. 
Beijos e até a próxima.






12 comentários :

  1. pela resenha acho que é o típico livro que me faz chorar. O nome é bonito e soa tão bem rs Parece uma leitura agradável, gostei da resenha que fez. beijos

    ResponderExcluir
  2. Este é um livro que já me ganhou pelo título, sou apaixonada por ele. Agora estou lendo as resenhas que tem saído, e a cada uma lida, minha vontade de ler só aumenta.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  3. Oiii,
    Esse livro é um dos nacionais queridinhos do momento.
    Mas eu não sei se faria essa leitura ou não, fico meio que com o pé
    atrás me parece ser algo muito adolescente e ando sem saco pra livros
    assim no momento.
    Beijos
    Conversas de Alcova ❤

    ResponderExcluir
  4. Sua resenha ficou muito boa e passa exatamente o que você sentiu quando leu a obra!
    Pelo romance em si eu não me interesso pelo livro não, mas fiquei curiosa sobre o que seria esse assunto polêmico que a autora aborda!

    ResponderExcluir
  5. Há um tempo que eu estava querendo ler alguma coisa da Bianca, mas estava esperando uma resenha do livro para decidir comprar ou não, e agora definitivamente eu vou comprar. Acho que eu vou gostar muito desse livro!

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oie
    Comecei a ler esse livro no começo do ano e achei ele muito bom. Porém, conheci uma série enorme e passei a ler ela e deixei esse de lado. Mas pretendo retomar. E omg, NÃO ME DIGA QUE NÃO ACABA EM FELIZES PARA SEMPRE.... Sério que os dois... N terminam juntos? É o que deu a entender com a sua resenha.
    Bbeijos, potterhead

    ResponderExcluir
  7. Oláá
    Poxa, estou looouca para ler esse livro, pois só ouço elogios dos fãs e já saiu o segundo que lerei em breve também, sua resenha me deixou ainda mais curiosa então, obrigada hahaha adorei. ótima escrita.

    http://realityofbooks.blogspot.com.br/
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá, gostei bastante da sua resenha, bem completa
    A história desses dois parece complicada hein? Já havia lido outras resenhas sobre esse livro, mas desde então a narrativa não conseguiu me prender :/

    ResponderExcluir
  9. Oi, adorei a resenha, não conhecia o livro, e mesmo ele não sendo muito o tipo que eu goste eu leria sim se eu tiver uma oportunidade. Obrigado pela dica

    ResponderExcluir
  10. Oi Su, tudo bem?
    Sou muito suspeita para falar desse livro pois também amei, muito.
    N~~ao tive o problema do pq não li antes pois comprei assim que lançou, rs.
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  11. Olá!!
    Mega concordo com tudo que disse sobre o livro!
    Quem nao leu ainda, nao sabe oq está perdendo, pq a história é muito boa, fácil de ficar viciada e não parar até terminar!
    E amo saber que cada vez mais estamos com autores nacionais fazendo sucesso, temos que apoiar mesmo! Pq nao é nada facil aqui no Brasil.
    ótima resenha e espero que mais gente leia os livros da Bianca Briones.
    Bjus

    ResponderExcluir
  12. Oi Su.

    Parabéns pela resenha, você escreve de ma forma que transmite tudo o que você sentiu ao ler e isso me cativa para conhecer o livro. Fiquei com vontade de lê-lo. Beijos e parabéns!

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^