Autores Livros Entrevistas Filmes Games HQ's Mangás Wattpad Sagas Seriados

18 de agosto de 2015

Resenha: Amante Desperto - IAN #03.

Título Nacional: Amante Desperto.
Série: Irmandade da Adaga Negra.
Livro: 03.
Ano de Lançamento nacional: 2010.
Número de Páginas: 464.
Editora: Universo dos Livros (UDL).
Título Original: Lover Awakened.
Ano de Lançamento: 2006.
Autora: J.R. Ward.
Gênero: Romance, Erótico, Fantasia urbana, Literatura estrangeira. 

Sinopse:
Nas sombras da noite em Caldwell, Nova York, desenrola-se uma sórdida e cruel guerra entre vampiros e seus carrascos. Há uma irmandade secreta, sem igual, formada por seis vampiros defensores de sua raça. Dentre eles, Zsadist é o membro mais assustador da Irmandade da Adaga Negra.
Tendo sido por muito tempo um escravo de sangue, Zsadist ainda carrega as cicatrizes de um passado repleto de sofrimento e humilhação. Conhecido por uma fúria que não acaba e por atos sinistros, ele é um selvagem, temido igualmente por humanos e vampiros. A raiva é sua única companheira e o terror, sua única paixão... Até que resgata uma bela vampira das garras da maligna Sociedade Redutora. Bella sente-se imediatamente enfeitiçada pela ardente força que emana de Zsadist. Entretanto, mesmo quando o desejo de ambos começa a consumi-los, a sede de vingança de Zsadist contra os torturadores de Bella o leva à beira da loucura. Agora, Bella deve ajudar seu amante a superar as feridas de seu atormentado passado e vislumbrar um futuro ao lado dela...


Olá, tudo bem com vocês?

Estou espaçando um pouco as resenhas desta série a qual já ficou nítido para vocês que adoro, mas, achei melhor deixar uma lacuna de tempo entre uma resenha e outra devido ao fato de a série contar com um total de 13 livros e ainda estar em andamento (Sendo que o décimo terceiro no traduzido está em pré-venda na Amazon a partir de hoje. Clique aqui e seja redirecionado para a compra do livro físico e aqui para a compra do e-book.), na tentativa de que, aqueles que não conhecem a série, não se cansem do assunto. Por isso, vou continuar nesse ritmo, até que as resenhas acompanhem os futuros lançamento, combinado?! Vamos lá!

Enquanto caminhavam para o centro de treinamento, Phury olhou para John e pensou que, às vezes, basta um espaço tão exíguo como um fio de cabelo entre dois carros para evitar um acidente mortal. Às vezes, sua vida inteira pode depender de uma fração de milímetro. Ou de um nanosegundo. Ou de uma batida na porta.

Hoje, trago a resenha de Amante Desperto para vocês. Esse que é o terceiro volume da série e acreditem, é um dos melhores livros da Irmandade da Adaga Negra e da própria autora! É aquele livro que lhe prende da primeira linha até a última letra, que ao final da leitura, você para e suspira e fico olhando para o nada depois de ter permitido que algumas (várias) lágrimas se derramassem durante o virar das páginas. Envolvente, provocante, emocionante, cativante, viciante, eletrizante, triste, bonito, perigoso, extremamente intenso e quente; são apenas alguns dos termos que podem ser atribuídos a esta obra primorosa de J.R Ward!

                Bella caminhou para ele nua, nada sobre a pele exceto a luz da única vela. "Beije-me", sussurrou na penumbra. "Apenas me beije." -- "Meu Deus... O que há de errado com você? Quero dizer, por quê? De todos os machos que poderia ter, por que eu?" -- "É você que desejo", pôs a mão no peito dele. "É uma resposta natural e normal ao sexo oposto, não?" -- "Não sou normal." -- "Eu sei. Mas não é sujo, nem poluído, nem indigno."

Vamos relembrar um pouquinho da premissa da série: Temos uma sociedade inimiga que é denominada Sociedade Redutora, eles são os inimigos dos vampiros, são ex-humanos que foram transformados pela divindade maléfica que almeja o fim de uma raça para servi-lo em seus propósitos, aqueles que querem destruí-los a mando de um ser denominado Ômega, esse que por sua vez, é irmão da Virgem Escribã, essa que é a criadora/mãe da raça dos vampiros.

O cara estava enlouquecendo a Irmandade, organizando turnos, tentando converter quatro tipos altamente independentes como eram V., Phury, Rhage e Z. em soldados disciplinados. Não era de admirar que sempre parecesse estar com enxaqueca.

Na surdina da noite desenrola-se em Caldwell - Nova York essa sórdida e cruel guerra, sem o conhecimento dos humanos e onde apenas a Irmandade da Adaga Negra formada por 6 membros sendo eles: Darius (morto no primeiro volume), Wrtah, Rhage, Zsadist, Vishous e Phury podem fazer algo para proteger a raça e os humanos das consequências dessa guerra - de certo modo. A morte de Darius em Amante Sombrio mudou o rumo das coisas e a vivência dos membros da Irmandade, levando-os a unirem-se ainda mais. Ao passar de cada livro Ward nos surpreende com sua escrita e criatividade indiscutíveis! Então, em meio à guerra, temos alguns romances que em verdade são o grande destaque e foco das histórias, romances que podem ou não ter um final feliz e acreditem: A Diva Ward sabe ser má, muito má!

                 Não houve resposta. Então Z. voltou a olhar o gêmeo... bem na hora em que uma lágrima rolou pela face de Phury. "Ah... Caramba", resmungou Z. -- "Eu que o diga", outra lágrima escorreu pelo rosto de Phury. -- "Deus... que droga. Estou vazando." -- "Ok, controle-se." Phury esfregou a cara. -- "Por quê?" -- "Porque... acho que vou tentar abraçá-lo." As mãos de Phury caíram e ele o olhou com uma expressão absurda. Sentindo-se um perfeito pateta, Z. aproximou-se de seu gêmeo. -- "Levante a cabeça, droga", Phury esticou o pescoço. Z. deslizou o braço por baixo da nuca do irmão. Os dois congelaram naquela pose pouco natural. -- "Sabe, isso foi mais fácil quando você estava morrendo de frio na traseira daquela caminhonete." -- "Era você?" -- "Quem pensou que fosse? Papai Noel?"
  
Zsadist e Bella, são nossos personagens principais e para quem leu Amante Eterno, sabe que no final do livro, caminho para este, o Z (Zsadist) está em uma perseguição sangrenta e de forma cruel aos redutores e ele tem um motivo para isso, mesmo que ele e os demais não entendam sua reação e insistência, Z tem e acreditem, é louvável!

"Quando me encontrou, estava morto, embora respirasse. Estava cego, embora pudesse ver. E então você chegou... e eu fui despertado." 

Visto como um sádico por suas atitudes, temido e dono de uma aparência e aura despertam receio e medo até mesmo dentre aqueles que ele conhece. Um sádico, masoquista, perigoso, alguém "sem alma" - morto por dentro; esse é Zsadist, irmão gêmeo de Phury, porém, Z tem seu corpo cheio de piercings, tatuagens e cicatrizes, mas as cicatrizes mais profundas eles esconde em sua alma e coração. Um ex-escravo de sangue, um macho poderoso e perigoso. Um bad boy bem diferente do que se costuma ver por aí, Zsadist chama a atenção desde sua primeira aparição em Amante Sombrio e vai destacando-se até este que é o seu livro. Expectativas? Nossa, muitas! E o receio de se decepcionar com a história (pois alguns personagens em livros em geral que destacam-se, quando chega a vez deles, as vezes, os escritores perdem a mão) passa muito longe desta obra. J.R. Ward superou-se de forma extremamente positiva.

Meu Deus, pensou Phury. Adormecido assim, toda sua cólera dissolvida, Zsadist era quase frágil. Maldição, retirou o quase.

A história de vida de Zsadist e seus motivos para ser como é, a explicação de o porquê de suas atitudes, são extremamente dolorosas e encaixam-se perfeitamente na história, é um dos melhores personagens que já vi em livros do gênero.

Bem, o cara as vezes o fazia pensar com carinho no bicho-papão, mas, evidentemente, não era tão mau.

Na contramão de tudo que Z é, temos Bella. Uma fêmea vampira da aristocracia, aquela que levou Mary para a o mundo dos Irmãos e que, desde seu primeiro contato com Z, apaixona-se perdidamente. Ela quer aquele macho para ela independente da recusa dele. Ela vê Z além das aparência, mas, as coisas ficam muito turbulentas e perigosas para ela, Bella está nas mãos dos inimigos e sua vida pode vir a ter um fim em breve.

                Sua mão tremia quando a estendeu para ela. "Não está muito bom." Bella segurou o papel. As letras maiúsculas tortas e infantis formavam três palavras: "EU AMO VOCÊ."

É nessa "pegada" que o livro desenrola-se. Um amor visto por ele como impossível e impróprio. Por ela, visto como verdadeiro e desejado. Uma guerra que os leva ao extremo. Inimigos que usam dos golpes mais baixos possíveis para afetar o outro, no caso, um lunático, que além de seguir as ordens do Ômega e querer destruir a Irmandade e toda a espécie dos vampiros, vê em Bella a imagem de um amor de sua época humana e literalmente surta, levando consigo aquela que abalou as estruturas de dois irmãos e na busca para salva-la a corrida é contra o tempo.



Ao longo do último século, pouco mais ou menos, a Irmandade da Adaga Negra se tornara reservada quanto às suas verdadeiras identidades dentro da própria espécie. Havia rumores, certamente, e os civis sabiam alguns de seus nomes, mas tudo era mantido em sigilo.

O sentimento flui em ambos os irmãos, um desejo pela mesma fêmea, isso pode acabar bem? Claro que sim, ainda mais quando um deles é capaz de tudo para negar o que sente. Mas seria capaz Bella de ser feliz com aquele que não ama? Formaria um casal com ele? Como se encerra esse livro? Ela sobrevive? São perguntas que você só terá lendo. E sim, mais do que recomendo a leitura dessa série para todos que gostam de romances quentes mas que contém muita história, para quem curte histórias sobrenaturais, enfim, para quem curte vampiros e não se apega ao vampirismo clássico pois, a Irmandade da Adaga Negra nos leva a outro ponto, o vampiro romantizado e que, conquistou e conquista muitos fãs até hoje.


"Ok, fique torradinho e crocante, se é o que quer. Só não venha aqui de novo. A família dela já sofreu o bastante."

Vale lembrar que, o livro é adulto, tem cenas eróticas bem descritas e as histórias paralelas continuam acontecendo e que, igualmente aos volumes anteriores, a autora mescla as isso tudo muito bem e sua escrita continua muito cativante. 

"Prometa-me que não deixará a Irmandade depois que eu tiver partido", Z. apontou para Wrath. "E jure sobre o anel do Rei."

Não vou prolongar a resenha, não gosto de contar como é a história, procuro apenas deixar um ideia do que se trata para que possam se interessar ou não por ela. Acredito que cada leitor tem de ter suas surpresas e que deixar na imaginação é melhor do que lhes fazer um resumo, por isso, paro por aqui. Para quem lê a série e ou optar por lê-la, espero que possam curti-la.



E aí, já leu? Conhece: Sim? Não? Gosta? Não gosta? Tem curiosidade sobre estes livros? Gosta de Vampiros? Enfim, conte-me tudo!
Bem, é isso!  Até a hora de revelar o próximo amante! 
Clique nos títulos abaixo para ler as resenhas da série IAN.
8. Amante Meu.
9. Amante Libertada. 
10. Amante Renascido.
11. Amante Finalmente
12. O Rei.
13. Os Sombras.
14. A Besta.

Guia da Série.

6 comentários :

  1. Oi, Ana! Eu gosto muito de vampiros, mas acho que a maior parte da literatura atual acaba recaindo no clichê. Esse livro me pareceu ser assim, nota-se pelo trabalho editorial (incluindo a capa), que é sempre feito de forma a acompanhar o trabalho desenvolvido pelo autor na história... Por esses motivos, deixarei a dica passar.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. Olá! Gosto de livro erótico, mas como disse a Monalisa, deixo a dica passar pelas mesmas razões, ela sintetizou bem.

    ResponderExcluir
  3. Quem passar depois de ler o primeiro livro, me interesse mais, de fato algumas historias de vampiros, já estão ficando de fato saturados!!
    Quem sabe mais pra frente!

    Beijinhos!!

    http://devoreumlivroeoufilme.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Ana lindona cada resenha que acompanho da série minha vontade é pegar os 13 livros e passar o fds lendo tudo,. pelo visto esse livro é maravilhoso ainda mais com Z, pura fúria e como assim dois irmãos interessados na mesma mulher já estou mega curiosa. Terei que ler com urgência essa saga. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Ana!!
    só li o primeiro livro da série, e gostei bastante. Estou enrolando para continuar kkk mas quero lê-los com certeza
    Tenho até o sexto eu acho, quero vê consigo ler pelo menos um no próximo mês ;)
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Oláá
    Já ouvi falar bastante na série e na autora mas não é algo que chame minha atenção por não ser muito meu gênero, mas é uma ótima dica para quem curte.

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^