Autores Livros Entrevistas Filmes Games HQ's Mangás Wattpad Sagas Seriados

22 de julho de 2017

Resenha: Pecados no Inverno - Lisa Kleypas.

Título: Pecados No Inverno.
Série: As Quatro Estações do Amor.
Livro: 03.
Autora: Lisa Kleypas.
ISBN: B0014HMFDIU.
Ano: 2016. Páginas: 288.
Idioma: Português.
Editora: Arqueiro.
Gênero: Romance, Romance de época, Ficção.
Categoria: Literatura Estrangeira.
Adicione ao Skoob.
Compre: aqui.

Sinopse: Do quarteto de amigas, Evangeline Jenner é certamente a mais tímida. E se tornará a mais rica quando receber a herança de seu pai, acamado com tuberculose. Mas Evie não se importa com o dinheiro. Tudo o que deseja é estar ao lado do pai em seus últimos dias. Porém isso só será possível se ela puder escapar da casa dos tios que a criaram. E, para isso, sua única alternativa é casar-se – e rápido. Assim, ela foge no meio da noite para a casa do devasso lorde St. Vincent e lhe propõe casamento em troca de poder cuidar do pai. Para um aristocrata que precisa de dinheiro, essa é uma excelente proposta. Afinal, é difícil conquistar uma moça rica e solteira quando se tem a reputação de Sebastian – trinta segundos a sós com ele arruinariam o bom nome de qualquer donzela. Mas há uma condição na proposta de Evie: uma vez consumado o casamento, eles nunca mais dormirão juntos. Ela não será mais uma mulher descartada por ele com o coração partido. Se Sebastian realmente a deseja em sua cama, terá que se esforçar mais em sua sedução... ou entregar seu coração pela primeira vez na vida. Neste terceiro livro da série “As Quatro Estações do Amor”, Lisa Kleypas nos apresenta o relacionamento de duas pessoas muito diferentes, mas igualmente obstinadas. E dessa relação tão peculiar pode nascer um desejo impossível de conter e um sentimento forte demais para esconder. Quem disse que os cafajestes não podem amar?



Evangeline Jenner está longe de ser uma beldade, desbocada ou mesmo que lide facilmente com uma conversa com o sexo oposto como suas amigas. E é exatamente por isso que ela está disposta a se casar com qualquer homem que apareça em seu caminho. Ela não se importa se ele será alto ou baixo, gordo ou magro, bonito ou feio. Seu único objetivo é sair do inferno que é sua vida com seus parentes abusivos e gananciosos. 

O pai de Eve é a única pessoa com quem ela se importa, sua mãe morreu a muito tempo, com  seu único familiar que ama doente – com tuberculose – seu desejo é o de ficar ao lado do pai, até seus últimos suspiros. Sua única saída é o casamento, e ela não se importa com quem seja o marido.

Sebastian St. Vincent é o típico cafajeste libertino, que não tem nada além de seu nome. Com sua herança cortada, pelo pai que está à beira da ruína, ele está desesperado para arrumar uma jovem rica, e quem ela será? Para ele tanto faz, desde que tenha muito dinheiro e possa pagar suas extravagâncias.

A surpresa, porém, acontece quando a solução para todos seus problemas bate a sua porta. Eve faz uma proposta irrecusável ao cafajeste, e ele acha tudo bom demais para ser verdade. Só existe uma condição, que parece muito boba no inicio, mas não se mostra assim depois. Eles iram consumar o casamento – para impedir o anulamento – no entanto, somente uma única vez, e com esse único objetivo, eles irão se deitar juntos para nunca mais. Sebastian não entende essa condição, porém aceita sem pestanejar.


Eles se casam, e tudo parece no lugar. Eve tem o que quer e Sebastian também. Certo? Errado. Com o passar do tempo o interesse de St. Vincent pela sua esposa cresce até o ponto em que ele se vê louco de desejo pela própria esposa – veja só que fantástico –, mas Eve faz de tudo para fugir das investidas dele, ela não quer ter ser coração partido pelo maior libertino de toda a Inglaterra.



Tentando convencer a esposa de suas boas intenções, ele tenta devolver aos "negócios" do pai da jovem o glamour de outrora – uma casa de jogos para cavalheiros – e assim quem sabe amolecer o coração duro de Eve.

Sebastian se esforça para tornar a "casa de jogos" um sucesso, e vai muito bem. Aumentando a clientela e ajeitando tudo para que se torne um lugar "respeitável", ou o mais respeitável que um lugar desses possa ser.

O pai de Eve falece e Sebastian faz todos os preparativos para o funeral da maneira mais apropriada que consegue. Um funcionário do clube se mostra muito prestativo e atencioso, Cam Rohan – se você o conhece como eu, vai gritar assim como fiz ao ler esse nome lindo de morrer – que é praticamente o irmão mais novo de Eve. Nesse período o casal se aproxima, e os laços deles se estreitam.


A paixão entre eles é mais lenta, como lava correndo abaixo da superfície, mas nem por isso menos quente ou avassaladora. Por mais que Eve tente resistir a um cafajeste cheio de boas intenções com sua esposa, aos poucos ela vai se entregando ao marido, mas nem tudo são flores nesse relacionamento. Será que St. Vincent terá que arriscar sua própria vida para provar que realmente ama Eve?

Segredos, inveja, raiva reprimida e um clube de jogos são os ingredientes perfeitos para essa história cheia de surpresas e reviravoltas. Uma capa linda e acho que a mais linda de todos os livros dessa série, uma diagramação impecável e uma história maravilhosa. Se você procura um casal cheio de nuances, um cafajeste tentando conquistar sua esposa e personagens que te dão vontade de guardá-los em um potinho? Certamente "Pecados no Inverno" é o livro que você procura!


Beijinhos e até a próxima!

Classificação:


Confira as demais resenhas da série clicando nos títulos: 

2. Era uma vez outono.
3. Pecados no inverno.
4. Escândalos na primavera. 

14 comentários :

  1. Jéssica, acho que esse livro é o meu preferido.
    Amo como a relação de Eve e St. Vincent vai sendo construído.
    A série em si é muito boa ^^

    ResponderExcluir
  2. Olá!

    Não curto romances de época, mas minha amiga leu e amou! pra quem gosta, é uma série e tanto!

    ResponderExcluir
  3. Oi Jéssica, tudo bem?

    Estou louca para ler essa série da Lisa, pois sempre vejo muitas pessoas elogiando os livros. Eu gostei desses elementos todos que os livros nos apresenta, é realmente maravilhoso todos eles. Gostei da forma como você descreveu o amor deles, foi realmente uma analogia linda! Amei a resenha!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Olá Jéssica, tudo bem??
    Nossa que resenha perfeita... amei... sou louca em romances de época, ainda que os leia tão pouco, mas quando o faço fico toda boba com as histórias. Essa série tem dado o que falar, e sempre que leio uma resenha fico doidinha querendo mais e mais... adorei a premissa da história, ainda mais porque neste enredo o casamento acontece tão logo. Adorei!!! Xero!

    ResponderExcluir
  5. Oi, Jess!

    Nossa, é do tipo de romance de época que eu gosto? Também!
    Você sabe, não tenho uma queda por romances de época, tenho um tombo inteiro! hahaha.
    Dica anotada, lista de desejados? Yep! XD

    Beijo!
    Ana.

    ResponderExcluir
  6. Olá Jéssica,
    Tenho muita vontade de ler os livros dessa autora, mas ainda não surgiu oportunidade. Fiquei intrigada por sua resenha, entendi que o mocinho se apaixona muito pela mocinha e ela se afasta para não se magoar, então, a paixão acontece lenta da parte dela? Ele tenta conquistá-la a todo custo?
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olaaa
    Adorei a dica, mas infelizmente não gosto de romances de época.
    Passo essa dica, beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá tudo bem?
    Eu amo essa série e o primeiro até agora é o meu favorito (isso porque só li os dois primeiros) espero terminar a série ainda esse ano e estou super curiosa para saber como Evie e Lorde St. Vincent vão se apaixonar.

    beijinhos!

    ResponderExcluir
  9. Olá Jess, tudo bem?

    Comecei a série, mas parei porque na época não tinha os outros livros. Mas agora, mais do que tudo quero -preciso- terminar essa série. Sua resenha me deixou com muita curiosidade. E to sentindo que esse vai ser um dos favoritos.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá! Gostei bastante da premissa! Já anotei o nome aqui! PArece ser um romance gostoso de se ler, que faz a gente suspirar! Também gostei da personalidade dela, é bem forte e decidida! Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Olá, Jéssica.
    A premissa dos livros da Lisa sempre me chamam a atenção, uma pena eu não ter lido nenhum livro dela ainda.
    Adoro essas histórias que o casal é totalmente oposto um do outro e acabam se apaixonando, já quer ler esse livro!

    ResponderExcluir
  12. Olá
    Como uma amante nata de romances de época eu estou com essa série na lista, deste que foi lançada estou querendo ler, e cada vez que vejo um resenha essa vontade triplica.
    Sua resenha está otima
    Beijuh

    ResponderExcluir
  13. Hey Jess
    Ainda não li nada dessa autora mas conheço muita gente q gosta bastante!! Vi q apesar de ser libertino, parece q Sebastian vai lutar com todas as forças pra conquistar ela hein, acho q essa "luta" deve dar um bom ritmo ao livro.

    ResponderExcluir
  14. Oi Jéssica, sua linda, tudo bem?
    Essa série é um amorzinho, fou meu primeiro contato com a autora e virei fã. Eu fiquei encantada com o cuidado como ele a tratou antes de se apaixonar por ela, torci muito por esse casal. Tomara que você leia os outros e se apaixone também. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^