Autores Livros Entrevistas Filmes Games HQ's Mangás Wattpad Sagas Seriados

4 de abril de 2016

Resenha: Os segredos de Colin Bridgerton. #04.

Título: Os Segredos de Colin Bridgerton.
Série: Os Bridgertons.
Livro: 04.
Ano: 2014.
Páginas: 336.
Autora: Julia Quinn.
Editora: Arqueiro.
Idioma: Português.
ISBN-13:  9788580413076.
ISBN-10:  8580413079.
Adicione ao Skoob.
Romance / Romance de época / Ficção / Literatura Estrangeira.

Sinopse:
Há muitos anos Penelope Featherington frequenta a casa dos Bridgertons. E há muitos anos alimenta uma paixão secreta por Colin, irmão de sua melhor amiga e um dos solteiros mais encantadores e arredios de Londres.
Quando ele retorna de uma de suas longas viagens ao exterior, Penelope descobre seu maior segredo por acaso e chega à conclusão de que tudo o que pensava sobre seu objeto de desejo talvez não seja verdade.
Ele, por sua vez, também tem uma surpresa: Penelope se transformou, de uma jovem sem graça ignorada por toda a alta sociedade, numa mulher dona de um senso de humor afiado e de uma beleza incomum.
Ao deparar com tamanha mudança, Colin, que sempre a enxergara apenas como uma divertida companhia ocasional, começa a querer passar cada vez mais tempo a seu lado. Quando os dois trocam o primeiro beijo, ele não entende como nunca pôde ver o que sempre esteve bem à sua frente.
No entanto, quando fica sabendo que ela guarda um segredo ainda maior que o seu, precisa decidir se Penelope é sua maior ameaça ou a promessa de um final feliz.

Em "Os segredos de Colin Bridgerton", quarto livro da série Os Bridgertons, que já vendeu mais de 3,5 milhões de exemplares, Julia Quinn constrói uma linda história que prova que de uma longa amizade pode nascer o amor mais profundo.
“Você é o homem imperfeito do meu coração, e isso é até melhor.”

Se sou viciada em romance de época e se esse ano estou lendo um atrás do outro? Uhum, sim!  Então, hoje, é dia de apresentar mais um para vocês e o livro da vez é nada mais nada menos do que o do Sr. Colin Bridgerton!

No dia 6 de abril de 1812 – dois dias antes de seu aniversário de 16 anos –, Penelope Featherington se apaixonou.

Ele é o mais charmoso, o mais voluntarioso, o mais simpático, o de sorriso aberto e alegre. Extremamente sedutor e elegante. Possuidor de uma fama de bom moço ainda que seja considerado libertino, ele é almejado, sempre foi e é dos irmãos homens mais velhos, o único disponível. Só que Colin viaja com tanta, tanta frequência e ninguém sabe o real motivo.

Os “elogios” da mãe tendiam a ter o efeito de ferrões de vespas sobre ela.

Dono de uma boa fortuna, aliás, toda a família o é. Anthony - (meu preferido) o irmão mais velho faz questão de que todos os Bridgertons sejam bem abastados financeiramente. Os irmãos Bridgertons sejam eles homens ou mulheres são amigos, a seu modo, mas são amigos. É uma família unida e se preocupam uns com os outros. Como dizemos: Eles estão ali para o que der e vier!

"Você é um péssimo mentiroso, sabia?"Ele endireitou o corpo e ajeitou o colete de leve enquanto erguia o queixo. "Na verdade, sou um ótimo mentiroso. Mas sou bom mesmo em me mostrar apropriadamente envergonhado e adorável quando pego."

Possuidor de um sorriso que hipnotiza e de um bom humor incomparável, Colin não é contra o casamento, ele apenas almeja que quando chegar o momento, seja com alguém de quem ele vá gostar, uma esposa que seja inteligente, educada, amiga e a quem ele não deseje trair. É isso mesmo que você leu, Colin no fim das contas é um romântico que se esconde por detrás de sua aura de galanteador. Nós vemos sempre a família unida e todos apoiando uns aos outros, principalmente nos momentos mais difíceis e cruciais, eu adoro isso, adoro mesmo! Outro fator importante é que nem sempre o que parece é, que as vezes, mesmo que a sua vida seja a melhor possível, nem sempre isso te faz completo ou inteiramente feliz, afinal, somos humanos.

De vez em quando, sentia a necessidade de estar longe. Não havia outra forma de descrever. Longe da alta sociedade, que o via como um moleque encantador e nada mais. Longe de seu país, que encorajava seus filhos mais novos a entrar para o serviço militar ou para o clero, quando nenhuma das duas opções se encaixava em seu temperamento. Até mesmo longe da família, que o amava de forma incondicional mas que nem desconfiava de que o que ele mais desejava, no fundo, era ter algo como que se ocupar.

Ah, rola um desafio nesse volume e a alta sociedade pega fogo para tentar desvendar a identidade da nossa colunista de fofocas. E, finalmente descobrimos qual é a identidade da querida, querida mesmo, Lady Whistledown. Apesar de ser uma das minhas suspeitas, é ainda assim, uma ótima surpresa.
Algo que acho muito bacana também nessa série, é que quando um Bridgerton é seu amigo ele é o de verdade. Essa família sabe cativar e valorizar as pequenas coisas. Eloise é uma amiga incrível, ainda que sinta - de certo modo - ciúmes.

Colin não conseguiu lembrar de mais ninguém que tivesse precisado dele com tanto fervor. Isso o fez desejá-la com uma intensidade de deixar as pernas bambas. Olhou para ela e, de alguma forma, não viu a mulher que vira tantas vezes antes.

O livro desse nosso mocinho é simplesmente lindo! Ele é engraçado, companheiro e nos faz sentir todas as suas emoções e... ele escreve! Temos alguns altos e baixos no decorrer da história e cada detalhe se encaixa perfeitamente, o momento em que ele passa a olhar para a mocinha de um modo diferente é tão bonito. Ele vai se apaixonando lenta e gradativamente e é delicioso de se acompanhar. Foi um livro diferente, lindo, encantador. Adorei conhecer o Colin protetor, bravo, com humor obscuro - o que não lhe é de costume, mas principalmente, adorei conhecê-lo como ele realmente é e não pelos olhos dos outros, e o mesmo posso afirmar sobre a mocinha que vai crescendo e mostrando a que veio. Indiscutivelmente, um casal que merecia uma história linda. O mais gostoso desse livro foi poder ver ambos os protagonistas crescerem, desenvolverem-se, pois nos volumes anteriores Colin parecia ainda que encantador, parecia superficial e a nossa mocinha simplesmente esquecida.

Talvez aquilo fosse a definição de amor, afinal. Querer uma pessoa, precisar dela e a adorar até mesmo nos momentos de fúria, quando se tinha vontade de amarrá-la à cama só para que ela não saísse e causasse ainda mais problemas.

Mas... temos um segredo que pode destruir tudo e aí ninguém sabe qual será o desfecho quando ele vem à tona. Será que Colin terá seu almejado final feliz? Será que ele conseguirá passar por cima de suas preocupações? Seu receio é por ele ou por ela? É o primeiro livro que, apesar de vocês obviamente conhecerem o desfecho por tratar-se de um romance de época, é o único livro dessa série (até o momento) no qual conseguirei deixar algo no ar para vocês... E no fim das contas, Colin só precisava se descobrir e ela só precisava ser quem era, de fato.


Indico esse livro para quem busca um romance gradativo, bonito, delicado e intenso ao mesmo tempo. Para quem gosta do contraste entre a atual realidade e os costumes da época. Das vestimentas, enfim, para quem curte ou quer aventurar-se pelo gênero.

E como gosto de ler, tenho algumas correspondências para conferir, preciso logo responder ao Sir que serei a dama de companhia da Srta. Bridgerton. Então, enquanto leio, contem-me tudo: Gostam de romance de época? Já leu a série? Qual seu Bridgerton preferido?

Avaliação: 
Até a próxima!




Clique nos títulos abaixo para ler as resenhas da série Os Bridgertons.

6. O Conde enfeitiçado.
7. Um beijo Inesquecível.


Não deixe de participar das nossas ações promocionais e concorra a vários prêmios bacanas! Ah, participe do nosso TOP Comentarista de Abril. Basta clicar nas imagens abaixo e você será redirecionado para a postagem de cada promoção. Participe e boa sorte!


    

6 comentários :

  1. Nossa, Ana. O que direi desta resenha?
    Sou apaixonada por esta serie de Julia Quinn, ou melhor, sou viciada nesta serie! Minha paixão é tremenda por ela e sinto um aperto no peito só de pensar nesta família maravilhosa!!
    Meu próximo livro para ser lido desta serie é exatamente este; Os Segredos de Colin Bridgerton. Adorei saber o quanto você gostou e que mais uma vez foi cativada pelos diálogos divertidos de cada personagem, por todo o enredo, e posso dizer que fiquei bem curiosa em descobrir sobre o segredo de Colin.
    Bom, sou iludida por todos os Bridgertons, mas eu tenho um amor platônico por Anthony, talvez seja por ele ser o mais velho e um irmão e filho dedicado e protetor.
    Amei a resenha!!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Nussssss, arrasou na resenha!!! Ainnn Colin, eu preciso ler ele!!! eu comecei esse série esse ano, mas como ainda não tenho todos os livros, parei :'( mas concordo com vc, dos 3 q li, Anthony é meu preferido ahahhaha mas to ansiosa pelo Colin, vamos ver se ele me conquista mais q o Anthony kkkk

    ResponderExcluir
  3. Todo mundo fala super bem dos livros da Julia Quinn, mas acredita que nunca li nenhuma de suas obras? Não costumo me aventurar pelos romances históricos, mas essa série me deixa bem curioso à cada resenha positiva que leio de seus volumes. Parece ser divertida, delicada e fluída. Abraços :D

    ResponderExcluir
  4. Ahh meu coração! Colin é um dos meus amores literários assim como seus irmãos <3 <3
    Super indico a série da Julia Quinn! é linda e apaixonante!
    bjus

    ResponderExcluir
  5. Nunca li nenhum livro de romance de época e espero começar a ler logo, pois quero saber se vou gostar. Acho que começar por essa série é uma boa ideia, principalmente porque todos que gostam do gênero gostam dessa série.

    ResponderExcluir
  6. Ooi! Nossa, o que falar desde livro? Estou com as mãos trêmulas enquanto escrevo esse comentário hahaha É INCRÍVEL! O melhor de todos para mim <3 sou completamente apaixonada pelo Colin, ele é o homem que eu gostaria de casar se fosse possível. Ele é incrível também, maravilhoso, carinhoso, protetor e muito mais. Me surpreendi com seu lado amigão, apesar de já saber disso nos livros anteriores, esse traz o mais íntimo dele, não é? E a Penelope?! A esquecida, a mulher que se vestia mal por causa da mãe... A ninguém nos livros anteriores. Ela é a melhor personagem de todas! Enquanto lia cada página, meu coração doía pelas coisas que ela já passou e ainda, chorei com certos relatos do amor dela pelo Colin. Chorei mesmo hahaha Porém, a alegria veio logo depois! Esse, com toda certeza, está no topo da minha lista de melhores livros e leituras que já tive na minha vida.
    Beeijos e amei a resenha!

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^