Autores Livros Entrevistas Filmes Games HQ's Mangás Wattpad Sagas Seriados

19 de julho de 2017

Resenha: A Garota do calendário - Julho.

Título: A Garota do Calendário - Julho.
Série: A Garota do calendário.
Livro: 07.
Autora: Audrey Carlan.
Editora: Verus Editora.
Gênero: Romance, Erótico.
Páginas: 144 páginas. 
Ano: 2016.
Idioma: 
Português.
ISBN-13: 9788576865285.
ISBN-10: 8576865289.
Categoria: Literatura estrangeira.
Skoob: aqui.
Compre: aqui.

Sinopse: O que você faria para salvar a vida de seu pai? A vida é feita de escolhas. Mia Saunders fez a dela. O sexto volume do fenômeno editorial nos Estados Unidos, com mais de 3 milhões de cópias vendidas Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser... Em julho, Mia estará em Miami para ser a estrela principal do novo videoclipe do cantor de hip-hop Anton santiago. Anton é lindo, confiante e está louco por Mia, mas, para ficar com ele, ela terá de resolver algumas questões do passado...



Oi gente, tudo bem? Espero que sim. 

E hoje vamos de resenha do sétimo livro da série A garota do calendário, chegamos, finalmente, ao mês de Julho!

[Premissa]

Acredito que todos já sabem, mas creio também que vale apena colocar essa informação aqui. O enredo se passa nos dias atuais, no nosso “universo real” enquanto nos traz uma história fictícia. A série conta com 12 volumes.

Passamos do meio do ano, chegamos a Julho, e com isso faltam apenas cinco meses para a saga da Mia acabar. Vamos ver o que Julho nos trás? Segue lendo!

Depois de passar por apuros no enredo de Junho, com o filho de seu último cliente, Mia só quer seguir em frente e esquecer o ocorrido. Dessa vez, nossa protagonista vai para Miami. Seu novo cliente é Anton, ou Latin Lov-ah, como é conhecido mundialmente. Ele é um astro do Hip Hop.

Anton contrata Mia para ser a nova musa do vídeo clipe que quer lançar, e Mia terá que usar e abusar de toda sua sensualidade nessa nova missão.

Durante os ensaios do clipe, Latin Lov-ah sempre toca em Mia, o que faz com que nossa protagonista se lembre do ataque que sofreu em junho e isso faz com que ela acabe surtando. Todavia, para o clipe ser um sucesso, Mia terá que lidar com esse trauma em busca de superá-lo.

Mas, nem só de surtos e traumas vive nossa protagonista. Julho também é o mês de aniversário do seu aniversário, e para não passar em branco, sua melhor amiga, Ginelle, apronta uma... Ela marca para que Wes – sim, aquele mesmo, o cliente de Janeiro – se encontre com Mia.

Será que esse reencontro vai ser uma boa para Mia, depois de tudo o que aconteceu e do momento em que ela se encontra? Será que Mia estará disposta a realmente revelar o que sente?

É, galera, para descobrir, vocês terão de ler.

[Minha Opinião]

Ao decorrer da leitura, Junho foi o mês em que fiquei tensa, e Julho foi o mês ao qual fiquei preocupada de como seria pela carga que o anterior deixou.

Fiquei preocupada porque depois de sentir a aflição da Mia, sinceramente, não imaginei como ela reagiria nessa sequencia, e me surpreendi. Achei que ela seria uma mulher que se faria de vítima para tudo e não foi isso que encontrei. Lógico que depois de sofrer um ataque e quase ser estuprada, ela teria traumas, mas não ficou se fazendo de coitadinha, fez o que podia com o que a vida lhe deu. Conversar com as pessoas certas sobre o que aconteceu foi a melhor coisa que Mia fez e deu um sentido ótimo ao livro.

Sobre a escrita da autora, continua bem fluída e simples, assim como a edição. As páginas são amarelas, o tamanho da fonte é confortável para leitura e não encontrei nenhum erro de revisão, ao menos que eu tenha notado. A capa segue o mesmo estilo das edições anteriores. Julho teve cenas de sexo que comparando com mês livro anterior, foi uma quantidade razoável, mas sem incomodar.

Gostei bastante da forma com que a autora trabalhou o pós-trauma da Mia, do jeito com que a personagem lidou com o que lhe aconteceu, ficou evidente que ela amadureceu um pouco, o que vem acontecendo a cada livro.

Apesar da série ser erótica, a cada volume a autora nos trás um tema diferente para ser exemplificado, ainda que ela o faça de forma “leve” nos faz refletir e isso faz com que a série não seja apenas um passa tempo quente, mas que tenha alguma mensagem, ainda que pequena, para deixar aos seus leitores.

É o uma série de romance quente, cheia de sexo e outras temáticas e que recomendo para quem busca leituras rápidas, sem grandes pretensões e quem ainda assim conseguimos tirar proveito, além de ser um bom passa tempo.

É isso, pessoal! Até a próxima.

Classificação: 
[Confira as demais resenhas da série abaixo]

7. A Garota do Calendário - Julho.
8. A Garota do Calendário - Agosto.
9. A Garota do Calendário - Setembro.
10. A Garota do Calendário - Outubro.
11. A Garota do Calendário - Novembro.
12. A Garota do Calendário - Dezembro.

6 comentários :

  1. Olá!

    Apesar de todo o sucesso, a série não me chama a atenção, além de ser muito grande, já saturei do gênero, mas que bom que você curtiu o livro!

    ResponderExcluir
  2. Tenho lido muitas opiniões positivas a respeito da série, fico me perguntando se deveria dar uma chance, já que não gosto muito de livros eróticos, mas pelo que voce resenhou, tem muito mais a aproveitar na história da Mia, talvez eu leia um dia. bjs

    ResponderExcluir
  3. Oiê...
    Eu gosto desta série, ainda que alguns livros seja melhores que outros e os temas também, minha grande alegria é a Mia e suas peripécias e transformações. Eu gosto do jeito dela e de como ela vai encarando e superando os problemas, além de conhecer pessoas legais e homens maravilhosos. Eu não leio muito livros eróticos, mas os poucos que escolho para ler, sempre gosto e não me arrependo. Xero!

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?

    Acabei tomando alguns spoilers com a sua resenha, mas acho que não foi nada demais (espero). Estou lendo atualmente o mês de Fevereiro da série e confesso que estou empurrando com a barriga, pois não é muito agradável ou chamativo. Mas, pretendo ler todos os livros da série, que parecem que melhoram. Adorei a sua resenha, muito bem escrita!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Olá!

    Essa série me passa a sensação de ter vários altos e baixos, mas que bom que esse livro te conquistou. No começo, quando anunciaram ela, confesso que senti bastante vontade de ler, porque eu esperava uma coisa um pouco mais diferente do que vejo nas resenhas e aí desisti. Bem, quem sabe um dia.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem?
    Não dei andamento na leitura dessa série e nem pretendo. Fico muito contente por você ter curtido e ter se surpreendido com esse livro, principalmente, com relação a forma como a Mia agiu após a carga dramática do livro anterior.
    Beijos

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^