Autores Livros Entrevistas Filmes Games HQ's Mangás Wattpad Sagas Seriados

26 de janeiro de 2016

Resenha: Um perfeito Cavalheiro. #03.

Título: Um Perfeito Cavalheiro.
Série: Os Bridgertons.
Livro: 03.
Ano: 2014.
Páginas: 304.
Autora: Julia Quinn.
Editora: Arqueiro.
Idioma: Português.
ISBN-13:  9788580412383.
ISBN-10:  8580412382.
Adicione ao Skoob.
Romance / Romance de época / Ficção / Literatura Estrangeira.

Sinopse:
Sophie sempre quis ir a um evento da sociedade londrina. Mas esse é um sonho impossível. Apesar de ser filha de um conde, é fruto de uma relação ilegítima e foi relegada ao papel de criada pela madrasta assim que o pai morreu. Uma noite, ela consegue entrar às escondidas no baile de máscaras de Lady Bridgerton. Lá, conhece o charmoso Benedict, filho da anfitriã, e se sente parte da realeza. No mesmo instante, uma faísca se acende entre eles. Infelizmente, o encantamento tem hora para acabar. À meia-noite, Sophie tem que sair correndo da festa e não revela sua identidade a Benedict.
No dia seguinte, enquanto ele procura sua dama misteriosa por toda a cidade, Sophie é expulsa de casa pela madrasta e precisa deixar Londres. O destino faz com que os dois só se reencontrem três anos depois, Benedict a salva das garras de um bêbado violento, mas, para decepção de Sophie, não a reconhece nos trajes de criada. No entanto, logo se apaixona por ela de novo. Como é inaceitável que um homem de sua posição se case com uma serviçal, ele lhe propõe que seja sua amante, o que para Sophie é inconcebível.
Agora os dois precisarão lutar contra o que sentem um pelo outro ou reconsiderar as próprias crenças para terem a chance de viver um amor de conto de fadas. Nesta deliciosa releitura de Cinderela, Julia Quinn comprova mais uma vez seu talento como escritora romântica.


“Você é o motivo pelo qual eu existo. O motivo pelo qual eu nasci.”

Bom, esse livro é muito bom. Simples assim!
Benedict Bridgerton é de fato um libertino intitulado como cavalheiro, ainda assim, é um cavalheiro como poucos que se veem por aí. Ele é lindo, carinhoso, honesto, simpático, confiável, divertido, libertino ainda que de forma comedida, sarcástico - as vezes - e amoroso. Ele tem honra e nem mesmo a uma criada poderia deixar em apuros, um verdadeiro herói para as damas naquela situação. Mas... em outros quesitos, ah, querido Benedict... és um tremendo devasso! Todavia, como disse Lady Whistledown em O Visconde que me amava: "...um homem honrado, ah, querida leitora, é para ele que as jovens deveriam correr." Mas nosso mocinho pode não ser tão honrado assim - risos.

"Eu nunca faço nada sem querer" – reagiu Araminta. Sophie concordou em silêncio. Araminta sempre fazia tudo de propósito.

Nesse terceiro volume da série conhecemos melhor o segundo Bridgerton, er... quer dizer, o irmão número dois. Não, não, o segundo filho... Ah, não! O normal, nada extraordinário... quero dizer, conhecemos melhor o Senhor sem título porém ótimo partido, Benedict! Ainda que Benedict salve a nossa mocinha ele nem sempre a tratou como Um perfeito cavalheiro, longe disso. Penso que o título possa ser uma grande ironia, ainda que talvez, só talvez... tenha sido o amor que o levou a isso; quem sabe?

As lágrimas começaram a rolar sem parar. Sophie chorou pelo que poderia ter sido seu destino naquela noite e pelo que de fato fora nos últimos nove anos. Chorou pela lembrança de quando ele a tomara nos braços no baile de máscaras e chorou porque se encontrava nos braços dele naquele momento.

Como a sinopse nos conta e não é segredo nem spoiler, após dois anos Benedict reencontra Sophie por quem foi apaixonado e não a reconhece, na verdade, ele desconhece sua identidade mesmo no passado e as dificuldades pelas quais ela passa na vida a deixam bem diferente... ainda assim, ele a salva de uma situação bem complicada e leva-a consigo para lhe oferecer um emprego e uma oportunidade de seguir sua vida em segurança. Todavia, é notável que ela mexeu com ele desde o incidente, para Sophie é decepcionante não ter sido reconhecida.

"Acho que vou beijá-la" – murmurou ele.

A gente sabe que ser um filho bastardo no período no qual se passa a história não é nada legal e é um dos motivos pelos quais nossa heroína passa por tantas dificuldades.
Novamente afirmo que, em um romance como este, bem sabemos qual será o final dos personagens, mas o que é delicioso de se acompanhar é a forma com que chegaremos a esse desfecho e nesse quesito ouso dizer que Julia Quinn é uma grande mestre, sua habilidade com a escrita, a linguagem fluida faz com que nos prendamos a leitura até o fim.

"O que você está vendo?" – indagou.Sophie tropeçou, mas não tirou os olhos dos dele em nenhum momento."Minha alma." – sussurrou. "Estou vendo minha alma."

Essa releitura de Cinderela feita por Julia foi um grande acerto, a autora realmente sabia o que estava fazendo e nos cativa com sua narrativa, com a forma que apresenta essa história, ela transforma as coisas, é de fato... maravilhoso! Essa escritora é realmente genial!  

"Eu quero…" – A voz dele virou um sussurro, e seus olhos pareceram vagamente surpresos, como se ele não conseguisse acreditar nas próprias palavras. "Eu quero o seu futuro. Cada pedacinho seu."

Depois de muita discussão, de propostas indevidas a uma donzela, depois de muito mais do que isso... a grande revelação acontece e é aí que a coisa pega fogo... um pouco mais do que já estava. Violet a mãe desse... hã... cavalheiro, é uma grata surpresa, foi bom poder ver uma pouco mais da personalidade dela e as garras afiadas de uma mãe defendendo aqueles que ama. É também muito bom acompanhar uma mãe daquela época que prioriza mais seus filhos do que a sociedade, ela é incrível!

Todo mundo sabia que Sophie Beckett era bastarda.

Quanto as crônicas que mencionei nas resenhas anteriores, elas continuam sendo escritas no jornal de fofocas e nossa querida Lady Whistledown continua com a língua bem afiada e sua identidade permanece secreta, mas ela tem bom senso e não coloca as pessoas em maus lençóis - ainda que se pense o contrário. Gosto bastante dela e estou ansiosa para confirmar uma das minhas teorias, ah... eu tinha três teorias, lembram? Agora tenho apenas duas. hahaha. Algo que me agradou é que esse livro fugiu um pouco das demais debutantes e suas mamães casamenteiras, ainda que Violet não tenha deixado isso totalmente de lado.

Melhor uma tola calada do que uma falante.



Bom, é isso!
O que tenho para falar sobre Um perfeito Cavalheiro é: Nos apresenta uma história com pitadas de humor, momentos intensos, um lado sexy, um romance que ultrapassa barreiras, adorável, divertida, irônica - as vezes, com uma pitada de drama que tratando-se de uma releitura de Cinderela não podia faltar. O livro é deveras encantador! Sim, eu o recomendo. Uma leitura rápida, leve, um romance muito gostoso e contrastando com a época.
 Avaliação:
Nos encontramos em meio aos segredos do próximo volume. Até! ;-)



43 comentários :

  1. Oieee, já tinha falado noutro blog que dos livros da Julia que li até agora que foi até este de Benedict, O Visconte que me amava é meu preferido.
    Gostei do Benedict também, das fofocas de Lady OMG.
    Agora é ler os demais.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Helena!

      Antonhy é insuperável,né? Sem sombras de dúvidas Ben me conquistou, mas o Antonhy, ah... o Anthony! rs
      As fofocas dela são leves se formos analisar e com certeza mostra muito dela - nós só não notamos - quer dizer - eu noto e por isso tenho minhas terias. Esses livros são deliciosos mesmo! <3

      Beijo!

      Excluir
  2. Cada vez mais encantada com a autora!!!! Preciso iniciar a leitura de suas obras o mais rápido possível!! rsrsrs
    Adorei a resenha!

    Bjss
    Roberta - www.livrosdabeta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Roberta, obrigada! :D
      Ah, que legal, faça isso sim! Espero que possa curtir a leitura da série tanto quanto estou curtindo. Boa leitura! :D

      Beijo!

      Excluir
  3. Oie!
    Eu não sei dizer qual é o melhor romance entre os irmãos dessa família. Cada um foi uma surpresa para mim, e sempre ficava querendo mais e mais deles. Julia sabe criar uma história cativante do começo ao fim. Livro mais que recomendado.
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Tão bom encontrar pessoas que curtiram os livros tanto quanto eu, não terminei a série ainda, mas estou no caminho e concordo com sua colocação. :D

      Beijo!

      Excluir
  4. Olá!

    Gostei do seu blog, falando sobre a resenha, foi bem trabalhada, quanto ao livro não pretendo ler, não gosto muito desses tipos de romances, sou mais próximo de ficção histórica e ficção científica, tipo Bernard Cornwell e Philip K. Dick. www.sagaliteraria.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Obrigada! :D

      Entendo. Então, deixa eu te indicar uma séria nacional de Sci-fi (ficção cientifica) quem sabe te atraia? Dá uma olhada na série "Crônicas de Táiran da autora Thais Lopes, é muito legal e é nacional, tem resenha dos dois primeiros livros aqui no Blog sob o título de Sentinela e Vigilante.

      Beijo!

      Excluir
  5. Olá!

    Excelente resenha, mas essa série não consegue me cativar. Romances de época não são o meu forte... Não consigo gostar dessas histórias.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Obrigada Kami!
      Entendo, é questão de gosto mesmo, quem sabe um dia eles te conquistem, quem sabe? ... :D

      Beijo!

      Excluir
  6. Terminei de ler esse livro alguns dias atrás e se tornou o meu preferido, acho que porque não esperava grandes acontecimentos e foi o que mais me fez ri e torcer pelo casal.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii!

      Ahh que legal! :D
      Sim, nesse demos boas risadas, Sophie é danada e o Ben é bem humorado e bem terrivelzinho, né? Rs
      Vamos rumo aos demais livros da série, certo? Que venha Colin pra vc! XD

      Beijo!

      Excluir
  7. Olá Ana,
    Antes de tudo preciso dizer que amei a sua resenha, fiquei maravilhosa!!
    Preciso ler essa série, cada uma que leio aqui no seu blog, fico com mais vontade e ansiosa para conhecer essa história.
    Gostei bastante saber que tem sentimentos tão diversos.
    Adoro romance e fico encantada com de época :)
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Daya!

      Leia, sim! Acredito que vc vai gostar e pelo pouco que nos conhecemos, aposto que o seu preferido vai ser o Colin ou o Simon. :D

      Obrigada pelo carinho quanto as resenhas, fico feliz que tenha te despertado o interesse pelos livros.

      Beijo!

      Excluir
  8. Oiiie
    poxa, eu não gosto nada desse gênero mas sempre vejo resenhas sobre os livros só elogiando, gostei da sua e é uma boa dica para quem curte

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cath!

      Com certeza é uma boa pedida para quem curte e para quem quer se aventurar pelo gênero. Pena que vc não gosta muito. hhehehe. Quem sabe um dia um livro do gênero te ganhe?

      Beijo!

      Excluir
  9. Olá linda,

    Está ai o Bridgerton que mais amo de toda a família haha.
    Benedict é uma fofura e loucura ao mesmo tempo e isso me conquistou desde o primeiro livro.
    Julia faz dos seus livros, umas obras-primas.

    Beijos!
    poesiaqueencantavida.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jo!

      Hahahaha, que bom que ele é o seu preferido, assim não teremos de disputar, pq o meu é o Anthony. U_u

      Brincadeiras a parte, o Ben é muito legal mesmo e super concordo em relação a Julia, amando cada livro dela!

      Beijo!

      Excluir
  10. Olá,
    Ontem li a resenha do primeiro, hoje li a do segundo e agora estou lendo do terceiro!
    Quero muito iniciar minhas leituras históricas, mas tenho um certo receio e lendo as resenhas me fazem acreditar que vou conseguir ler sem parar! Quero iniciar com os livros da Julia e pelo jeito são uma boa opção!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii!

      Então, pra quem vai começar a se aventurar pelos romances de época, particularmente super indico essa série, a escrita da autora é leve, as histórias são curtinhas e encantadoras, tem momentos divertidos, tem muito sentimento, enfim, é uma bela mistura e os livros são repletos de amor entre a família. Também indico "O Príncipe dos Canalhas" da Loretta Chase que de igual modo tem uma escrita e personagens maravilhosos (tem resenha dele aqui no Blog tb).

      Beijo!

      Excluir
  11. Olá!!
    EU ainda não li esse livro e nenhum dessa série ainda, mas quero muito. Já li diversas resenhas para essa obra e nenhuma citava que era uma releitura da cinderela, adorei!
    Vou ler assim que consegui me organizar :p

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana!

      Se você gosta de romances de época te indico, leia sim!
      Ah, então, é sim uma releitura, a própria sinopse do livro revela e a autora soube trabalhar essa releitura bem demais, ficou muito boa a história!

      Beijo!

      Excluir
  12. O que mais chama atenção nesse livro é o nome do personagem: Benedict. Acho lindo. Outra coisa que se destaca nessa série a coluna de fofoca, um ideia que deve ter sido tirada dos jornais atuais.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nilda!

      Menina, tb adorei esse nome, é realmente encantador.
      Quanto acoluna de fofocas, foi uma ótima "sacada" da autora devido a época na qual se passa a história, não sei de onde ela tirou a ideia, mas ficou perfeita na história. E apesar de eu não curtir essas colunas de hoje em dia, a da história eu acho legal. kkk

      Beijo!

      Excluir
  13. O livro é repleto de sentimentos e conflitos internos, tenho acompanhado a história pelas resenhas anteriores também. Adoro ver personagens "mães" com poder de ataque (tem alguns personagens de GOT que se destacam nesse quesito, você devia conhece-las <3).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Augusto!

      Sim, o livro é cheio de sentimentos e eles são praticamente palpáveis pra nós - leitores. Então, preciso te confessar que eu tenho uma trava GIGANTE em relação a GOT, eu não consigo gostar da história, não consigo aceitá-la, na verdade, tem umas coisas em GOT que não entram na minha cabeça e olha que sou mente aberta - principalmente em relação a leitura. o.o

      Beijo!

      Excluir
  14. Ain cara que fofura. A CABELO DE ENTRAR PRO MUITO DOS ROMANOS HISTORICOS, e tô passando mal pra ler essa autora. Mas. Aí. Ela só tem essa série em português e como não estou disposta a ler 8 livros queria um outro, único, independente... Mas é a vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii!

      Te entendo, mas confesso que essa série vale a pena,é muito gostosa de se acompanhar e já tem 7 no brasil, né? Então dá pra seguir a leitura um atrás do outro. :D

      Bom, a maioria dos livros que leio acabam sendo de séries, mas te indico " O Príncipe dos Canalhas" da Loretta Chase (mas é série tb),mas muito bom!

      Beijos!

      Excluir
  15. Ana, eu não sabia que tinha essa pegada de releitura da Cinderela e fiquei com mais vontade ainda de continuar a ler essa série super amor.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Déb, tem sim!
      Tem e foi super bem abordada pela atora, leia sim, acredito que vc vai adorar e vai odiar a madrasta e sentir raiva do mocinho - as vezes - mas a história é deliciosa! Estou viciada, apaixonada por essa família!

      Beijo!

      Excluir
  16. Olá Ana, tudo bem?
    Estou vendo que alguém fez as malas para o século dezenove e não quer mais retornar.. Lkkkkkk
    Ler romances de época é viciante, né?
    Eu amei o primeiro e a cada nova resenha fico ansiosa para ler todos os outros.
    Parabéns pela resenha.
    Beijos.

    Giuliana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Giuuu!

      Sim, já me instalei por lá! kkkkk
      Então, eu amoooo romances de época, mas os evito exatamente por isso: pq não quero mais voltar! kkk

      Aaaa que bom que gostou,te desejo boas leituras, sei que vai gostar desse. :D

      Beijo!

      Excluir
  17. Olá Ana!
    Como eu amo essa série, esse Bridgertons são maravilhosos.
    Eu sempre me envolvo demais com as histórias e senti uma raiva da madrasta da Sophie, aquela vaca rs'
    Violet é maravilhosa, sempre ali com boas palavras e ótimos conselhos. Também tenho minhas teorias sobre a Lady Whistledown, e não vejo a hora de saber a verdade! Estou com saudades dessa família e minha próxima leitura será sobre o Collin! parabéns pela resenha!

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thais!

      Menina, esse mistério logo terá fim, logo descobriremos quem é a nossa Lady. ahahah. Colin me parece ser tão fofo! Ah, acho que é difícil essa família não conquistar alguém, né?
      Tb senti bastante raiva da madrasta e do próprio Ben - as vezes - risos.

      Beijo!

      Excluir
  18. Vocês quando abraçam um gênero literário, não largam mais! rsrsrs...
    Senti uma predileção por romances da Sra Quinn...
    Mas, então, pra variar o texto de vocês ficou show! Estão quase me convencendo a ser fã da autora!... XD
    Parabéns pela resenha, novamente. Vocês duas mandam bem!
    Até + ver! Nu.
    As 1001 Nuccias | Curtiu?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nu!

      Hahaha. Menina, sou viciada em romances de época e é por isso que os evito, mas quando caio em tentação... caio pra valer e é difícil sair! kkk
      Até o fim da série eu acho que te convenço a ser fã dela! kkkk
      Obrigada pelo carinho, Nu!

      Beijos!

      Excluir
  19. O pessoal realmente está amando esses romances de época, principalmente os daa Julia Quinn, pena esse não ser o meu caso. Confesso pra você que nunca li nenhum romance de época e não pretendo, pelo menos no momento. Eu já não gosto muito de romances comuns, então provavelmente não gostaria desses, mas quase sempre há exceções, né? Quem sabe no futuro rs Fico feliz que você tenha gostado :-)

    Parabéns pela resenha!

    Abraços,
    http://claqueteliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oie, tudo bom?
    Só li O Duque e Eu até agora e espero ler os outros da série esse ano. Minhas amigas até brigaram comigo por isso. Achei tão fofo que esse livro da série seja uma releitura da Cinderela e acredito que vou amar o romance.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Ei, tudo bem?
    Eu preciso começar a ler essa série logo, e pretendo fazer ainda esse mês se der. Tenho certeza de que vou adorar a leitura, pois gosto bastante do gênero. Ansiosa para conhecer essa família tão amada hahaha

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  22. Oi Tudo bem?
    Não sabia que esse terceiro livro se tratava de uma releitura da Cinderela, gosto bastante de releituras ainda mais as modernas, porém quem consegue deixa de lado um romance histórico.
    Estou bastante curiosa sobre essa série.
    Beijos
    Visite ==> Eu e meu vício chamado leitura

    ResponderExcluir
  23. Super empolgada para ler os livros da Julia, esse mais ainda por ser uma releitura de Cinderela... estou começando agora no mundo de romance de época e me sinto super atrasada...rs
    Beijinhos,
    Lica
    amoreselivros.com.br

    ResponderExcluir
  24. Sério, eu não aguento mais ler resenhas sobre essa série! Hahahah Preciso ler os livros logo. XD

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^