Autores Livros Entrevistas Filmes Games HQ's Mangás Wattpad Sagas Seriados

6 de julho de 2015

Resenha: Rush Sem Limites.

Título: Rush Sem Limites. 
Autora: Abbi Glines.
Série: Rosemary Beach #6 Sem Limites #4.
Editora: Arqueiro. 
Páginas: 192.
Ano: 2015.
Idioma: Português.
ISBN-13: 9788580414110.
ISBN-10: 8580414113.
 

Rush sem limites conta a história de Paixão sem limites sob ponto de vista de Rush.

Rush merece sua reputação de bad boy. Com seus carros de luxo e sua mansão de três andares à beira-mar, o filho de um famoso astro do rock tem uma fila de garotas a seus pés. No entanto ele precisa apenas de duas pessoas para ser feliz: seu irmão postiço e melhor amigo Grant e sua meia-irmã Nan.

Até que Blaire Wynn chega à cidade em sua velha caminhonete. A beleza angelical da garota do Alabama logo chama a atenção de Rush. Mas, por causa de um segredo de família, ele decide manter distância de Blaire. Mesmo que ela precise de sua ajuda. E mesmo que ela lhe desperte sentimentos desconhecidos.

Órfã de mãe e abandonada pelo pai, Blaire está sozinha no mundo – porém Rush entende que se aproximar dela pode destruir a vida da irmã, a quem protegeu desde que eram crianças. A relação secreta entre as duas e o ódio que Nan nutre por Blaire são mais do que bons motivos para Rush manter-se afastado. Só que ele não consegue. O desejo fala mais alto.

Depois do sucesso da trilogia Sem Limites, Abbi Glines leva os leitores de volta ao início dessa história de amor. Em Rush sem limites, você entrará na mente do bad boy que já conquistou milhões de fãs mundo afora. 


Oii gente, olha eu aqui de novo para mais uma resenha dessa série que ai ai ai... me arranca vários suspiros. Isso mesmo, vou falar novamente do meu homem. E sim, ele é propriedade minha e não cheguem perto. hahaha.

Confesso que sou meio apaixonada pelo Rush e acho que nas resenhas de Paixão Sem Limites, Tentação Sem Limites e Amor Sem Limites quem leu percebeu. Por isso, esse livro teve um gostinho mega especial para mim, porque eu lendo Paixão Sem Limites não conseguia acreditar que o Rush poderia ser tão insensível como ele era e, pude ver que de fato, não estava enganada.

Não posso falar muito desse livro, pois eu poderia soltar spoilers sobre o primeiro livro da série e isso não é justo para quem não leu ainda, certo? Certo! Mas isso acontece por quê? Porque é tudo igual, sim o livro não muda praticamente em nada da história do primeiro e nem acrescenta muitas coisas, como por exemplo aconteceu com Belo Desastre, Desastre IminenteEasy e Breakable. Sendo assim, ele nada mais é, de verdade, do que o Paixão sem Limites pelo ponto de vista do Rush.

Existem cenas fora? Sim, claro. Uma vez que no livro Rush não ficava o tempo inteiro grudado em Blaire. E, essas cenas na verdade, serviram para nos fazer criar ainda mais raiva da irmã mimada dele e para admirar a amizade que existe entre Rush e Grant. O mais divertido de tudo, podemos ver o Rush com ciúmes!

- Não olhe - disparei recuando da janela
Grant soltou uma risada.
- Que diabos isso quer dizer, "Não olhe"?
Queria dizer para não olhar, cacete.


O livro é curto, tanto que o li em um dia só. O prólogo eu achei a coisa mais linda. Por que? Porque ele nos faz ter a impressão de que o livro todo é uma memória, um ponto positivo para a inteligência da Abbi Glines que não nos deu a história recontada apenas.



"Esta não é uma história de amor comum. Na verdade, é tão complicada que nem chega a ser linda. Mas quando você é o filho bastardo do lendário baterista de uma das bandas de rock mais amadas do mundo, é de esperar que seus relacionamentos não sejam perfeitos. Você é até conhecido por isso. Acrescente à mistura a mãe egoísta, mimada e autocentrada que me criou, e o resultado não é nada bom."


Mas tenho de admitir um detalhe, de que entrar na mente de Rush, não que seja a primeira vez, mas um livro só dele, foi uma experiência incrível! Podemos ver como ele se apaixonou pela Blaire, a luta que travou contra si mesmo para evitar essa paixão, o quanto sentiu-se culpado por tudo e a forma que desde o início tentou arrumar tudo, do jeito dele... é claro.


Ela ia ficar bem. Eu garantiria isso. Ela ia ficar perfeitamente bem, caralho. Não deixaria que ninguém lhe fizesse mal. Eu a protegeria. Blaire não tinha um pai para cuidar dela, mas tinha a mim. Não estava sozinha. Não mais.
Ela tinha a mim.

Lendo esse livro, me deu uma saudade tão grande de ler Paixão Sem Limites que, acho que se estivesse perto dos meus livros teria me atracado a ele novamente.

A linguagem continua fluída, os capítulos não são longos e o vocabulário... Sim, não sou eu se não falar do palavreado, não é mesmo? Se você não curte umas palavrinhas baixas então esse não é o seu livro. Porque pensa, se eu falei nas resenhas anteriores das palavras desnecessárias imagine em um livro só dele? Pois é... mas sério, acho que isso deu ainda mais a liga do livro, nos levando a entrar mais ainda na compreensão da cabeça dele e aprofundarmos em seus sentimentos.

E, acho que é justamente esse o motivo pelo qual todos os fãs dessa série estavam ansiosos para o lançamento, uma vez que o final era óbvio. A química e a magia desse livro é essa, entrar na cabeça do Rush e entender tudo, absolutamente tudo e de fato conseguimos. 

Não posso negar que é um livro emocionante, é um livro especial, um livro que mexeu comigo enquanto o lia e me fez ver e conhecer mais a fundo um personagem pelo qual eu já era completamente apaixonada e que agora conquistou-me ainda mais.

Algo que deixou-me desapontada, é que eu queria muito ver o Rush pai, mas não tivemos nada disso... por enquanto. Mas, li por aí algumas notícias dizendo que a Abbi irá escrever um outro livro sobre esse casal que tanto me conquistou.

Será que esse não é um adeus? Até porque não me sinto preparada para dizer adeus ao senhor Rush Finlay, um playboy, filho de roqueiro que é muito mais do que o esteriótipo que ele mesmo quis criar para si.

E então gente, já leram o livro? Gostaram? Querem ler? Tiveram essa sensação de quero mais também?

Me contem tudo!!!




15 comentários :

  1. Eu confesso que nao me interessei muito pelo livro mesmo sua resenha maravilhosa. Creio que nao seja muito meu estilo.

    ResponderExcluir
  2. May lindona adoro essa série e o Rush vou roubar ele de você kkkkk.
    Uma pena as autoras ao escrever um livro na visão do protagonista não acrescente algo, mostre mais dos sentimentos medos, repetir as cenas fica cansativo, masssss mesmo assim vou ler pois amo a série . beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  3. Oi. Tenho acompanhado muitos comentários e resenhas positivas quanto a série, mas confesso que não consegui sentir vontade de comprar, primeiro por a história não ter me seduzido e segundo séries assim acabam pesando no bolso.

    ResponderExcluir
  4. Olha eu gostei bastante da sua resenha.
    Tenho muito interesse de ler os anteriores, porque ainda não tive a oportunidade de fazer a leitura.
    Mas de tanto ver resenhas acabei me convencendo e acho que vou me dar bem com o gênero, porque adoro um romance, mas a trama como um todo me pareceu bastante interessante.
    Adorei a maneira como você abordou sua resenha, porque agora é do ponto de vista do mocinho né? Eu gosto quando as autoras fazem isso, porque dá pra ter uma ideia do porque de certas atitudes e conhecer mais sobre sua vida e tudo mais. Eu adorei.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/07/resenha-no-mundo-da-luna.html

    ResponderExcluir
  5. Oiee!!!!
    bom sou suspeita para falar sobre qualquer livro da série, gosto muito dela. e assim como você também queria ver o Rush como pai descobrindo sobre a gravidez e tudo mais de qualquer maneira gostei desse livro, gostei de saber como funciona a cabeça do nosso bad boy. bjs

    http://notinhasderodape.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Eu só li até o terceiro dessa série, mas quero muito ler os outros!
    Beijinhos, Vic (https://corujasdebiblioteca.wordpress.com/)

    ResponderExcluir
  7. Não tenho muita vontade de ler esses livros,mas eles são bem comentados e isso dá uma cosquinha pra ler. Só que ai sempre vem o outro livro na frente rs
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  8. Fiquei interessado, só que acho que talvez não seja o tipo de romance que gosto. Também ando um pouco cansada dessa moda de heróis ricos (bilionários), rs

    ResponderExcluir
  9. Oláá
    Poxa, adorei a resenha epsar de não ser um livro que leria por agora pois não curto esse gênero, mesmo assim é uma ótima dica para quem gosta desse tipo de livro e vou recomendar para alguns amigos hahah

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi
    Confesso que não li a resenha porque ainda quero ler o primeiro livro!
    Mas foi bom, pois lembrei que essa leitura está mais que atrasada!
    Valeu a dica
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  11. Oi Mayara.
    Vejo muitas resenhas sobre essa série e a divulgação em torno dela, mas nunca li nenhum dos livros acredita? E não sei, acho que nem tenho tanta curiosidade assim. Mas parece ser uma narrativa bem construida e um personagem bem atraente. hehehe

    Beijos
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

    Beijos
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Ahhhhhhhhhhh eu adoro essa série, mas tenho um caso de amor e ódio com o Rush :P
    Preciso comprar esse livro o quanto antes, tenho que completar a coleção, e claro que, matar a saudade dessa turma :D


    Beijos!
    www.aculpaedosleitores.com

    ResponderExcluir
  13. Oie, tudo bom?
    Sinceramente não gosto nadinha do Rush e estou com certa preguiça de ler esse livro com a versão dele dos fatos. Eu até gosto dessa nova visão, mas não curto o personagem. Porém, a série me atrai por causa da narrativa fluida da autora.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem?
    Estou com o livro já!!! e acho que vou furar fila com ele, justamente por ser curtinho e rápido. Adoro a escrita da Abbi, é muito envolvente.
    Mas, ao contrário de você, eu não gosto do Rush. Na verdade, o elegi o Vacilão do Ano, ano passado, quando li os outros três livros, rs. E a Blaire também não me agrada. Mas eu aaaaamo a escrita da autora, então leio tudo que ela publica, kkkkkk
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi oiii!
    Acredita que ainda não li nada dessa série? Todo mundo fala tão bem que minha curiosidade só aumenta hahahahha
    Estou gostando muito dos autores escreverem livros com a mesma história mas outro ponto de vista, acho que acrescenta muito e é sempre bom ver os dois lados né hahahaha
    Espero ler a série em breve e gostar tanto quanto você!
    Beijos!

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^