21 de dezembro de 2018

Séries & Tal: A Maldição da Residência Hill.

em 21 de dezembro de 2018

8 comentários

Olá amores! Todos bem? Espero que sim! Hoje vou falar de uma das series que assisti recentemente, e que me surpreendeu positivamente, muito mais por ser sobre terror e suspense que é um gênero que não costumo ver, e menos ainda gostar. Então vamos lá!


“Nenhum organismo vivo é capaz de existir com sanidade sob condições de absoluta realidade. Até cotovias e gafanhotos supostamente sonham. A residência Hill, desprovida de sanidade, erguia-se sozinha contra os montes, abrando em si a escuridão. Foi assim durante cem anos, antes de a família se mudar, e talvez sejam por mais cem. Em seu interior, as paredes continuavam de pé, os tijolos se uniam, o assoalho era firme. O silêncio repousava soberano sobre madeira e pedra na residência Hill. E tudo o que entrava ali... entrava sozinho.”

A maldição da residência Hill vai contar a história da família Crain, formada por um pai, uma mãe e cinco filhos. Se focando com mais ênfase nos filhos, suas vidas e as consequências de terem morado em uma casa “mal-assombrada” e acompanhado os mistérios que cercam essa casa.

Os primeiros capítulos são focados em cada um dos irmãos, Steven, Shirley, Theodora, Luke e Eleanora. A história se passa paralelamente no passado e no futuro, e mostra cada um dos filhos lidando com os traumas deixados pelos acontecimentos passados na casa mal-assombrada e como cada um deles lidou com seus traumas negando, aceitando, ignorando, barganhando ou se afogando em remédios e drogas.

Um acontecimento impactou essa família e acabou separando alguns deles e causando rupturas nessa família que parecem irreparáveis.


“Em casa... estou em casa pensei, e me surpreendi com o pensamento, estou em casa... agora devo entrar...” 


A série aborda problemas mentais, dramas familiares, reconciliação, abandono, medo e outros problemas reais, que fogem do nosso controle e nos fazem acreditar nesses personagens e vê-los como reais.

O mais interessante é ver como um acontecimento, tão ou mais impactantes que o primeiro, obriga os personagens a se reencontrarem mesmo contra suas vontades, a enfrentarem seus medos e finalmente encontrar as respostas que eles tanto precisavam.

Muito mais do que uma série de terror, a maldição da residência hill vai falar de como as relações familiares podem ser complexas, como traumas podem te quebrar pouco a pouco e lhe deixar sem nada, a beira da loucura ou insanidade, e de como problemas mentais devem ser tratados com muita atenção e apoio daqueles que amamos.

O que mais me tocou, e impactou, foi ver Nell, Eleanora, definhando aos poucos por que ninguém escutava o que ela dizia e como Luke se afundou nas drogas, e se envenenou, por ser incapaz de lidar com a morte de alguém que amava e com seus medos de criança.

“Fantasmas são culpa, são segredos, são arrependimentos, fracassos. Mas muitas vezes... um fantasma é um desejo. Como um casamento é um desejo. Ele pode ser como uma casa, e pode ser assombrado.”

A série é de um terror mais refinado, na verdade o medo está mais na sua cabeça do que em monstros ou fantasmas assustadores, e os fantasmas são na verdade lembretes de coisas que deram errado, de pessoas que se perderam no caminho, enlouqueceram ou desistiram de viver por problemas de uma forma ou de outra.

No fim, a mensagem que fica é que nunca é tarde demais para recomeçar, o perdão é eterno e a família é a única coisa que realmente importa, aconteça o que acontecer. Os Crain enfrentam seus medos e ao fazerem isso se tornam pessoas melhores e passam a compreender uns aos outros. Então, se você procura uma serie de suspense, com dramas e alguns mistérios, certamente que A Maldição da Residência Hill é perfeita para você.

“Medo. O medo é o abandono da lógica. O abandono voluntário dos padrões racionais. Mas, ao que parece, o amor também. O amor é o abandono da lógica. O abandono voluntário dos padrões racionais, nos cedemos a ele ou o combatemos mas não há meio-termo.”

8 comentários :

  1. Achei muito legal a premissa dessa série. Não gosto muito de terror, porque me assusto fácil, mas se o foco não é o terror em si, acho que vou dar uma chance! Parece mesmo ser uma trama instigante! Obrigada pela indicação =)

    ResponderExcluir
  2. Vi essa série assim que lançou e adorei. Adoramos, na verdade, vimos minha filha e eu. Ficou um pouco diferente do livro, mas ainda assim, eu amei.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Ainda não assisti a essa série, embora adore enredos do tipo. Saber que ela não foca apenas no terror pelo terror só fez ela ganhar pontos comigo. Afinal quem não gosta de um enredo bem construído, não é mesmo!

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Quase não estou conseguindo acompanhar os filmes e seriados do Netflix.
    Já tinha visto sobre essa série mas confesso que não me chama muito atenção, sou mais das comédias.
    Mas não descarto a possibilidade de assistir em algum momento mais tranquilo.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  5. Eu sou uma pessoa extremamente medrosa, muito mesmo, do tipo que tem medo de dormir no escuro, então essa é uma série que eu passo bem longe haha ainda assim, acho que pra quem curte o genero é uma dica bastante valida.

    ResponderExcluir
  6. Oiiii,

    Parece ser uma série interessante e bem instigante, apesar de realmente não ser meu gênero preferido, e nem um com o qual eu tenha o costume, alguns pontos me deixaram curiosa e interessada. Então se para mim que não curto muito pareceu uma dica interessante, tenho certeza de que para quem realmente gosta do tema será uma dica valiosa é bem apreciada.

    Beijinhos...
    http://www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  7. Oiee ^^
    Tenho uma amiga que me indicou essa série algumas vezes, mas por eu estar revendo Grey's Anatomy desde o começo (até o final das férias termino tudo...haha') e não ser muito o meu tipo de série, ainda não a vi. Mas tenho curiosidade, principalmente por causa desse tal acontecimento que pode ter separado a família.
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?
    Eu assisti a série assim que foi lançada e gostei muito. Fiquei mesmo viciada em cada episódio. Pelo que andei vendo vai ter uma segunda temporada e eu já estou ansiosa. Quero logo!

    Beijos,

    Rafa - Fascinada por Histórias

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^



TOPO