Autores Livros Entrevistas Filmes Games HQ's Mangás Wattpad Sagas Seriados

5 de setembro de 2016

Resenha: Fique Com Alguém Que Não Tenha Dúvidas.

Título: Fique com alguém que não tenha dúvidas.

Autora: Marina Barbieri.

Editora: Única.

Gênero: Autoajuda / Biografia / Não-ficção / Literatura Nacional.

Páginas: 192.             Ano: 2016.

Idioma: Português.

ISBN-13: 978856708866.

ISBN-10: 8567028868.

Skoob: aqui.


*Livro cedido gentilmente pela editora para resenha.



Uma das maiores certezas da vida é que todo mundo vai sofrer por amor.

Desnecessário dizer que todo mundo já teve uma história amorosa que deu errado. E se ainda não teve, um dia vai ter. Mas por que isso acontece com tanta gente e com tanta frequência? Falta de sorte? Dificuldade em dialogar? Falta de leitura do outro? Nada disso. A verdade é uma só: quando desejamos muito uma pessoa, ignoramos todos os sinais, os aprendizados e a experiência que temos e insistimos cegamente, mesmo que as chances estejam contra nós.

Sim, a paixão nos faz crer nas desculpas mais esfarrapadas e a descrer nos avisos mais óbvios, e então nos boicotamos tentando acreditar na ilusão de que dessa vez vai ser diferente. Nunca é.

Marina Barbieri está há anos tentando impedir suas leitoras de se enganarem. Autora do Deu Ruim, um dos blogs sobre relacionamentos de maior sucesso no Brasil, Marina Barbieri fala neste livro sobre tudo aquilo que no fundo você já sabe, mas se recusa a assumir. Você vai conhecer personagens que provavelmente já deve ter encontrado, como o sr. Feito-Para-Casar, o sr. Distância e o sr. Problema, entre tantas outras figurinhas que estão perambulando por aí e vez ou outra atravessam a sua vida.

Prepare-se para alternar entre rir alto e chorar baixinho com crônicas da vida de todos nós quando se trata de amor (ou da falta dele). Marina Barbieri compartilha com seus leitores as roubadas amorosas da própria vida, mostrando que amar pode ser mais simples do que nós fazemos parecer.


Quem me conhece e acompanha o blog já deve ter visto eu falar que tenho um certo problema com livros de biografia e autoajuda. É verdade, mas sabe quando bate aquela curiosidade e você simplesmente tem que dar uma chance para um livro mesmo ele não sendo o seu tipo?

Pois foi exatamente isso que aconteceu na minha relação com esse livro.

É nítido que ele é um livro de autoajuda, mas mesmo assim, sua sinopse e sua capa me chamaram a atenção e tive que solicitá-lo com a editora para a resenha.

O livro foi escrito pela Marina Barbieri, você não sabe quem é ela? 
Então, eu também não sabia.

Mas acabei descobrindo que a Marina é uma das maiores blogueiras da atualidade quando o assunto é relacionamento. Ela é proprietária do blog Deu ruim e posso dizer com muita convicção após ler essa obra que entendo o motivo de ela receber esse título atualmente.

Fique com alguém que não tenha dúvidas é um livro destinado para o público feminino e tem como objetivo abrir os olhos das mulheres para determinados tipos de relacionamento que quando você está dentro dele não percebe realmente o que está acontecendo, ou simplesmente não quer perceber por medo de perder a pessoa amada ou de ficar sozinha.

A Marina, tenta e de fato consegue mostrar que primeiro de tudo, todas as mulheres devem ter amor próprio antes de se permitir amar alguém, pois dessa forma elas não aceitam determinadas situações sem temer as consequências. Nos mostra que um fim de relacionamento não é o fim do nosso mundo ou da nossa vida, e sim o fim de um ciclo que de fato é necessário para que uma nova fase de sua vida aconteça.

A escrita da Marina é tão simples e suave que conforme você vai lendo, não percebe as páginas passando e em todo momento, ela se direciona ao leitor, o que nos dar a sensação de que seja uma conversa entre amigas. Uma conversa na qual a pessoa expõe a sua experiência, para posteriormente mostrar o que você deveria fazer e por fim, finalmente como deveria ser.

Esse não é o primeiro livro que pego em mãos para ler da editora Única, mas tenho que contar para vocês que me surpreendi demais com o trabalho da editora. A capa está incrivelmente linda e a edição impecável. Entre os textos, o livro possui diagramações e frases em destaque para que realmente chame a atenção e faça as leitoras entenderem como as coisas devem ser.

Para quem não sabe, o Prefácio desse livro foi escrito pela Isabela Freitas, autora dos livros Não se Apega, Não e Não se Iluda, não. Esse fato foi outra coisa que me chamou a atenção para a história, pois tive a oportunidade de ler o primeiro livro da Isabela e gostei da história. Acho que posso citar que achei uma certa similaridade entre as duas obras em questão, por isso gostei da leitura dessa obra.

Recomendo esse livro para quem quer ler um livro leve, que te joga grandes verdades em sua cara, que tenho que confessar, às vezes me fazia parar e pensar: "Genteeee... como eu pude ser tão burra!" - haha. É um livro leve, de fácil leitura e compreensão que pode te ajudar e muito no desenrolar da sua vida amorosa e vai fazer você rir um bocado.

QUOTES.

Ou o amor acontece, ou não acontece. Não se força o amor. Simples assim.

Na verdade, o amor da nossa vida não existe. O amor de nossa vida é sempre o amor do nosso momento. É a paixão que nos queima no momento em que proferimos tais palavras. Então sempre haverá uma nova oportunidade para um novo amor da nossa vida.

Química é difícil. Alcançar as notas da Mariah Carey alcança é difícil. Vestir uma calça 36 depois da puberdade é difícil. Ser mãe solteira é difícil. Sobreviver com um salário mínimo no Brasil pe difícil. Existe uma lista interminável de coisas difíceis, mas, sem dúvida nenhuma, terminar um relacionamento não está entre elas.

Este é um presente meu para você.
É a sua nova bússola, e ela só possui
uma direção: em frente.
A partir de hoje você se guiará por ela.
A partir de hoje você só aceitará que alguém
caminhe ao seu lado se andar
na mesma direção que você.
Estamos combinadas?

Traição é como fazer cocô na piscina: por mais que você tente esconder, uma hora sobe para a superfície e todo mundo descobre.

Amor não é controle.
Preocupação não é posse.
Ciúme não é cuidado.
Agressão não é intensidade.
Pare de romantizar o abuso!

Pois é, a vida se encarrega de acertar tudo. A gente só precisa abrir espaço para ela trabalhar.

Minha nota para o livro:




[Post Maratona Setembro Nacional 2016]

28 comentários :

  1. Oi
    Que legal, adoro tb me surpreender com livros, ainda mais quando é de um gênero que não faz parte do que se gosta.
    Gostei da sua resenha. Interessante o tema do livro. E uma grande verdade... Sofrer por amor é algo que vamos fazer um dia :(
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Olá, fiz a divulgação desse livro e apesar de não ser fã desse gênero, percebo, pela sua resenha, que ele vai além da simples auto-ajuda, pois a autora conseguiu fazer isso de maneira bem descontraída, o que acaba se tornando uma leitura muito agradável. Bjs

    ResponderExcluir
  3. Oii!

    Adorei a sua resenha, não sou fã do genero, mas ele despertou a minha atenção!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Olá
    A capa não me chamou tanto a atenção já o resto me deixou bem curiosa, gosto desses livros por que eles costumam dar ideias muito boas, alem de nos ajudar a abrir os olhos para cetas coisas.

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Desconhecia a autora e também fujo um pouco de livros de autoajuda.
    Mas o título me chama muito a atenção e acho que vou fazer como você e dar uma chance a essa leitura.
    Achei a temática até que interessante e espero gostar e não ficar chateada com as verdades jogadas na minha cara kkkkk

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oiii Mayara, como vai?
    Garota eu confesso que esse livro não despertou muito meu interesse, achei meio clichê a ideia da obra, mas achei incrível a sua resenha e leria por mera curiosidade.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Eu não curto muito livros desse gênero, mas gostei bastante dos quotes e fiquei curiosa sobre a obra.
    Dica anotada! Ótima resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Eu achei bem interessante a premissa do livro não não sou bem o público que ele abrange. Acho que eu me divertiria muito com a leitura mas não é um livro que eu compraria para ler.

    ResponderExcluir
  9. Olá! Que bom reencontrar o seu blog! Eu não conhecia a Marina nem o livro mas vou assistir aos vídeos para conhecê-los! ;)
    Bjs,
    http://www.papelpalavracoracao.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá;
    Não curto livro de autoajuda, mas esse eu leria por falar de um assunto gostosinho de ler, eu achei a premissa legal e quem nunca sofreu por amor né hahahaha
    Amei sua resenha, parabéns pela sinceridade. Espero ler o livro em breve e que ele me agrade tanto quanto te agradou.
    Adorei os quotes que vc escolheu.

    ResponderExcluir
  11. Oiii
    Criei um pré conceito sobre esse livro que só lendo para saber se mudará.
    Achei a sinopse um tanto pretensiosa e invasiva. Não concordo com um livro de auto ajuda apontando como esse aponta de cara na sinopse dizendo que a autora está "tentando impedir suas leitoras de se enganarem".
    Pode ser só um problema com palavras, que seria facilmente mudado e mais aceito, pelo menos por mim, se estivesse escrito que autora "tenta fazer com que seus leitores entendam e não se enganem", pq é basicamente esse o processo. rs
    Cricrizisse minha a parte, gostei da sua resenha. rs
    Bj

    www.eupraticolivroterapia.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oie, parece um livro super bacana e cheio de ensinamentos. gostei de saber que a autora compartilha suas experiências e que a escrita é leve. Desde que vi a divulgação desse livro senti vontade de ler e sua resenha só veio confirmar meu interesse. Espero obtê-lo logo.

    ResponderExcluir
  13. Oi!
    Eu não me dou bem com livros assim, principalmente esses que falam de relacionamento. Mas de vez em quando, alguns deles me chamam a atenção haha'. Não foi o caso desse, até porque é voltado para o público feminino.
    Ótima resenha, espero que mais pessoas conheçam o livro!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  14. Oiii!!!


    Esse não é meu tipo de leitura favorita bem que eu pesquisaria para comprar. Primeira pelo estilo e depois pela temática. Mas fiquei feliz em ver que mesmo não gostando se surpreendeu lendo. É ótimo!

    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Sempre bom sair da nossa zona de conforto e ler algo diferente. Também não sou fã de auto-ajuda, mas vez ou outra? Pq não?!
    A capa e a sinopse realmente chamam atenção e acredito sim que tenha boas (e engraçadas) dicas de relacionamento rs.
    www.viciadosemleitura.blog.br

    ResponderExcluir
  16. Que fofaa! Vc já está de parabéns por ler um livro de um gênero que vc, normalmente, não costumava gostar, o que mostra que é mente aberta e não se pega em preconceitos literários. Rs Já li o livro da Isabela, e adorei, então, se esse tem uma linguagem parecida, com certeza, quem leu o da Isabela vai amar! Beijos! http://suzidiz.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Olá Mayara.
    Ótima resenha.
    Mas eu não sei se leria mesmo, pois não curto muito auto ajuda. Nunca li nada da Isabela tbm e nao tenho vontade nenhuma. hehe Mas pude ver que ela tem muuitos fas e desejo todo sucesso a elas.

    Beijos
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oie, que legal, eu já ia comentar que o livro me lembrou muito os da Isabela Freitas, que são livros que eu adoro, agora fiquei com muita vontade de fazer a leitura e conferir também, irei solicitar também para a editora com certeza :)

    ResponderExcluir
  19. Olá, não conhecia a obra e achei bem bacana...vou anotar a dia!

    Abraços

    ResponderExcluir
  20. Olá,

    Não conhecia a obra, mas confesso que não me interessou muito, não curto livros auto ajuda e por isso eu vou passar a dica dessa vez. Mas fico feliz que você tenha apreciado a leitura.

    Abraços
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  21. Olá!

    Adoro biografias, mas autoajuda não me seduz. Bacana a intenção da autora, mas não foi uma obra que me encheu os olhos.

    ResponderExcluir
  22. Oi. Infelizmente não seria uma boa leitura pra mim. Não faz meu estilo de leitura, não sou fã desse gênero, então dessa vez passarei a dica.

    ResponderExcluir
  23. Oie Mayara!
    Eu não fazia ideia que o livro abordava os relacionamentos dessa maneira!. Achei que era outro tipo de auto ajuda, mas a sua resenha me abriu os olhos e agora eu tenho mais interesse pelo livro do que eu tinha antes. Preciso indicar esse livro para algumas amigas que estão precisando desse help e das verdades jogadas na cara!
    beijos!

    ResponderExcluir
  24. Olá, tudo bem?
    O pessoal tem falado bem desse livro, mas ainda não sei se vou lê-lo pelo fato de ser auto-ajuda. Adorei os quotes e isso me fez ficar um pouco curiosa.
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  25. Hello! Tudo bem?
    Só de ler o título "Fique com alguém que não tenha dúvidas" já me interessei.
    Não conhecia o livro e gostei de conhecer mais atraves da resenha.
    Gostei que o livro vai falar de algo que a gente tem contato e essas "verdades" na nossa cara hahaha.
    A capa está linda demais mesmo, gostei.
    Tb nao leio mtos auto ajuda, mas esse me chamou atenção.
    Beijos

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  26. Bom, eu não leria o livro porque não sou de ler auto ajuda e com certeza se meu casamento fracassar algum dia, outro relacionamento a longo prazo não irei querer, da muito trabalho e dor de cabeça,hahaha. Brincadeiras a parte, fico feliz que tenha curtido a leitura e com certeza o livro servirá para dizer muitas verdades na cara da galera que precisa por aí.
    bjs

    ResponderExcluir
  27. Oie
    Tudo numa boa?
    Então eu não leio livros de auto-ajuda acho que é meu único preconceito literário não consigo ler e nem me identificar a melhor auto-ajuda do mundo é a vida esses livros se vendem como a resposta para os seus problemas e não é bem isso.
    BJU
    Mary Reis

    ResponderExcluir
  28. Oi Mayara, sua linda, tudo bem?
    Confesso que esse ó tipo de livro que eu leria, mas que não compraria. Concordo muito com a mensagem da autora, sabe, não podemos ficar com uma pessoa, aceitar um relacionamento que não está nos fazendo bem, porque temos medo de ficar sozinha. Adorei o ultimo quote que você colocou, ele deveria fazer até fazer parte de campanhas. Acho que a autora poderá ajudar muitas mulheres com seu livro. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^