Autores Livros Entrevistas Filmes Games HQ's Mangás Wattpad Sagas Seriados

4 de janeiro de 2016

Resenha: Felizes para sempre #0.4 e #0.5.



Título: Felizes Para Sempre.
Antologia de contos da Seleção.
Série: A Seleção.
Livro: 0.4 e 0.5.
I.S.B.N: 9788565765619.
Ano: 2015. Páginas: 464.
Idioma: Português.
Editora: Seguinte.
Autora: Kiera Cass
Adicione ao Skoob 



Sinopse:
Esta coletânea traz os contos A rainha, O príncipe, O guarda e A favorita ilustrados e com introduções inéditas de Kiera Cass. Conheça o príncipe Maxon antes de ele se apaixonar por America, e a rainha Amberly antes de ser escolhida por Clarkson. Veja a Seleção através dos olhos de um guarda que perdeu seu primeiro amor e de uma Selecionada que se apaixonou pelo garoto errado. Você encontrará, ainda, cenas inéditas da série narradas pelos pontos de vista de Celeste e Lucy, um texto contando o que aconteceu com as outras Selecionadas depois do fim da competição e um trecho exclusivo de A sereia, o novo romance de Kiera Cass. Este é um livro essencial para os fãs de A Seleção, que poderão se aprofundar mais nesse universo tão apaixonante.

America não foi a única que teve um final feliz...


Revisite o universo da série que já vendeu mais de 1 milhão de exemplares no Brasil através desta encantadora coletânea ilustrada.

Contem: 
O PRINCIPE;
O GUARDA;
A RAINHA;
A FAVORITA.

E ainda...
Cenas exclusivas!

Epilogo bônus de A ESCOLHA.

E outras surpresas.

Depois da trilogia A Seleção, que tal dar uma olha em Felizes para Sempre?

Cada parte deste livro conta o que vimos na seleção inteira, só que em detalhes, é claro. 





A Rainha

Primeiro conheceremos a rainha, a mãe do príncipe Clarkson, vamos ver como foi a seleção dele e que a mãe dele é realmente uma... chata. Digamos que ela não quer perder a coroa, e odeia a ideia de que tenha que dividir o palácio com mais 35 garotas, e que, uma só pode "roubar" sua coroa. Particularmente, nunca soube o por quê de o pai de Maxon ser tão, digamos intragavel? Chato? Mas, então, descobri que a mãe dele é assim, podemos dizer que tem um pouco de genética ai. Ao desenrolar conhecemos nossa tão adorada rainha Amberly, sim, ela participou da seleção e o príncipe Clarkson, já sabia que seria ela antes mesmo de todas, como foi o encontro de Maxon e America no dia do jardim, ele também teve o seu com Amberly, tudo por causa de uma enxaqueca. Amberly já era tão incrível na seleção quanto é como rainha, ela era gentil com todas e as ajudava, vejo em America um pouco dela.

"Amberly", sussurrou Madeleine. "O que houve de errado?"
Balancei a cabeça. "Não é nada, só preciso descansar."
"Você não deveria estar aqui agora. Vamos para o seu quarto." 
"A rainha vai ficar brava."
Ela riu. "Quando ela não está brava?"
"Quando está bêbada", respondi com um suspiro.
O Príncipe

O que será que Maxon pensou quando soube que ia participar da seleção? E por quê será que ele nem sequer sabia quem eram as garotas? O que ele pensou sobre America a primeira vez em que a viu? Perguntas que queríamos que fossem respondidas, e foram, no conto de “O príncipe”. Nesse conto, temos a oportunidade de saber tudo o que se passou na cabeça dele. Quando soube da seleção Maxon ficou irritado, porque teria que escolher uma mulher para se casar como seu pai escolheu? Também tem Daphne, a filha do rei da França, ela nutre algo especial por Maxon, tenta fazer com que ele desista da seleção, mas não dá muito certo. Quanto as garotas, quem as escolheu foi o rei Clarkson, e o príncipe não quer saber quem vai entrar no palácio, e, nem sente necessidade de saber seus nomes, mal sabe ele que sua princesa estaria no meio delas.

Quando o assunto é America, sabemos que ela propõe um acordo entre eles, para ser seus olhos e ouvidos, ser sua confidente, uma amiga. Mas o que ele sentiu por ela, não deixou que fosse só mais uma amiga...

"Devia ter me contentado com seu sorriso e ido embora. Mas algo em mim – talvez minha criação, sempre voltada a avançar, a conquistar – me forçava a dar um passo a mais." Ergui sua mão até meus lábios e beijei-a.
"O senhor deve gostar mesmo dela", Seymour disse enquanto saía, empurrando a arara pelo corredor. Não respondi, mas pensei nisso ao fechar a porta. Havia algo nela... Mesmo seu jeito de não gostar de mim era atraente. Não pude evitar um sorriso.
O Guarda

Quando Aspen, foi para o palácio, apenas pensava em como trazer America para casa, se casar com ela, em protegê-la. Só não sonhava que se apaixonaria por outra pessoa, que era uma das criadas que serviam America. E o que aconteceu com Marlee, ele a quis proteger disso, mas acabou se aproximando de Lucy, o que aumentou ainda mais seu carinho por ela. Mas America ainda era o seu grande amor, e ele a salvou de tudo e de todos, mas parece que isso já não importava tanto para ela, quando Maxon estava ao seu lado.

Tudo o que podia fazer era esperar, e dar a America o tempo de que ela parecia precisar. Para ser sincero, o tempo que nós todos precisávamos. Só o tempo poderia resolver nossa situação.

A Favorita

Marlee, sim ela era a favorita, a adorada por todos, a melhor amiga de America, como não falar dela, sempre ajudando todos. Mas pelo que lhe aconteceu, ela teve sorte. Marlee encontrou seu amor, e lutou por ele, fez de tudo por seu grande amor. Quando se encontraram pela primeira vez, ela estava machucada e ele se preocupou em leva-la para ala hospitalar, e então... o amor começou a nascer. Quando descobriram, eles ficaram juntos, aguentaram cada palavra dita a eles, cada açoite que ganharam e não se importaram. Pois o amor era mais forte do que tudo.

Ele hesitou por uma fração de segundo antes de me envolver em seus braços e me abraçar como se a vida dele dependesse disso. Quando nos afastamos, ele balançou a cabeça e maldisse a si mesmo. "Perdi essa guerra. Sem chance de retirada agora."
Mas embora as suas palavras estivessem cheias de remorso. O sorrisinho no seu rosto denunciava que ele estava tão feliz quanto eu.
"Não posso ficar sem você, Carter", eu disse, usando pela primeira vez o nome que ele me revelara recentemente.

Cenas de Celeste

Quem não podia faltar é a Celeste, a garota que mais causou, que mais me enlouquecia, que me dava nos nervos só de tentar chegar perto de Maxon, que o beijou e eu queria lhe bater, mas que mesmo assim, fez amigas. Por mais que tentasse passar por cima delas, ainda assim as ajudava e as queria por perto. Lutou por Maxon com todas as suas habilidades de modelo, tentou seduzi-lo e ainda assim queria a coroa, queria realmente se mostrar boa o suficiente para ele. Mas entendeu, quando ele escolheu America, e deu dicas de como falar com uma das meninas quando a mandasse embora.

"(...) Você está bem?"
 "Por incrível que pareça... estou. É meio bom que acabou. E estou feliz pela... outra pessoa."
"Acho que o futuro reserva grandes coisas para você. (...)"

A Criada

Assim, como falamos do Aspen, temos que falar um pouco sobre Lucy. Ela é umas das melhores criadas que já conheci, nossa, se eu fosse princesa, gostaria de ter ela como criada, amiga e confidente. O que ela não esperava é que America seria o grande amor de Aspen, o que a deixou bastante chateada, mas o amor, sempre supera tudo, e ela não deixou que isso abalasse o que realmente sentia por ele. E ele lutou até a última por ela.

“(...) Sei que você acabou de voltar, mas está de guarda está noite, fazendo a segurança da senhorita America." Avery deu um tapinha simpático no ombro de Aspen antes de partir para o quarto. Aspen olhou para mim.
"Acho que isso quer dizer que vou resolver a questão logo cedo." Ri, com a sensação de que nada podia me conter, nem as muralhas do palácio, nem as costuras do meu vestido.
"Eu te amo Lucy. Você cuida de mim, eu cuido de você? (...)"
Tem muito mais, esse livro superou as minhas expectativas, está excelente, conta detalhadamente cada parte por traz de toda a narração de America e conta com ilustrações. Cada passo que eles dão é um aperto no coração, uma risada ou até mesmo aquele sorriso, como amamos cada personagem de um jeito, e vamos sempre nos lembrar de como começamos juntos, juntos a todos em A seleção. A escrita da autora continua maravilhosa e o desenrolar das histórias também, o ponto forte é encontrarmos respostas que de certo modo ficaram em aberto.




Então, para você que gostou da trilogia, mais do que indico as leituras da antologia de contos, pois nela, você vai poder ver além da história que já conhece, emocionar-se, irritar-se, enfim, vai poder reviver um pouco desse universo como disse anteriormente para vocês. E, para quem ainda não conhece, que tal conhecer as obras da Kiera?


Até a próxima!

Avaliação: 


Conheça mais sobre a saga A Seleção - clicando aqui.

Encontre as resenhas da série nos links abaixo.

TRILOGIA: A SELEÇÃO.
  1. A Seleção - clique aqui.
  2. A Elite - clique aqui.
  3. A Escolha -  clique aqui.
SPIN-OFF: A SELEÇÃO.
(Que de certo modo, é considerado uma continuação, porém, conta a história da filha). 
  1. (4) A Herdeira - clique aqui.
  2. (5) A Coroa - clique aqui.
CONTOS EXTRAS.
(Contos extras da série A Seleção). 

9 comentários :

  1. Eu acho as capas desses livros tão lindas, mas nunca fiquei interessada na leitura de nenhum deles. Por mais que o pessoal diga que é bacana, não teve jeito por enquanto. Pra piorar é uma série, eu decidi dar um tempo de livros que não sejam standalone. Por falta de grana pra comprar um monte de livros, espaço e tempo. Quem sabe se algum dia ela escrever um livro único, eu me arrisque na leitura.

    ;D
    Profissão: Leitora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!

      Se vir a arriscar a leitura, o que recomendo muito que o faça, fico torcendo para que possa curtir assim como nós aqui do LT curtimos. :D

      Beijo!

      Excluir
  2. Oie!!!!
    Quando a série ainda era uma trilogia e explodiu na blogosfera até tinha muita vontade de ler, mas fui acabando perdendo o interesse com o tempo. Porém acho que ainda darei uma chance no futuro.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tomara que quando você dar essa chance, goste muito e que suas expectativas vão além do que todos falam.
      Depois me conta.
      Beijos

      Excluir
  3. Heey!
    Eu ainda não li a série A Seleção, mas tenho vontade haha
    Os contos parecem ser ótimos ^^
    Abraços!
    http://desbravando-o-infinito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!

      Se tiver a oportunidade de ler a série e os contos, leia. :D
      Super indicamos aqui no LT.

      Beijo!

      Excluir
  4. Olá, tudo bom com você? Gostei muito da resenha e da forma como especificou o que podemos esperar em cada um dos contos da antologia. Confesso que sempre tive curiosidade de ler sobre a mãe do Maxon e como ela terminou com aquele rei intragável rs e saber que temos um conto assim, bem, fiquei bastante curiosa! Fora que, já estou com saudades da série rs


    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  5. Nossa, muita coisa, caraca, fiquei um pouco perdida, mas parabéns pelo post, o livro conhecer já conhecia, mas ainda não li nem este nem a série Seleção, quem sabe um dia consiga encaixar nas metas de leitura.

    Beijos

    devoreumlivrooufilme.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá

    Eu comecei a ler essa trilogia,li os dois primeiros volumes e abandonei, a história não fluía mais, não tinha mais vontade de ler, esse contos mostram cada lado desses personagens e acho isso bacana,pra quem gosta da trilogia deve ser maravilhoso.

    Bjss

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^