Autores Livros Entrevistas Filmes Games HQ's Mangás Wattpad Sagas Seriados

5 de agosto de 2016

Filmes & Tal: Esquadrão Suicida.

Título: Esquadrão Suicida.
Lançamento: 04 de agosto de 2016.
Duração: 2h 10min.
Gênero: Ação; Fantasia.
Nacionalidade: Americana.
Diretor: David Ayer.
Roteirista: David Ayer.
Trilha Sonora: Steven Price.
Produção: Charles Roven e Richard Suckle.
Desenvolvedor: DC Entertainment e Warner Bross.
Distribuidor Brasileiro: Warner Bross.
Elenco: Will Smith, Jared Leto, Margot Robbie, Joel Kinnaman, Viola Davis, Jai Courtney, Ike Barinholtz, Jay Hernandez, Karen Fukuhara, Scott Eastwood, Adewale Akinnuoye-Agbaje, Cara Delevingne, Ray Olubowale, Ben Affleck, David Harbour, Jim Parrack, Kevin Hanchard, Alex Meraz, Amanda Brugel, Dan Petronijevic, Darryl Quon, Raymond Olubawale, Matt Baram e Ezra Miller.

Não recomendado para menores de 12 anos.



Após a aparição do Superman, a agente Amanda Waller (Viola Davis) está convencida que o governo americano precisa ter sua própria equipe de metahumanos, para combater possíveis ameaças. Para tanto ela cria o projeto do Esquadrão Suicida, onde perigosos vilões encarcerados são obrigados a executar missões a mando do governo. Caso sejam bem-sucedidos, eles têm suas penas abreviadas em 10 anos. Caso contrário, simplesmente morrem. O grupo é autorizado pelo governo após o súbito ataque de Magia (Cara Delevingne), uma das "convocadas" por Amanda, que se volta contra ela. Desta forma, Pistoleiro (Will Smith), Arlequina (Margot Robbie), Capitão Bumerangue (Jai Courtney), Crocodilo (Adewale Akinnuoye-Agbaje), El Diablo (Jay Hernandez) e Amarra (Adam Beach) são convocados para a missão. Paralelamente, o Coringa (Jared Leto) aproveita a oportunidade para tentar resgatar o amor de sua vida: Arlequina.

Caramba... a quanto tempo não apareço por aqui, não é mesmo? 

Mas estive e ainda estou doente e também tive uns sérios problemas pessoais, então minha cabeça não está nem para ler ou escrever. Peço desculpas e aos poucos vou voltando devagarzinho. 

Entretanto, estava com saudades de vocês, por isso, estou aqui hoje.

Ontem, dia 04 de Agosto, houve o lançamento do filme Esquadrão Suicida, o meu namorado é uma pessoa completamente alucinada pela DC. Sendo assim, era óbvio que ele iria para o cinema na estréia para conferir o filme e como ele é um namorado muito legal e bonzinho escreveu para que eu postasse para vocês em primeira mão a opinião dele sobre esse filme que anda dividindo muito os críticos por ai.

Vamos conferir?

Com vocês, uma crítica de Lorenzo Bittencourt.


O filme foi realmente incrível: uma trilha sonora perfeita, ação do início ao fim, atores bem colocados, roteiro muito bem feito, porém a Warner Bross cortou muito o filme e alguns cortes foram gravíssimos. 

Quem esperou ansioso para ver Jared como um Coringa insano irá se decepcionar ao saber/ver que o vilão mais adorado dos cinemas e quadrinhos tem uma participação de apenas 20 minutos. Ele aparece no filme somente para fazer parte da história da Alerquina e não possuí uma função específica, insana e gloriosa como era esperado. Mas uma coisa é certa: O filme é do Esquadrão e não do Coringa. Se querem ver o Coringa em ação, assistam Batman: o Cavaleiro das Trevas.

Para quem não ficou por dentro do assunto, é bem simples de entender, a Warner Bross realizou grandes cortes no filme para o mesmo poder estar dentro dos padrões da faixa de idade, sendo assim, muitas cenas foram retiradas, cenas essenciais.

A pergunta que não quer calar: Quem deu a ideia de introduzir o Ciborg no elenco do filme?

Ah não, Sorry! 

Não é o Ciborg. É Will Smith interpretando Floyd Lawton.  

Sim! Will Smith, o cara de "Um Maluco No Pedaço" deu a vida ao vilão Pistoleiro no elenco do filme. Creio que o maior erro, foi introduzir na trama um ator com grande nome e remuneração nos cinemas. O ator que interpretou diversos papéis ao longo de sua carreira recebeu a honra de fazer parte do elenco do filme interpretando o vilão "Pistoleiro". 

Tratando-se de Will Smith, o ator quase que literalmente levou o filme nas costas tendo mais aparições e falas que: Alerquina e Coringa.

Em seu lugar, os diretores poderiam ter usado o ator Michael Rowe que interpretou o vilão Pistoleiro na terceira temporada de Arrow. Sem dúvidas, Michael teria exercido o papel no filme tão bem quanto na série e seria tão bem-sucedido quanto Smith.

A DC Comics novamente se superou em seu novo universo de filme. Se a Warner não tivesse feito tantos cortes, o filme, sem dúvidas, seria o melhor de 2016.

O filme está ruim? Vale apena ir assistir? 

Para os verdadeiros fãs vale muito, sem dúvidas.  

Como crítico, para mim, o filme falhou em suprir as expectativas... 

Como fã, o filme está perfeito!



Bom gente, por hoje, é isso!

Espero que tenham gostado da primeira crítica do Lorenzo e quero aproveitar a oportunidade e agradecer a ele por ter feito mais isso pra mim... Obrigada.

Deixem nos comentários o que esperam do filme, ou se já assistiram, qual a sua opinião? Nos contem se querem assistir ao filme e o que esperam dele. Vamos adorar ler os seus comentários.

Um ótimo final de semana a todos e...

Até breve!


14 comentários :

  1. A piadinha do Ciborgue (Cyborg quanto corretamente escrita em inglês) ficou artroz...

    ResponderExcluir
  2. Uma excelente observação sobre o filme. Eu vi e concordo com tudo que você disse.

    E essa piadinha, hein!? Hahaha Muito bem colocada.

    Para uma primeira crítica está perfeita, Inteligente, humorada e o melhor, sem spoiler. Continue assim... Beijokas :*

    By: Larissa Kelly

    ResponderExcluir
  3. Olha, difícil dizer... já tenho a gama de pessoas que acharam o filme sensacional e a que acharam o filme uma meleca!
    Eu acho que não tem jeito mesmo. O negócio é ir ver com meus próprios olhinhos!
    Mas espero do fundo do meu coração que eu goste!
    Sua resenha está ótima maaaas, vamos ver mesmo para crer... =)

    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Sua resenha ficou ótima, tenho muita vontade de coferir o filme, mas uma coisa eu já sabia, essa coisa de colocar a cara do coringa em tudo quanto é coisa ia acabar criando espectativas demais, mas como eu já sabia que a participação dele nesse filme ia ser de mero coadjuvante e que ele esta sendo preparado para os filmes do Batmam, então pelo com isso eu não ia me decepcionar

    ResponderExcluir
  5. Eu costumava estar bastante animado para o filme, mas agora, depois das críticas, acho que esfriei um pouco. É uma pena que tenha acontecido tanto corte e que eles tenham afetado o filme de tal forma. De qualquer jeito, Esquadrão Suicida continua na minha lista, a diferença é que, vou vê-lo com uma expectativa muito menor.

    http://www.eubrunocardoso.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá,

    Eu confesso que mesmo sendo fã desse universo Marvel e DC não sai tão feliz da sala de cinema. Os cortes diminuiram a qualidade da obra de forma significativa e as cenas de ação são legais, mas ficaram bem desconectadas em alguns momentos e isso me deixou triste, porque odeio ação sem enredo do trás e a atuação de Leto não superou a de Heath no filme do Cavaleiro das Trevas, mas as atuações foram boas,

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Ola
    Até que enfim li uma crítica do filme feita por alguém que entendeu o que quiseram transmitir.
    Fora qdo reclamam do coringa não estar presente tanto quanto gostariam, hello, ele não faz parte do esquadrão....
    Adorei mesmo seu post.
    Bj

    ResponderExcluir
  8. Oie

    Estou com muita vontade de ir assistir, espero conseguir em breve.
    Gostei de ver essa crítica já me deu uma ideia melhor do que esperar do filme.
    Adorei o post!!

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Esta não é a primeira crítica que leio que fala sobre o fato de o Coringa de Jared Leto não ser o que todos esperavam. Confesso que me decepcionei um pouco ao saber disso, e também sobre os cortes de cenas essenciais.
    Mas ainda assim pretendo assistir, porém com expectativas mais baixas para que a decepção não seja tão grande.
    Beijos.

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
  10. Olá!

    Sério, não aguento mais esses filmes de heróis. Eu não sou nem Marvel nem DC, mas queria entender como esses heróis que eram coisa de nerd agora virou pop, perdi alguma coisa no movimento hahaha parabéns pela crítica, Lorenzo. Não é porque não gosto que não vou elogiar um bom texto.

    ResponderExcluir
  11. Fui ver ontem com meu namorado e curti bastante, mas claro, poderia ter sido beeem melhor. A trilha sonora com certeza salvou muuuito o filme, perfeita até dizer chega. Visualmente e algumas zueiras, como características que apareciam sobre os personagens eu tb achei bem legal. Leto deixou muito a desejar como Coringa, mas, talvez ele não tenha conseguido mostrar seu trabalho tão bem assim por conta dos cortes, vai saber...
    www.viciadosemleitura.blog.br

    ResponderExcluir
  12. Eu queria muito ter gostado desse filme, mas acho que faltou enredo, faltou muitas coisas.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oiii, tudo bem?
    Estou bastante curiosa para assistir esse filme, mas até então confesso que não criei muitas expectativas, pois vi muitos comentários positivos até, fico feliz que tenha trazido para o blog.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  14. Oie
    eu ainda não vi o filme mas estou curiosa porém não sou muito ligada a esse universo, irei ver com uns amigos e espero gostar

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^