15 de fevereiro de 2018

Resenha: A Conquista – Elle Kennedy.

em 15 de fevereiro de 2018

16 comentários
Nome: A Conquista.
Série: Amores Improváveis #4.
Autora: Elle Kennedy.
Editora: Paralela.
Gênero: Ficção, literatura estrangeira, romance.
Ano: 2017. 
Páginas: 336.
Idioma: Português.
ISBN-13: 9788584390663.
ISBN-10: 8584390669.
Skoob: aqui 
Cortesia da Editora.


De todos os jogadores do time de Hóquei da universidade de Briar, John Tucker se destaca por ser o mais sensato, gentil e amável. Diferente de seus amigos mulherengos, ele sonha mesmo é com uma vida tranquila- esposa, filhos e, quem sabe um dia, abrir um negócio próprio. Mas nem mesmo o cara mais calmo do mundo estaria preparado para o turbilhão de emoções que ele está prestes a enfrentar. Sabrina James é a pessoa mais ambiciosa, dedicada e batalhadora do campus. Seu jeito sério e objetivo é interpretado por muitos como frieza, mas ela não está nem aí para sua fama de antipática. Tudo o que ela quer é passar em Harvard, tirar ótimas notas e conquistar a tão sonhada carreira como advogada. Só assim ela conseguirá escapar de seu passado difícil e de sua família terrível. Um acontecimento inesperado vai desses jovens de cabeça para baixo. Tucker e Sabrina vão precisar se unir e rever seus planos para o futuro. Juntos, eles aprenderão que a vida é cheia de surpresas, e que o amor é a maior conquista de todas.


É... Essa vida de gente grande não está fácil para ninguém. Estamos já no mês de fevereiro e eu estou trazendo para vocês agora a resenha do primeiro e único livro que li esse ano, até agora. Céus! Preciso mudar isso com urgência, porque a coisa está feia pro meu lado! 

“A Conquista” é o quarto e último livro da série “Amores Improváveis” escrita pela Elle Kennedy e publicada pela editora Paralela. Esse livro conta a história do John Tucker, ele é um dos jogadores de hóquei da Briar também e divide a casa com todos os outros meninos dos livros anteriores. Porém, diferente de todos eles, Tucker, como é mais conhecido, não é aquele tipo de garoto que vive para o hóquei e nem é mulherengo. Pelo contrário, ele é aquele amigo que parece um "paizão", pois cozinha, cuida da casa, faz as compras e tudo mais.

Tucker sonha em ter a sua família, ter o seu próprio negócio, pois diferente de seus amigos, ele também não tem uma condição financeira confortável e estável. Mas ele não imaginava que iria encontrar tudo isso em Sabrina James, a inimiga número um de seu melhor amigo Dean.

Sabrina é uma menina que não tem uma vida fácil. Ela precisou e ainda precisa batalhar muito para alcançar o que quer na vida, que é o sucesso profissional. Quem leu o livro do Dean – O Jogo – deve ter achado durante a narrativa que Sabrina era uma vaca mal amada, confesso que achei e que xinguei muito ela. Porém, conforme ia lendo a sua história, tenho que dizer que me arrependi do meu pré julgamento e passei a admirar a força e a determinação dessa personagem.

A Conquista nos mostra que determinados atos impensáveis causam uma repercussão que irá mudar o seu presente e o seu futuro. 


Você é capaz de lidar com isso?
Imagem relacionada

Tenho que dizer para vocês que comecei a ler essa série de uma forma totalmente errada, então, com base nisso, a primeira coisa que irei expor é que os livros, apesar de pertencerem a uma série, são escritos de forma individual e concluídos no mesmo fascículo. 

Entretanto, para ler esse livro, acredito que seria muito melhor ler o terceiro livro antes, pois o tempo narrado na história é simultâneo a narração do anterior. Então tem acontecimentos no livro do Dean que são explicadas no livro do Tucker. Assim como tem determinados acontecimentos que se repetem, mas com pontos de vistas diferentes.

Apesar de ter concluído o último livro da série, ainda não tive a oportunidade de ler todos. Não me julguem! Mas acredito que posso dizer que A Conquista foi o livro mais diferente da série, pois a Elle consegue nos passar uma sensação de amadurecimento e isso acontece em decorrência da maturidade de ambos os protagonistas. 

Ainda tenho que dizer que o livro é um clichezão de mão cheia. O final não tem aquele suspense ou surpresa alguma, conduto, devo dizer que achei que a autora deu uma corridinha no final e a conclusão de tudo ficou um pouco jogada.

Nesse livro temos momentos em que iremos rir, que iremos relembrar os outros livros, que iremos ficar com o coraçãozinho apertado e por fim, que iremos nos encantar.

A escrita da Elle continua fantástica! Leio até bula de remédio se ela escrever. A Kennedy me encantou com o seu jeito leve, simples e fluído de escrever. Pode parecer besteira, mas em determinados momentos, o livro te prende de tal forma que parece que nós somos os personagens e estamos vivenciando tudo aquilo.

A narrativa se dá em primeira pessoa e apresenta uma inversão na narração entre Tucker e Sabrina a cada troca de capítulo. Os diálogos apresentados no livro são típicas conversas entre jovens, então estejam preparados para alguns palavrões e também para algo um pouco mais erótico de vez em quando.

A capa da obra segue os padrões dos outros livros publicados anteriormente, está simples, bonita e condizente com toda a história. A editora Paralela está de parabéns na parte de revisão e tradução, pois não encontrei nenhum erro ao longo da leitura. Apesar de ser um livro com uma edição simples, ele se torna bem significativo com o conteúdo de sua história.


Recomendo a leitura para todos aqueles leitores que amam um romance e um clichê. Também para aqueles que ainda acreditam no amor e querem aprender a lidar com as consequências da vida.

[QUOTES]

“Um sorriso curva meus lábios. Gata, exuberante e trabalhadora? Caramba. Minha mãe ia adorar essa menina.”


Estou com saudade. Para falar a verdade, acho que estou me apaixonando. John Tucker entrou na minha vida com tudo, preenchendo espaços que eu nem sabia que existiam.

Não é só a beleza, embora isso não atrapalhe. É... é... droga, não sei nem explicar. Ela tem essa casca dura, mas por dentro é mole feito manteiga. Vejo lampejos de vulnerabilidade naqueles profundos olhos escuros e tudo o que quero é... cuidar dela.


Você não está sozinha. E você não está arrastando ninguém para buraco nenhum. Tô aqui com você, Sabrina. Em cada passo do caminho.


Nunca diga nunca. Assim fica mais fácil mudar de ideia. Mais elegante. 

Passo um braço sob seu pescoço, e, mesmo dormindo, ela se ajeita em mim, enroscando as pernas nas minhas. Dormimos abraçados. Duas metades de um todo maior e melhor.

Classificação: 

Os Outros Livros da Série:


O Acordo.
O Erro.
O Jogo.
A Conquista.

Participe dos nossos sorteios de Aniversário!


            
    

16 comentários :

  1. Esta é uma série que ando namorando desde que o primeiro livro foi lançado.
    Sou aquele tipo de leitora que ama um romance destes bem clichê e não abro mão nunca de estar lendo algo do gênero.
    E sabe, lendo a resenha acima,me dei conta do quanto estava com saudade de ver um protagonista masculino tranquilo. rs
    Parece que todos os autores só andam trazendo os bad boys, deixando os "bonzinhos" de lado.
    Quero muito poder conferir todos os livros.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bom?

    Eu já li todos os livros dessa lista e gostei bastante. Eu gostei, principalmente, desse por justamente mostrar o outro lado da Sabrina. Eu também xinguei muito ela em O Jogo, mas também fiquei admirada com ela Em A Conquista.
    E sim, foi uma obra diferente das outras por ser mais madura mesmo. É clichê, mas eu gosto e acho ótimo ler quando preciso de algo "leve", sabe? Algo que tenha uma narrativa fluída e que eu leia sem querer parar. Foi o que ocorreu com todos os quatro livros!
    Eu te recomendo toda a série e espero que você goste <3

    Enfim, adorei a postagem e agradeço a indicação, mesmo assim :)
    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Todos sabem que não curto séries, mas essa me chama muito atenção. Todas as resenhas que vejo sobre os livros me chamam atenção, ainda mais por não depender dos livros anteriores.
    è tão bom quando acompanhamos algo e notamos o amadurecimento dos personagens e muita das vezes na escrita da própria autora. Simplesmente amei os quotes, principalmente: Nunca diga nunca. Assim fica mais fácil mudar de ideia. Mais elegante.
    Quero muito ler.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oiee Mayara ^^
    Uma pena que a autora tenha corrido com o final, mas fico muito feliz em saber que você gostou do livro. Eu cheguei a ler os dois primeiros (fora de ordem...hehe') e adorei, em especial o segundo ♥ estou doida para ler os outros dois, e as expectativas estão tão altas que eu tô tremendo! Apesar de serem clichês, são histórias envolventes e apaixonantes, né?
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?
    Eu adoro essa série, é uma das minhas favoritas da vida. Maaas, esse foi o livro que menos gostei, achei a Sabrina meio chata e o livro não é tão divertido quanto os outros. Espero que a Elle escreva mais e mais e mais. Beijos <3

    ResponderExcluir
  6. oioi
    Acho bem legal quando a gente pode ver o outro lado, e saber que a vaca pode ter razão ou mesmo a visão do outro que faz uma pessoa ser uma vaca, por isso que tenho uma certa marra de narração em primeira pessoa, prefiro ver o todo. lembro que os dois primeiros livros da série não me agradaram muito, mais gostei do protagonista deste livo

    ResponderExcluir
  7. Olá! Tudo bom?
    Já ouvi vários leitores falarem bem dessa série, tenho o e-book do primeiro livro, mas não sei sempre enrola, não parece ser meu tipo , mas a resenha ficou ótimo e pensarei em dar chance a ele.
    beijos, Joyce de Freitas.

    ResponderExcluir
  8. Oi, Mayara! Tenho os primeiros livros da série e ainda não li. Eles caíram na minha pilha eterna, mas esse ano eu quero ler as séries encalhadas aqui em casa e essa é uma delas! (não se sinta culpada por não ter lido na ordem, mas é bom saber que é melhor ler o terceiro e o quarto na ordem rs).
    Bjs
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  9. Oi, Mayara

    Também não tenho lido muito nesse início de ano.
    Ownn, eu amo esse livro! Também acho que esse é o livro mais maduro, a Elle trabalhou muito bem os protagonistas e o drama deles foi muito legal.
    Estou morrendo de saudade dos personagens e quero logo que a Elle termine o spin-off!

    Beijocas

    ResponderExcluir
  10. Já li algumas resenhas deste livro e sempre vejo comentários positivos.
    Confesso que eu adoro um clichê, desde que seja muito bem desenvolvido.
    Gostei dos quotes que você selecionou. Parabéns pela resenha. Anotei sua dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi!

    Essa série off campus é bem clichê, mas eu amei lê-la, porque os personagens são ótimos. A Conquista foi o mais diferente e o que menos gostei, mas ainda assim foi uma leitura bem gostosa de realizar. A escrita da autora é bem gostosa mesmo :)

    O segundo ainda é o meu favorito, rs.

    beijos!

    ResponderExcluir
  12. Olá Mayara,
    Se não me engano, li os três primeiros livros dessa série e gostei bastante do que encontrei, mas estou com medo de ler esse quarto volume, pois a Sabrina é uma personagem horrível nos outros livros. Entretanto, pelo que pude perceber, isso é bem trabalhado e a autora nos conquista com essa personagem tão ambígua.
    Dica anotada, sem sombra de dúvidas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Olá,

    Eu não conhecia essa série e confesso que tenho um pouco de receio em fazer leituras de livros que adotam esse gênero. Não é um preconceito da minha parte, é um medo de me decepcionar com a história, mas também tenho que esclarecer que às vezes gosto de sair da zona de conforto e o momento que leio esses livros. Por isso, eu anotei a dica e farei a leitura quando possível, amei a sua resenha! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bem?
    Eu adorei o primeiro livro da série, quero muita dar continuidade mas me falta tempo e fora tantos outros que estão na lista.
    Eu gostei muita da resenha, confesso que li por cima com um certo receio de pegar spoiler, mas a vontade de dar continuidade só aumentou.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  15. Oi May!!
    O primeiro? Jura? A coisa ta feia aí hein? Ta puxado por aqui também hahahahahah, ainda não li nenhum dessa série, acredita? Tenho o terceiro e o quarto volume, mas ainda não alcancei eles. Todo mundo diz que é uma série bem gostosa de ler, esta na lista, juro que uma hora chego lá... Força na peruca amiga!

    Bjs

    ResponderExcluir
  16. Olá ,essa série está na minha lista já tem um tempo, eu gostei da resenha e só aumentou a minha vontade de ler essa série de livros

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^



TOPO