Autores Livros Entrevistas Filmes Games HQ's Mangás Wattpad Sagas Seriados

16 de dezembro de 2016

Resenha: Confissões do Crematório - Caitlin Doughty.

Título: Confissões do Crematório.
Autora: Caitlin Doughty.
ISBN-13: 9788594540003.
ISBN-10: 8594540000.
Ano: 2016. Páginas: 260.
Idioma: Português.
Editora: DarkSide® Books.
Gênero: Biografia / Autobiografia / Memórias / Literatura Estrangeira / Não-ficção / Romance policial / Suspense / Mistério.
Adicione ao Skoob.
Compre: aqui.

Sinopse:
Ainda jovem, Caitlin conseguiu emprego em um crematório na Califórnia e aprendeu muito mais do que imaginava barbeando cadáveres e preparando corpos para a incineração. A exposição constante à morte mudou completamente sua forma de encarar a vida e a levou a escrever um livro diferente de tudo o que você já leu sobre o assunto.
Confissões do Crematório reúne histórias reais do dia-a-dia de uma casa funerária, inúmeras curiosidades e fatos filosóficos, históricos e mitológicos. Tudo, é claro, com uma boa dose de humor. Enquanto varre as cinzas das máquinas de incineração ou explica com o que um crânio em chamas se parece, ela desmistifica a morte para si e para seus leitores.
O livro de Caitlin – criadora da websérie Ask a Mortician – levanta a cortina preta que nos separa dos bastidores dos funerais e nos faz refletir sobre a vida e a morte de maneira inteligente, honesta e despretensiosa – exatamente como deve ser. Como a autora ressalta na nota que abre o livro, “a ignorância não é uma bênção, é apenas uma forma profunda de terror”.


Olá!!! Nana Garces aqui trazendo mais uma resenha Darkside! <3

Chegando final de ano, férias, mas os trabalhos e as leituras não param e hoje venho trazer a resenha de Confissões do Crematório, “um livro para quem planeja morrer um dia”!

"Uhhh, mas vamos falar de morte? Que horror! Que assunto de péssimo gosto para se falar tão perto do Natal!!!"
Gente, acalmem-se!

Esse livro não é nada do que vocês estão pensando, Confissões do Crematório é um livro que traz uma mensagem positiva, sem nada terrível e horroroso!

Vamos ao enredo!


O livro é escrito pela autora Caitlin Doughty, e conta nada mais, nada menos que as experiências dela quando começou a trabalhar com a morte, é simples assim. Nas palavras dela:
“Este livro é sobre meus seis primeiros anos trabalhando na indústria funerária dos Estados Unidos. Quem não deseja ler descrições realistas da morte e de cadáveres pegou o livro errado. É aqui que você entrega as vendas metafóricas antes de entrar. As histórias são verdadeiras e as pessoas são reais.”

É basicamente isso, o livro começa contando o primeiro dia de trabalho de Cait no Westwind Cremation & Burial, uma casa funerária dirigida por uma família. A primeira cena, do primeiro capítulo logo arranca uma risada divertida com a visão de Cait tendo que barbear um morto.
Com o decorrer dos capítulos, Cait explica sua experiência com a morte, inclusive como foi seu primeiro contato, como foi passar por essa situação até o que a fez seguir a profissão de agente literária.

Nesse livro você vai achar muitas explicações e história real de outros países e tribos, como funciona a morte, embalsamento e velório para eles e como é para os norte-americanos, que é muito próximo do que nós fazemos aqui no Brasil.

O leitor também pode estar lendo sobre o que acontece com o nosso corpo após a morte e como isso é tratado antes e durante uma cremação. Para os curiosos de plantão, eu super indico.
Os personagens são pessoas reais, alguns tiveram os nomes alterados para preservá-los, mas outros não se importaram dela manter o nome e a natureza real deles.

Como vocês podem ver, não é um livro fictício, é um apanhado de memórias da autora, Youtuber e agente funerária Caitlin Doughty, e se quiser seguir o canal dela, procure por Ask to Mortician – que significa Pergunte a Agente Funerária. Quando estava lendo, fui dar uma olhada no canal dela, que é todo em inglês, então precisa entender um pouco do inglês, tornando complicado entender apenas os termos funerários mais específicos. Nele, Cait fala sobre a morte de uma maneira bem próxima e de um bom humor próprio dela, sem tocar em nada religioso ou que seja ligado a fantasmas ou coisas assim. Não, a ideia que Caitlin passa, tanto com o livro, como com o canal, é aproximar as pessoas da morte, para normalizar nosso contato com ela, transformando o nosso receio e medo atual em uma boa morte.

Para quem tem mais interesse em ler sobre as teorias de Caitlin, indico procurarem o blog The Order of the Good Death, nele vocês vão achar diversas informações sobre a mortalidade, nesse blog ela une profissionais, acadêmicos e artistas que sejam interessados a falar sobre a morte. Aparentemente ela não é a única que adora a morte! Rs.

E depois de ler esse livro até eu comecei a gostar um pouco mais da morte...
Sobre a escrita, é um livro bem curtinho e muito gostoso de ler, muito divertido e nada assustador, é um livro informativo, com uma lição muito legal. Você não vai achar nada de fantasmas e horror, nada assim, são informações para lhe ajudar a entender melhor a morte.

Caitlin tem um senso de humor muito legal, ela alivia até mesmo os momentos mais nojentos do livro. Virei fã dela e já a estou seguindo em todas as redes sociais. Se quiser desejar segui-lá, deixo para vocês o link do instagram dela, aqui 

Sobre o trabalho da DarkSide, como sempre, impecável! Adorei as imagens de anatomia nos versos das capas, muito legal, e junto vem uma cartinha, como aquelas do tarô, com a imagem de um esqueleto indicando a morte, um mimo. Muito lindo esse livro!

Quantas estrelas? Cinco, com certeza! É um livro recheado de informação e com uma história pessoal muito legal, a linguagem é fluida e nada cansativa. Para quem quer se aproximar desse tema, e tentar se aproximar mais da mortalidade, entender que não seremos a primeira geração dos primeiros imortais, como Caitlin bem expõe no livro, é muito importante.

O problema é chegar no final do livro e pensar... Cara, vou morrer um dia e não vou conseguir ler tudo o que eu quero!! Mas cada um com suas neuras. Rs.

Para finalizar deixo algo para pensarem: Qual o seu motivo para temer a morte?

É isso aí!


Beijos e até a próxima! E caso não nos vejamos mais aqui no blog: FELIZ NATAL E UMA INCRÍVEL VIRADA DE ANO!!!

22 comentários :

  1. As pessoas tem medo da morte, por não saber o que vem depois ou como será a passagem. Iniciei a leitura e estou gostando muito.

    sonhoseaventurasdeamor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E o jeito como a Cair expõe a vida dela é muito divertida, é uma lição de vida. Que bom que está gostando!

      Excluir
  2. Olá
    Adooooro essa capa.
    Tenho uma enorme curiosidade para saber o que a autora tem a dizer sobre a morte, ainda mais sendo ela uma pessoa que 'vive da morte', já li relatos de pessoas desse mundo, como coveiros e acho muito interessante, é deu para perceber que sou uma das pessoas que adora a morte rs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que esse livro é pra você! Haha e se curte assim o assunto, de uma olhada no site dela, é cheio de informação sobre a mortalidade. Beijos!

      Excluir
  3. Olá,

    A maioria dos livros da Darkside são do gênero terror e não sou muito chegada nesse gênero, mas, por causa das capas maravilhosas sinto vontade de ler a maioria do catálogo da editora, porém não senti um pingo de vontade em ler esse livro, até já li algumas resenhas para ver se me animava, contudo não rolou. Por isso deixo a dica passar.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Thayenne! Realmente a grande maioria dos livros da darkside são terror ou suspense porém nada está perdido kkk a dark também é muito boa na fantasia, atualmente estou lendo Labirinto e ele é uma fantasia. Esse livro do crematório pode até parecer um livro que vá passar algo ruim, mas este livro não se trata de uma ficção, então acaba sendo sobre alguem que gosta muito do seu trabalho falando sobre ele. Mas você esta bem certa sobre a edição da dark, só ela já é um grande marketing kkkk

      Excluir
  4. Acredita que comprei o livro na Black Friday mas ainda não tive tempo de ler?? Muito ansiosa para saber minha opinião sobre esse livro é sua resenha só me deu mais vontade ainda de lê. Parabéns pelo trabalho.

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Karine! Quando ler venha dar sua opinião! É um livro muito bom e realista. Uma lição de moral para qualquer pessoa que um dia planeja morrer kkk boa leitura e obrigadaa

      Excluir
  5. Olá!
    Qual o motivo p eu temer a morte? Penso que é deixar de acompanhar o crescimento e desenvolvimento da minha neta. Mas, sei que não adianta termos medo, pq uma hora ou outra ela chega para todos. Já perdi muitos entes queridos! Quanto a esse livro, por enquanto vou deixar a dica passar.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cidália! Sei como é essa sensação, infelizmente já perdi meu pai e vou te falar que esse livro me ajudou muito a repensar a morte no sentido de perda. Mas ainda assim acredito que esse é um assunto bem complicado. Espero que encontre aqui resenhas de outros livros que te chamem mais a atenção! Beijos!

      Excluir
  6. Oi, tudo bem?
    Nossa, parece meio arrepiante, né? Mas tudo que é real é meio arrepiante, principalmente a morte. Achei bacana escreverem o livro e não deixa de ser interessante como você falou. Quem sabe um dia me anime, no momento eu sei que eu não leria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Letícia! É bem como a autora coloca no livro, quem não deseja ler sobre a morte e cadáveres pegou o livro errado kkk quando eu peguei pra ler achei que fosse ser mais arrepiante, mas achei muito suave. Vai que mais pra frente você se anime a ler 😉 beijos!

      Excluir
  7. Essa capa me deixa super curioso, eu amo livros com capas coloridas, tenho mits vontade de ler! adorei a resenha. Parabéns!]]

    Arthur Souza - literandototal.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Arthur! Obrigada pelos parabéns! Muito bom saber que gostou da resenha. As edições da darkside são incríveis ne? E essa edição ficou muito chamativa, e isso tudo só pra combinar com um livro incrível. Beijos!

      Excluir
  8. Que tema mais "incomum" - entre aspas porque a maioria dos livros valoriza a vida e encara a morte como um trauma ou uma ameaça. No momento, não é o que estou procurando para ler, mas fiquei um tantinho curiosa sobre a narrativa da autora. Quem sabe algum dia eu leio? Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Beta! Sei bem o que está falando, mas acho que por ele falar de um assunto tão pouco desejado que chama a atenção e a forma como ela apresenta o assunto é muito legal e até mesmo divertido! Espero que algum dia você se empolgue a ler! Beijos!

      Excluir
  9. Olá, tudo bem? Esses é um dos poucos livros da Darkside meio terrorzinho que quero ler, afinal sou da a´rea da saúde e já corpos e tudo mais por isso a maior curiosidade. Acho a edição lindérrima e já tenho na minha estante. Falta coragem de ler haha Adorei saber que não é tão terror assim e isso me ajuda na incentivar. Adorei mesmo <3 Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Carool! Toca aqui colega! Também sou da área da saúde e foi por isso mesmo que fiquei tão empolgada com ele, mas não se preocupe com o terror, isso não faz parte desse livro! Beijos!

      Excluir
  10. eu gosto de como a autora traz a morte de forma tão poética, relatando casos reais de quem já passou por isso. É um livro que a Dark inovou ao publicar, pois temos um enredo diferente e as impressões que você passou são super positivas.

    ResponderExcluir
  11. Nossa eu não esperava isso! O.O Pensava que esse livro fosse de fantasia ou de terror, eu julgava pela capa e por ser da dark, mas vejo que estava errada e parece ser uma leitura bem bacana, mesmo tratando de um assunto triste.
    Fiquei curiosa!

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Adorei a sua reflexão que você deixou no final da resenha. Tenho muita curiosidade por esse livro justamente por desmitificar a morte, que convenhamos, é a coisa mais normal da nossa vida, já que todos nós um dia vamos morrer. Gostei muito da sua resenha e só me deixou com ainda mais vontade de ler hahaah
    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Oii, estou bem curiosa para ler esse livro. Vejo muitos comentários positivos, o que tem me deixado bem curiosa. Ainda mais se tratando de uma experiência da própria autora.

    beijos

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^