Autores Livros Entrevistas Filmes Games HQ's Mangás Wattpad Sagas Seriados

24 de janeiro de 2016

Resenha: Desejo & Honra.

Título: Desejo & Honra.

Autora: Tatiane Durães.

Editora: Editora Deuses.

Páginas: 152.

Ano: 2015.

Idioma: Português.

ISBN-13: 9788566754612.

ISBN-10: 8566754611.



1890. O Brasil passava por sérias mudanças. Os escravos foram alforriados, porém, apenas no papel. Os italianos começaram a chegar em busca de uma vida melhor. A corrida pelo ouro terminara há muito tempo e o café com leite era o que sustentava a economia do país. 
Em Minas Gerais, uma única família ainda mantinha a atividade do minério, a família Leon, eles continuavam sendo abençoados, encontrando ouro em suas terras.
O Conde de Leon, filho do monarca Duque de Leon, que, devido a idade, não conduzia mais os negócios. Conde que, apesar de bondoso, carregava no peito a enorme dor da perda. Sua esposa Cassandra falecera ainda muito jovem, e desde então ele nunca mais ficara atraído por nenhuma mulher, até aquele dia, 31 de outubro, quando uma jovem de cabelos negros e pele extremamente branca chegou em sua casa para ajudar na cozinha. Uma jovem bonita, delicada e inteligente. 
Assim, o Conde de Leon, finalmente percebeu que poderia se libertar do fantasma de sua falecida e amada Cassandra. Entretanto, a jovem carregava consigo um segredo: Linda, porém fatal.




Desejo & Honra é mais um livro que chegou até mim em decorrência a gincana virtual que a Helena do blog Café com Livros criou com o intuito de ajudar na divulgação dos autores nacionais e de suas obras.

O primeiro livro que eu conheci por causa desse projeto foi O Lago Negro e eu gostei demais da experiência. Dessa vez, saímos diretamente de Lagoana e desembarcamos em Minas Gerais em um século totalmente diferente do nosso, porém com uma história tão envolvente quanto.

O livro, como relata a sinopse, se passa em 1890. Uma época na qual toda a sociedade e a economia brasileira passava por uma transformação um tanto quanto brusca e as coisas não eram tão fáceis como teoricamente deveriam ser.

Em meio a essa turbulência econômica conhecemos a bela Amanda, uma jovem ladra, muito inteligente e astuta que era praticamente caçada pela polícia sob a acusação de roubo e assassinato. Como última alternativa para fugir da forca, Amanda pede ajuda a uma antiga amiga que lhe devia um favor. E com isso, como por obra do destino, eis que ela começa a trabalhar na casa do Conde Leon.

O Conde é um homem extremamente bondoso e perspicaz, mas consigo trás um segredo que lhe vale a vida e um coração quebrado pela morte prematura de sua esposa. Ele não se interessava por ninguém desde a sua grande perda, porém ele não contava que conheceria uma jovem bela e inteligente que se mostrava ser totalmente fora dos padrões de donzelas que a sociedade impunha para a época.

Entre o meio de desconfianças, dúvidas, vingança, ganância e desejo... Desejo e Honra transcorre de maneira fluída e com leveza até que se chega a sua conclusão um tanto quanto prematura na minha opinião.

O livro é curto e muito gostoso de ser lido, mesmo com a editora tendo deixado passar alguns erros de edição, coisa que eu confesso que me irrita muito, a minha leitura fluiu tão bem que li o livro em uma tarde. Ele é todo narrado em terceira pessoa e isso nos dá a chance de observar a história sobre diferentes ângulos. Uma coisa que achei diferente dos demais livros, envolvendo a escrita, é que senti falta do vocabulário rebuscado que as pessoas da época apresentavam, porém não sei falar se isso é um lado ruim ou não, porque fez com que a leitura fluísse com mais facilidade.

Não me enganei quando pensei que a Tatiane ia explorar muito bem a parte de ação na história. Entretanto, tudo aconteceu rápido demais pra mim, desde a paixão do conde por Amanda, até a ação e os acontecimentos finais. 

A ideia dos acontecimentos foi impecável e todos eles foram extremamente justificáveis, afinal o título da obra mesmo expõe a importância da honra além do desejo. Porém não gostei muito, como disse, da rapidez com que aconteceu e inclusive, algumas coisas ficaram um pouco vagas com o final abrupto.

A parte da mudança do País do Ouro, para o País do Café também foi pouco trabalhada para mim, assim como a alteração do Brasil com escravidão para o Brasil absolutista, porém isso é justificável uma vez que o foco da história está na ladra, sua vida e os seus mistérios. 

Entretanto, no clímax da história, as condições dos escravos é muito bem explícita e narrada, deu até agonia enquanto lia e imaginava determinados acontecimentos, mas como disse antes, foi tudo muito rápido. Devo dizer obrigada por isso nessa parte?

Esse foi o primeiro livro que eu tive a oportunidade de ler em se tratando de um romance de época que se passa aqui no Brasil e consequentemente, é o primeiro livro da Tatiane envolvendo esse gênero. Gostei muito da experiência e confesso para vocês que se ela tivesse outra obra no estilo, mesmo com as ressalvas citadas, eu leria sem dúvidas.

Por isso, convido vocês leitores a embarcar também nesse romance rumo ao século IXX sem arrependimentos e preocupações. Venha conhecer você também a história de amor complicada e instigante que envolve um conde e uma ladra em uma época em que a maioria dos crimes eram pagos com a sua própria vida.

Para finalizar, gostaria de agradecer a Helena mais uma vez pela oportunidade de participar desse projeto tão enriquecedor e divertido. E gostaria de agradecer também a Tatiane Durães pela oportunidade de ler a sua obra e parabenizá-la pela sua escrita e pela ideia diferente que nos fez viajar através da história de nosso próprio país.


Minha nota para história é:






   


12 comentários :

  1. oi Mayara,

    Muito obrigada pela resenha, por ter participado do projeto e ter lido o "Desejo e Honra".
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Oie, para um livro de 152 páginas não daria para esperar que autora explorasse mais a parte história, acredito. Porém, é um livro que se passa no Brasil, eu gostaria de ler.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  3. Queria lançar minha visão de professor sobre o livro rsrsrs ( vou ter de lê-lo pra fazer. Gostei muito da proposta e do cenario/época que a história se passa. Vou aproveitar pra pesquisar um pouco mais sobre a autora também. A construção dos personagens parece ser boa. Quando estava na sinopse e li 31 de outubro confesso que pensei "esse personagem deve ser uma bruxa". Tenho uma certa dificuldade com historias de amor, prefiro historias de guerras sangrentas com algum romance no meio. Adorei a capa do livro; ainda não conhecia a editora. Tem mais livros dessa autora no blog?

    ResponderExcluir
  4. Olá, faz algum tempo que eu tenho interesse em ler essa obra. Parece ser uma leitura incrível. A sinopse já havia me desperto uma curiosidade enorme e a sua resenha é a primeira que leio, eu fiquei ainda mais interessada, acho que você soube mostrar os pontos positivos e negativos e sem tirar a minha vontade de ler a obra.

    ResponderExcluir
  5. Olá linda,

    O número de páginas acaba limitando a profundidade da obra. Normalmente livros históricos ou Romances de Época focam nos personagens e o fundo do enredo traz a época e seus dilemas.

    Beijos!
    poesiaqueencantavida.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Tão curtinho! Não conhecia o livro e essa é a primeira resenha dele que leio. Gostei da premissa, mas no momento não é um livro que pegaria para ler.
    Erros de revisão também me irritam muito, mas fazer o quê? hehe

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Mayara, gostei da ideia do livro e apesar de você falar dos problemas de revisão eu leria porque a história é bem meu estilo.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  8. Li pouquíssimas obras com romance de época que se passa no Brasil, por isso fiquei bem curiosa para fazer a leitura dessa obra. Adorei a premissa, e essa capa está linda!
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  9. Isso de erros na edição é algo que me incomoda demais... e não curto nem um pouco finais abruptos que deixam as coisas um pouco vagas. Fora que ia achar muito estranho ler algo de época sem a linguagem mais rebuscada, então acabei não me interessando pela leitura.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  10. Flor, gostei bastante da resenha e da sua sinceridade. Não precisa me agradecer por nada. Fico é muito feliz que esteja gostando da Turma!!

    Beijos.
    Café com Livro

    ResponderExcluir
  11. Oi Mayara sua linda, tudo bem
    É uma pena que a história ficou um pouco corrida e que teve um desfecho abrupto. É por isso que gosto de histórias com muitas páginas, risos... Gostei do enredo e também do cenário ser o Brasil, mas confesso que não me interessei muito pela obra, acho que ficarei com a impressão que a história não foi bem desenvolvida. Mas independentemente disso, gostei da sua resenha.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oiii!!
    Eu to numa vibe muito gostosa de livros nacionais. Estou com o ebook do lagro negro para ler, mas estou super Animada para ler!! Fiquei curiosa nessa história e feliz por saber que é um curto e gostosinho de ler. ADOROOO livros assim!!
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^