Autores Livros Entrevistas Filmes Games HQ's Mangás Wattpad Sagas Seriados

25 de junho de 2015

Resenha: Amor Sem Limites.

Título: Amor Sem Limites.

Autora: Abbi Glines.

Série: Rosemary Beach #4 Sem Limites #3.

Páginas: 197.

Ano: 2014.

Idioma: Português.

Editora: Arqueiro.

ISBN-13: 9788580413120.
 

ISBN-10: 8580413125.




 Blaire Wynn conheceu Rush Finlay num momento muito difícil da vida dela, logo depois de perder a mãe e a casa em que morava. Filho de um astro do rock, Rush vivia num mundo de luxo, sexo sem compromisso e total despreocupação com o futuro. Exatamente o oposto de tudo o que Blaire conhecia.

Mesmo com tantas diferenças, a paixão entre os dois foi arrebatadora. Porém Rush guardava um segredo de sua família que levou ao fim do namoro -  e a um período de tristeza absoluta para o casal. Mas eles já não sabiam viver um sem o outro e cederam de novo àquele sentimento irressistível.

Agora Blaire está grávida, eles estão felizes e planejam se casar. Mas nem tudo está garantido. O pai de Rush chega trazendo más notícias e novamente os antigos problemas de família podem fazer com que os dois se afastem.

Último volume da trilogia Sem Limites, que já vendeu mais de 5 milhões de exemplares no mundo todo, Amor Sem Limites é um livro sexy que vai fazer você acreditar que para cada problema há uma solução - e quando se trata de relacionamentos, a cama é sempre um bom local para resolver conflitos. 


 

Olá minha gente linda, olha euzinha aqui para falar novamente dessa série que simplesmente amo de paixão. Sim, é isso mesmo... posso falar mal em alguns sentidos, mas, Rush é meu homem e não tem discussão alguma sobre isso #ProntoFalei.

Eu sei que a ordem das resenhas está errada, confesso que eu tentei de verdade resenhar todos na ordem, mas sabe aquela necessidade gritante que você tem de concluir uma série antes de iniciar outra? Foi isso que aconteceu comigo e eu vou explicar...

Em teoria, a ordem dos lançamentos foram: Paixão Sem Limites, Tentação Sem Limites, Estranha Perfeição,  Amor Sem Limites, Simples Perfeição e Rush Sem Limites. 

Perceberam a diferença? 

Pois é, Rosemary Beach é uma série composta de sub-séries, o início de tudo foi a Série Sem Limites, que conta a história de Rush e a outra série, a Perfeição, conta a história do Woods. 

Eu poderia ler na ordem? Sim, óbvio. É o que as pessoas normais fariam, certo? Exato! Mas eu não sou normal e, conheço a Abby Glines muito bem, somos praticamente íntimas já - rs, por isso, decidi pular o lançamento do Estranha Perfeição até que lançasse o segundo, por que ela é do mal quando termina um livro que tem a continuação. 

Até hoje não tive a oportunidade de ler a série Perfeição e resolvi postar essa resenha agora, porque esse mês lançou Rush Sem Limites, que é um conto narrado pelo Rush e, estou com uma necessidade absurda de lê-lo e logo resenhá-lo para vocês, mas para isso acontecer, eu precisava postar a resenha desse livro que vai começar de fato agora! Aeeee.

Amor Sem Limites, é aquele livro que veio para ser a conclusão de tudo, o famoso: E viveram felizes para sempre! Mas... para isso acontecer, o casal tem que passar por uma série de provações que de certo modo, podem ser vistas como repetitivas.

No final do segundo livro o pai de Rush, vai até ele em busca de ajuda, pois ele é a única pessoa capaz de controlar Nan, sua irmã psicótica e fanática por atenção. Com isso Rush e Blaire, que agora está grávida, tem que adiar os planos do seu casamento por um tempo e vão ajudar a resolver os problemas com Nan e o seu pai biológico em Los Angeles.

Então. entramos naquele famoso ciclo, Rush e suas besteiras uma atrás da outra, pois é. Já vimos nos dois primeiros livros que Rush não é aquele homem que sabe dividir sua atenção, por isso, para ele as coisas funcionam assim: ou é Nan, ou é Blaire. Não dá para ser as duas, mesmo no passado ele tendo decidido que sempre seria Blaire, mas tudo bem, sua irmã é uma chantagista de primeira e a gente entende o lado dele. Mentira, não entendo nada e quis bater muito nesse lindo por conta disso.


“Quando encontrar seu motivo para viver, agarre-o. Nunca o perca de vista. Mesmo que isso signifique abrir mãos de outros caminhos”


Quando essa divisão de atenção do Rush coloca em risco a saúde de uma pessoinha que ainda nem nasceu, as coisas começam a ficar sérias e Blaire, finalmente reage obrigando Rush de fato a se decidir: ou vai ou racha, meu amigo!


"Permanecer em Los Angeles lidando com os problemas de família não ia me ajudar. Eu precisava ir embora. Mas voltar para Rosemary Beach não me parecia uma boa ideia. Só me faria sentir saudade de Rush."


Nan, é uma das personagens mais odiadas por mim e digo a vocês, tem motivo viu?! Mas, sei que é tudo culpa da sua criação egocêntrica e mimada, porém, isso não é motivo para brincar com os sentimentos das pessoas, certo? 

Um dos momentos mais fofos e lindos do livro é o casamento dos dois e vou colocar aqui no final, a música que ele canta para ela, que de certo modo resume toda a história que é linda. Tem como não amar esse bobão? 


"– Quando ela entrou na minha casa pela primeira vez e eu pus os olhos nela, me senti atraído. Essa parte foi simples. Mas então a conheci. Ela era diferente de todas as outras garotas. Foi muito determinada, quando deveria ter se sentido derrotada. Sua vida tinha sido uma merda, e ela estava lutando para sobreviver. Não era alguém que recusasse ou desistisse. Comecei a admirá-la. Então tive um pouco dela e me perdi. Ela é tudo o que eu quero ser.’’
 

Outros personagens entram na trama e sim, conhecemos o próximo casal que irá se formar entre os amigos, mas sou malvada e não vou contar quem vai desencalhar. 

Minhas críticas e elogios referentes aos outros livros se mantêm nesse: a escrita da autora é fantástica, muito fluída e viciante. Você simplesmente não consegue largar o livro até que tenha chego ao seu final e a crítica? Bem, as palavras chulas ainda estão lá... Editora Arqueiro, olha o nível, poxa... Sim, eu sou chata, eu sei! >.<

Agora vocês me perguntam: Mayara, você em teoria pulou um livro, isso afetou alguma coisa na prática?

É, pois é... afetou um pouquinho sim. No final do livro, acontece algo muito interessante que é óbvio que eu não vou relatar aqui, mas envolve o casal Della e Woods, que adivinha só, pulei o livro - pois é, por isso fiquei boiando um pouquinho... Mas, prometo que antes que saiam os livros do Grant, esses livros estarão lidos e resenhados. Logo, logo.

Na minha opinião, Abbi de forma incrível, soube fechar com chave de ouro essa trilogia. Nos faz suspirar e acreditar no amor. Rush e Blaire, um casal tão diferente, se tornaram a prova de que quando se ama de verdade, tudo é possível e com toda a certeza, posso afirmar: vão deixar saudades! 


"- Eu amo você, Rush Finlay. Você vai ser o melhor marido e o melhor pai do mundo."


Como prometi, aqui está o vídeo da música que ele compôs especialmente para Blaire, espero que gostem assim como eu amei.


Agora é com vocês, me contem tudo!! Vocês já leram esse livro? Gostaram do rumo que a série tomou? O que espera que aconteça com os demais personagens? Torcem por mais Rush e Blaire?


14 comentários :

  1. Olha quando vejo uma resenha da Abbi nem sei o que escrever, porque apesar de críticas que vejo por ai eu amooooo essa escritora e Rush aiii o Rush é Perfeito demais !!!! Disse pro meu noivo que queria que ele fizesse o que Rush fez no casamento e no quarto do bebe rsrsrsrsrs A série do Woos eu já li e também fiquei apaixonada por ele é tudo muito lindo,
    bjus

    ResponderExcluir
  2. May sua linda, amei a resenha!
    Eu amo a série Rosemary Beach, mas pra mim o top é o Woods. hahahahah
    Depois que conheci ele, o Rush ficou me lado (me condenem!). Titia Abbi é demais! rs

    Um beijão!
    wwww.cheirodelivronacional.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oie!
    Adorei a resenha, muito bem escrita!
    Mas vou dizer que ODEEEEEEEEEEEEIO Abbi! nao sei porque ahahha
    Acho que o tema do livro nao faz o meu gosto hahah
    Super beijo
    Gio - Clube das 6
    www.clubedas6.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olaaa
    Sua resenha esta otima, nao é um dos livros ou série que mais desejo, mas deve ser uma leitura gostosa e rápida então leria se tivesse oportunidade.

    Beijos
    Reality of Books

    ResponderExcluir
  5. Oiee ^^
    Acho que eu me perdi na sequência dos livros....haha' pulei "Estranha perfeição" *-*
    Me derreti toda quando ouvi a música "Fallen too far" pela primeira vez, lendo a letra no livro...kkk' Rush e Blaire são um dos meus casais literários favoritos ♥
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Mayara, fico feliz em ver sua empolgação com o personagens. Os livros têm esse poder, não é mesmo?, de deixar a gente fascinada!
    E o bom é que exite livros e histórias para todos os gosto. Esse série, por exemplo, não me atrai em nada. Mas é ótimo acompanhar sua impressões de leituras.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Gostei bastante da sua resenha, mas essa série não me chama a atenção. Tenho optado por livros de outros genêros :/

    Beijos
    http://www.breakingfree.blog.br/

    ResponderExcluir
  8. Eu sou louca para ler Abbi, mas eu nunca tive a chance de encontrar os livros dessa série. Todo mundo sempre fala bem desses romances que eu realmente me interessei.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi, flor.
    Gostei da sua crítica. Li algumas resenhas negativas sobre esse livro e me desanimei a conhecer a narrativa da autora, porque senti que ela é um tanto clichê. Mas acho que vou gostar dessa série (e das subséries). Aliás, achei ótimo você revelar a importância de seguir a ordem, hahaha.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Vejo comentários muito bons dela, mas não sei se gostaria da leitura por essas partes mais "quentes". Sei lá rsrs vai que um dia me dá a louca e eu decido ler, mesmo que seja fora de ordem haha
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem?
    Sua resenha reflete bem minha relação com a Abbi. Também amo sua escrita, acho viciante, e seus livros são daqueles que não dá pra parar de ler. Porém, Rush enche minha paciência com seu excesso de babaquices, e a Blaire também me irrita, com sua passividade. Mas, mesmo assim, não consigo não ler os livros do casal.
    Sobre Perfeição só te digo uma coisa: Leia! Woods é um homem incrível, e amei seus livros
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Tenho curiosidade para ler essa série e super entendo a inquietação que dá quando queremos terminar uma série. Não sei se eu iria gostar tanto quanto você porque os personagens poderiam seriamente me irritar, mas mesmo assim ainda tenho vontade de conferir.

    Beijos,
    Dois Dedos de Prosa

    ResponderExcluir
  13. Ola May eu amo essa séria, e odeia a Nan o personagem odiado e sem noção, muitas atitudes de Rush em virtude da irmão louca me irritaram demais, mas todo o livro vale muito a pena. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    eu amei esse livro. A Abbi conseguiu fechar a história desse casal com maestria. Confesso que fiquei com raiva do Rush por deixar a Blaire pela irmã nojenta, mas a Blaire soube dar o troco.
    Adorei a sua resenha.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^