20 de agosto de 2019

Resenha: Simetria – Bia Carvalho.

em 20 de agosto de 2019

7 comentários
Título: Simetria.
Autora: Bia Carvalho.
Editora: Independente.
Idioma: Português.
Gênero: Romance, suspense, mistério, literatura brasileira.
Páginas: 505. Ano: 2019.
ISBN: B07V5BD8LY.
Compre Amazon..
Encontre no Skoob.
Cortesia / Autora parceira LT 2019.

Sinopse: "Nem toda história de amor começa como um conto de fadas."

Da última vez em que nos vimos, ela era apenas uma menina e fora arrancada dos meus braços e da minha proteção, levando um pedaço de mim. Eu me livrei de um mundo de violência e humilhações, mas não consegui levá-la comigo. Não passava de um moleque, mas sempre acreditei que poderia cuidar melhor dela do que aquela mãe drogada e o tio cruel que lhe restou. Mas este direito me foi roubado, e, por isso, tudo o que eu queria era saber se estava bem.


No primeiro reencontro, escapou por entre meus dedos e negou minha ajuda. Da segunda vez em que nos esbarramos, ela me propôs um pacto. Uma vingança contra aqueles que tanto nos machucaram no passado. Não era exatamente a minha intenção entrar em uma briga daquela natureza, mas Nadine precisava de mim. E eu faria qualquer coisa para mantê-la a salvo. Principalmente de si mesma.


Oi gente, tudo bem? Espero que sim!

Hoje a resenha é de livro nacional. Vou apresentar para vocês Simetria, da autora Bia Carvalho. Nessa história vamos conhecer Rafael Loureiro e Nadine, cliquem aí e sigam lendo!

Rafael Loureiro tinha uma vida agradável, pais amorosos, que o amavam muito, seu pai é ex-lutador e passa seu legado para o filho. Até seus doze anos, quando perdeu a mãe e um ano depois o pai, a única coisa que restou para o pequeno órfão foi uma boa criação, luta, dignidade e honra.

Para não morrer de fome nas ruas, Rafael luta clandestinamente. Não era uma coisa que gostava de fazer, mas para sobreviver e ajudar Johnny, que o tinha como um irmão, era algo de que ele precisava.

Nadine tinha tudo para ser feliz: a vida perfeita, amigos, uma mãe e um padrasto amorosos. Porém, a vida dela começou a mudar depois que seu padrasto faleceu e seu tio, Frank, apareceu para ajudar a irmã e sua sobrinha. Ela só não imaginava que seu tio era “fora do comum”.

Rafael e Nadine se conhecem quando tio Frank decide levá-los para casa. O que Rafael não esperava era conhecer apenas uma parte da casa. Sim, Frank mantinha Nadine trancada em um porão. Como ela não saía de jeito nenhum, Rafa foi colocado junto e apesar de ser um porão, o lugar era bem montado: dois quartos, banheiro, cozinha, academia e, claro, a porta era mantida bem trancada. Ah, era um  ambiente sem janelas.

Três anos de convivência, respeito, carinho e amizade, a fórmula perfeita para o amor. Johnny, com um medo no olhar e assustado, visitava vez ou outra seu irmão. Rafael apenas saía para as lutas com Frank, tinha um convívio um pouco forçado e retornava após isso, sempre com uma nova vitória. Ele continuava lutando, pelo irmão e por Nadine.

Até que um dia o destino parece sorrir para ele, no entanto, seu plano de fuga e sua promessa foram por água baixo. Nesse dia, Rafael teve a certeza de que Frank era um monstro.

Passaram-se anos, mas Rafa nunca desistiu de procurar Nadine. Fez tudo que estava ao seu alcance, contratou detetives e sempre teve esperanças de encontrá-la viva. Nesse tempo, encontros e desencontros, muitas e fortes emoções acontecem para esses jovens.

Eu não conhecia a autora, esse foi meu primeiro contato com sua escrita, mas posso dizer que foi uma experiência muito boa. A Bia soube criar um romance dark e conduzi-lo com maestria. O enredo conta com um tema bem pesado, exatamente como tem que ser, digamos assim. 

Até que ponto vai a ganância do homem? Em Simetria a autora mostra isso e eu estou impactada com todo o desenrolar dessa trama. Me senti várias vezes apreensiva em relação ao destino da Dine e muitas vezes esperançosa como o Rafael. Em vários momentos da história queria abraçar os personagens e falar que tudo ia ficar bem, em muitas outras queira colocar ambos em um potinho de tão lindos que são. Por várias vezes  para ser sincera, no livro inteiro  quis socar o tio da Nadine, por tudo que estava causando. A história é assim, desperta vários sentimentos no decorrer da leitura, fazendo com que o leitor viaje por uma montanha russa emocional, é impossível ter apenas um sentimento, a autora nos conduz de um extremo ao outro através das palavras.

A narrativa alterna o ponto de vista entre Nadine e Rafael, assim conseguimos sentir com profundidade as emoções de ambos, bem como ter uma visão mais ampla da trama e isso é um ponto muito positivo.  

Confesso que, inicialmente, demorei um pouco para engatar na história. O começo foi lento e os capítulos grandes estavam me deixando agoniada, porém, depois que a gente pega o ponto da história, a leitura deslancha. Demorei no início e acabei devorando depois.

Li o livro em formato digital, encontrei poucos erros, nada que atrapalhe a leitura. Para um primeiro contato, preciso dizer que gostei bastante do que li. Vou atrás de outros livros dessa autora [aliás, se quiserem me indicar, ficarei grata!]. Apesar de não ter sido meu livro favorito do ano, essa história despertou todos os tipos de sentimentos conforme eu ia lendo e se tornou marcante. Para quem curte um bom romance dark e histórias que mexe com o emocional, esse livro vale à pena ser conferido. Preparem suas mentes e as mantenham abertas, porque se faz necessário! Recomendo! 

Até a próxima, pessoal!

Beijos!

Classificação: 

7 comentários :

  1. Nossa, o livro é bem grosso e fico imaginando o quanto é o desenrolar mesmo dos encontros e desencontros que os personagens tiveram ao longo da vida e como foi que tudo aconteceu quando eles se reencontraram.

    ResponderExcluir
  2. Oi Laneeh.
    Tenho alguns livros da Bia, mas nunca li nenhum. Os que tenham não chegam perto da história dark que esse livro conta. Fiquei bem interessado em conhecer esses personagens, me parece uma história que a seu modo faz a gente refletir sobre coisas bem importantes.
    Isso de os capítulos serem longos já me deixa com o pé atrás, eu tendo a travar leituras por isso.
    Mas que bom que você gostou da história e devorou o livro.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Olá, não conhecia a história e nem a autora e gostei bastante de conferir as suas impressoes a respeito dessa narrativa. Eu sou o tipo de pessoa que precisa que a leitura me fisgue logo no começo, se não acaba não rolando. De qualquer modo a dica foi anotada e quando tiver uma oportunidade lerei.

    ResponderExcluir
  4. Eita que tema pesado :o , tenho a tendência a ficar curioso com esse tipo de coisa e com esse livro não foi diferente, esse lance do porão é sinistro demais!!! Dica anotada!!

    ResponderExcluir
  5. Oi Laneeh!
    Adorei a proposta do enredo, dramas com romance misturado, os sentimentos se misturam, gostei da capa também bem original sabendo do que se trata o tema, li alguns livros da Bia e realmente sua escrita é envolvente. Parabéns pela resenha, fiquei curiosa sobre a trama, obrigado pela dica. Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Nossa! Este livro parece ser bem forte. Com um tio monstruoso como este imagino quantos tormentos a Nadine passou e os infernos vividos pelo Rafael também. Pelo que entendi a Nadine traz marcas emocionais profundas e deseja se vingar. O que me faz pensar que eles passarão por muitos momentos difíceis até finalmente estarem preparados para ficarem juntos. Só espero que tudo dê certo no fim.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  7. Obrigada, meu amor! Adorei a resenha <3
    Fico muito feliz que tenha curtido o livro!

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^



TOPO