15 de março de 2018

Resenha: O Primeiro dia dos namorados.

em 15 de março de 2018

9 comentários
Título: O Primeiro dia dos namorados.
Série: A Garota do calendário.
Livro: Conto em e-book.
Autora: Audrey Carlan.
Editora: Verus Editora.
Gênero: Romance, Erótico.
Páginas: 30 páginas. 
Ano: 2017.
Idioma: 
Português.
ISBN: B0756JPX92
Categoria: Literatura estrangeira.
Skoob: aqui.
Compre: aqui.


Sinopse: Seis semanas após o casamento de Mia e Wes, chegou o primeiro Dia dos Namorados que eles vão passar como marido e mulher. Qual será a surpresa especial que Wes preparou para sua amada? E o presente divertido que Mia comprou para ele? E o que vai acontecer quando eles estiverem a sós no hotel...? Descubra tudo neste conto especial da série A garota do calendário.


Oi gente, tudo bem? Espero que sim!

Hoje trago para vocês um conto que a Audrey Carlan escreveu! 
E comemorar meu primeiro conto em e-book lido! Hahaha

Vamos ao que interessa!

O conto é curtinho – 30 páginas  e nos mostra o primeiro dia dos namorados do nosso casal favorito ou nem tanto! Risos.

Nessa história vemos que Wes prepara uma viagem surpresa para Mia, mesmo com tanto dinheiro, prefere alugar um jatinho particular para levar sua esposa para conhecer São Francisco. Nessa viagem podemos ver que o amor e a química entre eles continuam firme e forte, e que o casal continua se amando como se não houvesse amanhã! 

Para quem leu os últimos livros da série, sabe que Mia deu uma ideia para Wes, para que a situação pela qual passou não se “torne um fardo” para ele. E quando estão almoçando, Wes comenta com ela o que pretende fazer, que já conversou com as pessoas sobre isso e todos toparam. Não vou falar sobre o ocorrido, pois pode ser considerado spoiler, então leia e descubra por sua conta e risco.  Lógico que esse ato do Wes acaba emocionando sua esposa. 

Além dessa “surpresa”, ele acaba levando Mia para Telegraph Tatto. Lá ela encontra Mask, a mulher que começou a fazer a tatuagem logo no início da série, assim Mia consegue terminar o desenho, e para nossa surpresa Wes faz sua primeira. Apesar do motivo não ser um dos melhores, ela acaba se tornando especial.

Como todo livro da Audrey, é lógico que esse conto teria que ter sexo, acredito que se não tiver, não é livro dela – risos. 

Não vou me demorar muito nessa resenha, por motivos que o conto é curtinho e de não dar spoiler. O que posso dizer é que dá para matar as saudades desse casal que me conquistou desde o primeiro livro. Comparado com o final da série, Wes se encontra bem melhor, apesar de que ainda sofre pelo que aconteceu. Nossa protagonista continua dando todo o suporte que ele precisa.

O que me agradou consideravelmente nesse conto, foi que a Audrey não colocou em cada página ou em cada momento, sexo. O casal se mostra bem apaixonado, mas a cena aconteceu no momento certo e na quantidade certa.

Por ter lido em e-book, não posso falar da brochura, mas a edição está ótima. Não achei erros que atrapalhassem a leitura, e a capa segue o padrão da série condizendo com á história.

Se você é fã da autora e dessa série, vale a pena ler esse conto. Em uma sentada você lê e mata as saudades! 

Beijos e até a próxima! 

Classificação:

9 comentários :

  1. Eu consegui ler a saga do Calendário até o mês de Abril, depois já não desceu mais.
    Não entendo os motivos, mas Mia não me cativou. Eu confesso que tentei retomar a saga e não consegui novamente.
    Espero um dia, poder tentar ler ela inteira, afinal, a autora não teria conseguido tantos fãs a toa né?
    Eu que sou chata mesmo.rs
    E daí, coloco este também na lista.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Achei a história fascinante, embora eu não leia nada que tenha sexo. Gostei porque parece que a história não gira em torno apenas de sexo, mas tem toda uma trama envolvente e alguns mistérios. Parabéns pela sua resenha, ficou espetacular, amei o blog também.


    Carinhosamente,
    Franklin S. Carter ♥
    http://franklinscarter.com.br

    ResponderExcluir
  3. Ainda nao li essa série, mas pelo visto dá para acompanhar né? Que bom que o sexo é colocado na medida certa, quando exagerado acho que fica forçado e a história em si se perde.
    Bjs flooor

    cariocadointerior.com.br

    ResponderExcluir
  4. Li os doze livros da série, mas não tinha visto que esse conto existia. Vou procurar para ler e assim completar a leitura.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  5. Tentei ler essa série mas não rolou, apesar dos livros serem muito curtinhos a série é longa demais e isso me desanima, sem contar que eu to tentando fugir um pouquinho desse estilo de livros, mas acho bacana essa proposta, pra que é fã é uma maneira sensacional de matar a saudade!

    ResponderExcluir
  6. O conto é novidade para mim e fiquei interessada na leitura, pois a série eu não tenho vontade alguma de ler e tenho uma certa antipatia por Mia, então essa seria uma boa pedida para eu ler algo da autora e ver se a escrita dela me cativa. Dica anotada.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Essa série é muito amada por todas as pessoas que leem, quase não vejo opiniões negativas, tenho vontade de ler, apesar de não ser o gênero que eu leria, mas parece ser tão bom.

    Parabens pela resenha!!

    http://sussurrandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Eu não sabia que tinha um conto. Gostei bastante da sua resenha. Fico feliz que você tenha gostado.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi Laneeh!
    Eu não sabia que Audrey Carlan tinha escrito um conto sobre a série. Já são doze livros e ela ainda tem assunto para mais um conto, isso é que é talento kkkkkk.
    Eu li a série até abril não li mais, é mais uma que preciso terminar.
    Bjs!

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^



TOPO