Autores Livros Entrevistas Filmes Games HQ's Mangás Wattpad Sagas Seriados

29 de novembro de 2016

[Dicas do Autor] Ideias - Não as perca! - Com Aricia Aguiar.





IDEIAS:


Sinônimo de conceito ou, num sentido mais lato, como expressão que traz implícita uma presença de intencionalidade. - Wikipédia.










Vamos bater um papo bacana...


Sou Aricia e como alguns sabem, sou autora, quem não sabe, muito prazer, eu! 


Fui convidada a ser colaboradora do Blog Livros & Tal, não só pela amizade com as administradoras, mas acredito que pela grande quantidade de livros que leio e pelos que escrevi também, porque não?!


Topei o desafio e logo em seguida surgiu a oportunidade de dividir essa coluna, DICAS DO AUTOR com a Jéssica. Pois bem, aqui estou eu e a partir de agora, vamos dividir experiências.





VAMOS FALAR SOBRE AS IDEIAS QUE NOS INVADEM A MENTE NAQUELE MOMENTO MAIS INOPORTUNO, OU SERIA OPORTUNO? 

Às vezes estamos em um banho gostoso, bem quentinho e ai... PAAH! 



Eis que surge uma ideia louca na nossa cabeça, seja um rascunho de capítulo ou esboço de uma nova história. O que você faz?

  1.  Sai desesperado do banheiro ou de onde seja a procura de papel e caneta para anotar a ideia.
  2.  Deixa para lá, pois já tem histórias suficientes para desenvolver.
  3. Anota e deixa guardado para um futuro próximo ou distante, quem sabe?!

Eu, por experiência própria, diria que o mais acertado é:


ANOTAR E DEIXAR GUARDADO!

Vou dizer porque...

Muitas vezes, não é o momento de você desenvolver aquele enredo, vamos considerar que a sua ideia seja um novo enredo, okay, então... às vezes aquele enredo fantasioso, ou aquela distopia que colocaria no chão qualquer "Jogos Vorazes", ainda não está na hora de sair do papel, seja porque você não é maduro suficiente para desenvolver e o tempo vai te dar mais experiência para o que você está se propondo. Seja porque você é tipo eu, que tem mil e uma histórias na frente para desenvolver. 

Seja lá qual for o seu motivo, NUNCA, em momento algum, descarte aquela ideia louca que você teve quando estava no banho, porque um dia ela vai crescer na sua cabeça, crescer tanto que quem sabe não será ela que vai te alavancar para o mundo?



Sou uma leitora voraz e o meu primeiro enredo, elaborei - NA CABEÇA - quando tinha meus 17 anos e até hoje ele não saiu do papel, mas sei o motivo, é que eu desenvolvi o enredo de uma forma na minha cabeça e já tentei colocar no papel de outros três jeitos diferentes, resultado? DEU ERRADO! Isso quer dizer que a ideia vai fluir quando eu resolver escrevê-la do jeitinho que imaginei, mas ainda não estou pronta para esse tipo de escrita, então ela está guardada na minha gaveta secreta do cérebro, como a minha grande história a ser escrita.


Vale a pena dizer:

Essa é a minha opinião e como diz o nome da coluna, é uma DICA DO AUTOR. Não quer dizer que você deva seguir, mas é sempre bom ler a opinião e saber mais sobre a experiência de outros. 

É isso por enquanto, logo logo tem mais!

Espero ter ajudado um pouco.


15 comentários :

  1. Adorei o PaH...
    Kkkkkk
    Concordo com você que sempre é bom anotar mesmo que a gente não teabhe com isso naquela hora.
    Adorei a coluna parabéns.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Boa a dica, eu costuma anotar , pois muitas vezes a cabeça esquece mas o papel não.. Boa noite!!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Aricia, eu ainda não te conhecia mas achei super bacana você entrar para o time do blog e gostei bastante da sua coluna.

    ResponderExcluir
  4. Eu amei esse seu post e em especial o jeito como você se apresentou rrsrs. Gostei de seu jeito bem humorado que você escreve e as dicas para quem tem uma dica: anotar rsrs Beijos

    ResponderExcluir
  5. Adorei a postagem.
    Imagino que muita gente sonhe em escrever um livro hoje em dia e é sempre bom ter boas dicas!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  6. Oie!
    Adorei as dicas!
    Muitos precisam disso para auxiliar no processo criativo. Eu mesmo já gpstei dessa ideia de anotar para não se esquecer. Muito util para mim.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  7. As dicas são ótimas, desde que comecei a escrever e isso faz bastante tempo... venho anotando tudo que passa na minha cabeça... agora que criei coragem para sair da gaveta as coisas estão crescendo...então elas são batata!

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  8. Oi Aricia!
    Otimas dicas. Eu sempre ando com uma caderneta. Quando bate vontade de escrever, já tenho facil.
    Sucesso na sua caminhada como autora.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi, Arícia! Parece que as ideias surgem quando a gente menos espera, né? E quando a gente sonha com algo legal e só se lembra de pedaços? Dá uma raiva! Geralmente tento anotar da forma possível para depois recuperar o fio da meada. Sucesso para você e para a parceria com o Livros & Tal. Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Adorei as dicas.
    Já fiz muito isso de anotar e guardar a ideia, mas no meu caso as ideias vinham muito enquanto eu estava andando de moto e aí como anotar né? Já perdi muita coisa por esse motivo kkkkkk
    Mas realmente adorei o post, muito ultil.

    ResponderExcluir
  11. Oi. Parabéns pelo post. Ótimas dicas. Não tento mais anotar as ideia quando as tenho, porque elas sempre surgem quando não posso anotar. Às vezes até tento gravar na memória, fico repetindo pra ver se lembro, mas quase sempre eu esqueço.

    ResponderExcluir
  12. Olá,

    Concordo com você nessa questão de tempo, eu escreve há alguns já, mas ultimamente tive uns bloqueios de escrita e mesmo quando estou sem bloqueio não sinto vontade de passar a história por papel. O que acontece é, tenho inúmeras histórias na mente, mas sinto que não é o momento propricio para desenvolvê-las, até porque já tentei e não consigo transmitir tudo o que quero. Enfim, adorei a coluna, desejo muito sucesso ao blog e que venham mais dicas.

    Beijos,
    http://entreoculoselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá, realmente a grande dica é, cada vez que uma ideia passar pela nossa cabeça de escritor, devemos anotar e deixar lá guardadinho, pois uma futura obra pode nascer ali. Tenho isso na minha mente, por isso sempre ando com um caderninho.

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Adorei as suas dicas, ainda mais para quem escreve, perder uma ideia deve ser muito triste e apesar de até conseguir se lembrar depois, nunca fica a mesma coisa, né?
    Beijos.

    ResponderExcluir
  15. Adorei essas dicas. Não sou lá aquele de talento da escrita, na verdade acho que minhas história nunca são atrativas o suficiente, mas sempre é bom ver essas dicas.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^