Autores Livros Entrevistas Filmes Games HQ's Mangás Wattpad Sagas Seriados

17 de janeiro de 2016

Resenha: Insaciável.


Título: Insaciável.
Série: Insaciável.
Livro: 01. Ano: 2011.
Idioma: Português.
Páginas: 504.
Autora: Meg Cabot.
Editora: Galera Record.
ISBN-13: 9788501091345.
ISBN-10: 8501091340.
Adicione ao Skoob.
Fantasia / Literatura Estrangeira.

Sinopse:
Cansado de ouvir falar de vampiros? Meena Harper também. Mas seus patrões estão fazendo ela escrever sobre eles de qualquer maneira, mesmo que Meena não acredite neles.
Não que Meena não esteja familiarizada com o sobrenatural. Veja, Meena Harper sabe como vamos morrer. (Não que você vá acreditar nela. Ninguém nunca acredita).
Mas nem mesmo o dom da premonição de Meena pode prepará-la para o que vai acontecer quando ela conhece – e comete o erro de se apaixonar - Lucien-Antonescu, um príncipe moderno com um lado sombrio. É um lado negro que muitas pessoas, como uma antiga sociedade de caçadores de vampiros, preferiria vê-lo morto.
O problema é que Lucien já está morto. Talvez por isso ele é o primeiro cara que Meena já conheceu com quem ela poderia ter um futuro. Entenda, enquanto Meena sempre foi capaz de ver o futuro de todo mundo, ela nunca foi capaz olhar para o dela própria.
E quando Lucien é o que Meena jamais sonhou como namorado, de repente ele pode vir a ser tornar o seu pesadelo. Agora pode ser uma boa hora para Meena começar a aprender a prever seu próprio futuro. . . Se ela ainda tiver um.


Eu já disse que amo o gênero fantástico? Pois então, eu amo! E é sobre meu novo livro favorito que vamos falar. Vou começar dizendo que AMO a Meg Cabot e sou mega fã de seus livros. Ela é muito diva e sempre arrasa nesse gênero. Vamos ao livro!

Meena Harper é uma das escritoras de uma famosa novela, que já é sucesso a trinta anos na televisão. Ela poderia ter uma vida normal e ser uma pessoa comum, mas não... ela tem o estranho poder de prever a morte das pessoas. Entretanto, por ter esse estranho dom, ela sente a necessidade de sempre, sempre mesmo, avisar as pessoas. É claro que ela não diz que as pessoas vão morrer, mas as avisa sobre o perigo e geralmente salva vidas. Fora isso sua vida é muito normal e nada tem de interessante.

Nada, até o dia em que ela descobre que a novela que escreve vai seguir uma nova linha. A linha vampiresca, uma vez que outra novela – de uma emissora concorrente – vem aumentando o publico e ameaçando o sucesso de Insaciável. A jovem surta, pois odeia, apenas a menção de vampiros, que em sua opinião, é apenas uma metáfora elaborada para o homem misógino. Sua semana não vai nada bem e ela só consegue pensar que tudo isso é culpa de Shoshana, sua colega de trabalho que não faz nada de útil mas, ainda assim, foi promovida a redatora-chefe, posição que Meena almejava.

Ela tenta levar as coisas em frente e ser positiva. Mesmo que seu irmão esteja desempregado e esteja morando de favor em seu apartamento.

Uma noite sem conseguir dormir, Meena leva seu cachorro Jack Bauer – sim, como no seriado 24 horas – para passear. É tarde e mesmo sabendo que é perigoso ela não se importa. Tudo certo até que Meena cruza com um estranho que imediatamente lhe chama a atenção, pela beleza e pela elegância. Tudo passaria em brancas nuvens, mas, a jovem é atacada por morcegos – sim, morcegos – e o estranho se joga contra ela e seu cão para defendê-la dos animaizinhos. Durante alguns minutos ela sofre em pânico, imaginando que o estranho já deve estar morto, mas os morcegos vão embora e o estranho não sofre um aranhão se quer. Eles tem uma curta conversa e ele se apresenta com Lucien Antonesco.

Meena fica encantada com a coragem e a gentileza do homem, e com base em sua experiência cria um enredo para a novela, que engloba um charmoso caçador de vampiros – parecido com Lucien – ela fica muito atraída pelo estranho e não consegue parar de pensar nele.

Meena é convidada para um jantar, organizado por sua vizinha, que diz que vai receber seu primo que é nada mais do que um príncipe, de verdade. No inicio não pensa em aceitar, mas acaba decidindo ir. Quando chega lá, com seu irmão, a vidente é surpreendida por descobrir que o tal príncipe é Lucien. Seu salvador.

Os dois conversam durante toda a noite. Ela acaba sendo levada para o apartamento dele e os dois passam a noite juntos. Meena se descobre apaixonada por esse charmoso e misterioso príncipe. Lucien é tudo e mais um pouco do que ela sonhou. Porém, há um pequeno problema...

“— E se eu dissesse para você que sou um vampiro? – perguntou Lucien, fazendo um pequeno circulo nas costas da mão dela. – Você me odiaria?”

Lucien é um vampiro para a alegria de Meena só que não. Obviamente o príncipe – que na verdade é príncipe das trevas – não diz isso a Meena, que fica inocentemente colocando seu lindo pescoço em perigo.

Eu diria até aqui que todos já ouvimos essa história, o vampiro e a humana, amor entre diferentes e blá-blá-blá. Mas é ai que Cabot me deixou de queixo caído. Ela coloca uma peça nova na equação: Alaric Wulf! E como ele é divertido! Um caçador de vampiros, que já matou muitos deles. Ele está determinado a matar o príncipe das trevas e vê a chance de fazê-lo quando percebe que Lucien tem uma ligação especial com Meena Harper. Ele invade o apartamento dela e a subjuga para que ela diga onde seu mestre está – uma vez que ele acredita que ela é uma serva do vampiro.

Ela leva algum tempo para acreditar que seu belo e gentil Lucien é na verdade um monstro sugador de sangue. Todavia ela não é a única a ser surpreendida, Alaric se vê em uma situação nunca vivida.

“— Ele Mordeu você – disse o homem, colocando a mão sobre a clavícula dela e empurrando contra o chão – Ele tem que ter mordido você. Não é possível que não tenha. Olhe para você. Sua pele é como seda. Eu quero mordê-la. A pergunta é, onde ele mordeu? Não na carótida, obviamente. Você não tem nenhum hematoma. Às vezes eles vão direto ao coração. Você olhou?”

Surpreso pela coragem e determinação de Meena, Alaric acaba apaixonando-se pela jovem e tenta a todo custo defendê-la.

Em uma guerra entre vampiros, envolvendo a morte de jovens inocentes na qual Lucien se vê contra seu irmão ambicioso e sanguinário DimitriMeena acaba bem no meio do fogo cruzado, colocando a vida das pessoas que ama em risco.

Com um final de deixar qualquer um de boca aberta... eu fiquei! Insaciável não tem nada a ver com os livros entre o amor de uma humana e um vampiro, nada clichê. O livro é arrebatador do começo ao fim. Engraçado, sensual, irônico e cheio de charme. Tanto de Lucien  o príncipe das trevas, quanto de Alaric – que acaba trazendo um alivio cômico a toda a trama. Como sempre, Meg Cabot foi brilhante em sua obra.




Tem a continuação, que eu estou louca para ler e que promete muito mais. É isso, se você quer ler algo completamente diferente sobre vampiros, leia Insaciável. Você não vai se arrepender!

Classificação: 


16 comentários :

  1. Oi, aina não li nada da autora, mas sempre escuto elogios enormes pela escrita dela. Nunca li nada com vampiros, só assisti filmes mesmo, leio mais com anjos caídos e tal, mas essa história me chamou a atenção, fiquei curiosa por esse final bombástico. Só o fato de ter continuação que me desanimou, estou com tantos livros que tem continuação na estante que não poderei comprar mais tão cedo.

    ResponderExcluir
  2. Oie
    nossa, que bom que a leitura te agradou tanto, eu adoro a meg mas nunca tive vontade de ler essa lado dela, quem sabe um dia né, depois dessa resenha cheia de elogios hahaha

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oie,

    Eu só li um livro da autora e amei a escrita dela, no início da resenha já tava achando o livro bem clichê até a chegada do Alaric e eu fiquei a Meg sabe surpreender todos hahahah. Eu fiquei bem curiosa com a história eu gosto de vampiros, então já um livro que está nos desejados.

    Bjs
    Mayla

    ResponderExcluir
  4. Jéssica, acho que nunca li nada da Meg Cabot e tenho muita vontade, mas não queria começar por esse porque fora a sua resenha todas as outras eram mais negativas do que positivas.
    Gostei muito de como você falou do livro e me deixou curiosa.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  5. Oii!

    Meg Cabot DIVA SOBERANA <3
    Eu sou aaaapaixonada por ela, li esse livro há um 6 anos já, mas nem me lembro mais do enredo. Estou com o segundo também. Preciso reler para começar o seguindo. Parece que a Meg ainda pode escrever um terceiro.
    Eu não sou fã de vampirismo, mas é Meg né? *-*

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Mesmo não sendo a maior fã desse gênero, já tive alguns contatos com os livros da Meg Cabot e, tenho que admitir, ela realmente sabe escrever esse estilo romântico/sobrenatural. A premissa pode parecer clichê, mas ainda me despertou um certo interesse!

    ResponderExcluir
  7. Oi flor
    Já li esse livro é não curti muito, a premissa é diferente, mas foi o desenvolver da história que não me cativou, eu adoro a Meg e de todos os livros dela que já li, esse foi o único que não me conquistou. Achei muita enrolacão. Não me animei mito em ler a continuação, mas espero que você curta e quero ler a sua resenha.

    Beijo
    Lovesbooksandcupcakea.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?

    Li esse livro há muito tempo, acho que há uns três anos e lembro que, por mais que já estivesse bem cheia de vampiros, gostei muito desse enredo da Meg. O que mais gostei é que ela misturou fatos históricos com fantasia, então, me convenceu bastante. Ainda não comprei as continuações, mas não sei se quero, agora. Me distanciei bastante da literatura da Meg.

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Oeeee!A Meg parece estar sempre escrevendo uns romances água-com-açúcas,mas este livro me parece diferente,só de ser fantasia já me chamou atenção,uma pena eu não curtir essa coisa de vampiro romanceado. Abraço!

    ResponderExcluir
  10. Olá! Tudo bem?

    Meg Cabot é uma das minhas autoras preferidas e ainda quero descobrir como ela escreve tantos livros e nao confunde a historia, hehe.
    Eu sou igual a vc, amo gênero fantástico!!
    Realmente historia de amor entre o vampiro e a humana já e batido, mas pelo jeito a Meg te deixou no chao, haha...nao conhecia esse livro e fiquei animada demais de ler!
    Saber que o livro é arrebatador do começo ao fim e nada cliche já me ganhou!!

    Beijos!

    LIVROS E SUSHI - https://livrosesushi.wordpress.com

    ResponderExcluir
  11. Oi, Jéssica!
    Eu amo as histórias da Meg, mas essa não despertou meu interesse. Não gosto de histórias que envolvam vampiros. Mas parabéns pela resenha. Ficou ótima.
    Beijos

    http://tudoqueeuli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Oi, Jéssica, tudo bom?

    Também sou fã do gênero fantástico, mas prefiro a vertente mais épica, mais RPG mesmo... Acredito que vampiros já um assunto bem batido no mundo literário então já tenho um pé atrás com livros sobre o assunto, por isso acredito que não leria o livro, mas a sua resenha está ótima e bem escrita!

    Abraços,
    http://claqueteliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá! Amo a autora e sempre que posso leio algo dela. Esse já está na lista a um bom tempo. Adoro histórias com vampiros e sei que vou me apaixonar por essa. Adorei sua resenha! Me fez ficar com ainda mais vontade de ler :)

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem?
    Gosto muito da Meg, mas não leria esses livros agora justamente por ser uma série. Estou fugindo de séries até terminar todas as que tenho aqui. Mas tenho uma certa curiosidade e quando isso acontece, estará sem dúvidas na minha lista de leitura. Sua resenha me fez querer ler agora, uma maldade.

    Beijos,
    Andy!

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Eu já tinha visto esse livro pois tenho uma amiga que é fã da série. Adorei o enredo a história parece ser eletrizante e envolvente. Amo livros que envolvam vampiros e só com a sua resenha já fiquei apaixonada por Lucien.
    Adorei a sua resenha.
    Beijinhos!
    http://www.eraumavezolivro.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Tenho alguns livros da Meg Cabot, a coleção Mediadora e Diário da princesa. Me interessei por este livro que você me apresentou, diga-se de passagem já fiquei envolvida pelo belo vampiro. hahaha
    Vou colocar na minha lista. gostei!
    Ni Cia do Leitor

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^