Autores Livros Entrevistas Filmes Games HQ's Mangás Wattpad Sagas Seriados

22 de novembro de 2016

Resenha: O coração da Esfinge - Colleen Houck.

Título: O Coração da Esfinge.Série: Deuses do Egito.Livro: 02. Páginas: 368.Ano: 2016. Idioma: Português. Autora: Colleen Houck.ISBN-13: 9788580416060.ISBN-10: 858041606X.Editora: Arqueiro.Gênero: Fantasia / Romance / Literatura Estrangeira. Adicione ao Skoob.Compre: aqui.
Lily Young conheceu três príncipes Egípcios com a missão de salvar a humanidade das sombras que o deus Seth, de tempos em tempos, tenta lança sobre o mundo, se apaixonou por Amon e viveu aventuras indescritíveis em “O Despertar do Príncipe”.

Em “O Coração da Esfinge” Lily se vê novamente as voltas nesse mundo cheio de misticismo e deuses, ela descobre que quando Amon entregou seu coração a ela cometeu um erro terrível, por isso ele fugiu para o mundo dos mortos e esta longe de seus afazeres rotineiros como filho do Egito.

Para salvá-lo de uma morte certa, uma vez que no mundo dos mortos, ele esta exposto a vários monstros e criaturas poderosas que desejam seu poder, ela aceita a proposta de Anúbis de se tornar uma outra “criatura” e salvar seu amado.

Ela é submetida a um antigo ritual, que a faz se fundir com uma leoa e a tornar-se uma verdadeira Esfinge. Uma criatura poderosa, mas que pode levar Lily a loucura, uma vez que sua dualidade deve ser esquecida e se fundir completamente. Na teoria é tudo bom, porém na prática Lily descobre que não é tão simples. Ela passa a dividir a mente com Tia, que é mais primitiva, mas vai desenvolvendo uma personalidade rica e muito forte.


Lily/Tia se vê com muitos obstáculos a transpor e com sentimentos cada vez mais conflitantes, uma vez que se não bastassem todas as duvidas, os problemas, os deuses e deusas que surgem em seu caminho, um novo sentimento invade seu coração com força. Asten, um dos irmãos de Amon, desperta sentimentos que começam a enlouquecer a jovem esfinge.

A narrativa é eletrizante, os monstros, as lutas , os deuses e criaturas da mitologia Egipcia tornam a história rica. Tia e Lily travam uma briga pelo domínio do corpo e da mente e sua dualidade torna a personagem complexa.


Apesar da leitura agradável, não me senti tão envolvida por esse segundo livro e meu coração ficou repartido, por gostar dos dois casais formados. Estou ansiosa pela conclusão da trilogia, sugiro que você leia essa história tão cheia de surpresas e romances impossíveis.

Avaliação:

Um comentário :

Agradecemos por comentar! ^_^