Autores Livros Entrevistas Filmes Games HQ's Mangás Wattpad Sagas Seriados

15 de dezembro de 2016

Resenha: Branco - Priscila Baroni.

RESENHA


Título: Branco.
Autora: Priscila C. Baroni.
ISBN-13: 9788555266324.
ISBN-10: 8555266327.
Ano: 2016. Páginas: 372.
Idioma: Português.
EditoraAutografia.
Gênero: Aventura / Ficção / Infantojuvenil / Literatura Brasileira.
Adicione ao Skoob.
Compre: aqui.


Sinopse:

No Bosque das Vozes, uma garota acorda. Quem ela era? A garota descobre que não é a única pessoa buscando por essa resposta. Todos os que um dia apareceram por aquelas terras surgem sem memórias, sem saber quem são e como foram parar ali. Algo tira suas lembranças, mas o quê? Acolhida por apreensivas crianças, a menina percebe que está em uma pequena aldeia pertencente a um reino maior, comandado por um rei tirano que conquistara seu poder com guilhotinas. Ela logo descobre que não possuir memórias não é o problema, mas sim o seu próprio surgimento. Todos sabem que os neonatos aparecem apenas na Cidade Real e em nenhum outro lugar. Então por que aparecera no meio do Bosque? Por que via imagens em seus sonhos como lembranças apagadas por um grande borrão branco? Incontáveis perguntas sem respostas fazem com que encontre apenas uma solução para não ser notada: viver uma vida pacata com os moradores da aldeia, seus novos amigos e um velho vendedor de ervas medicinais que a acolheu. Porém, eventos inesperados farão com que o curso de sua vida seja alterado. Capturada, a garota se depara com novas descobertas que poderão mudar completamente sua história e a de todos os moradores do reino. Basta saber se as mudanças serão boas ou se seu pescoço irá arder o suficiente para fazer sua cabeça rolar.










    • Eu recebi o livro da autora Priscila Baroni em cortesia, com uma dedicatória linda! E agora trago para vocês a resenha sobre o livro que vem encantando os leitores.



    [PREMISSA]

    Quando recebemos o e-mail de pedido de parceria, onde lemos a sinopse e vimos a capa do livro, eu me interessei de cara e não me arrependi.O enredo é extremamente excepcional, embora um pouco confuso, cheio de reviravoltas, ele te prende de um jeito interessante.

    Imaginem-se sem memória em um lugar estranho, mas oras, se eu estou sem memória, qualquer lugar me é estranho, certo? Mas eu te digo que nessa aventura de uma garota de muitos nomes, o lugar no qual ela acordou era estranho no sentido de "estranheza" não no sentido de "não conheço". Se confundiu? Vou desenrolar agora.

    Temos um reino e algumas vilas, os "neonatos" que são quem chega recentemente ao reino e completamente desmemoriados. nossa protagonista passa por situações difusas por causa da sua curiosidade e um pequeno "Q", que ela possui em sempre procurar os porquês de tudo. Junto com sua turma, Alice ou Clarice, vão em busca de respostas o rei Matteo - me fez lembrar a novela terra nostra, sempre que lia, pensava no Tiago Lacerda, voltando...

    O rei não está nada feliz com esse excesso de curiosidade dessa turma, pensando que talvez ali, ele possa ter um grupo de rebeldes dispostos a organizar um motim contra o que ele dita.

    [Minha Opinião]

    O livro não tem tanta ação assim é um livro pra ler e pensar naquela realidade, entendem? Algumas vezes tive que reler trechos, pois a escrita se tornou confusa, mas não porque a autora se perdeu, e sim, por que, por se tratar de uma realidade totalmente anormal, a história é complexa e a gente se confunde normalmente, vai me dizer que você nunca se confundiu até entender todo o esquema
    de "divergente", não estou comparando, apenas exemplificando.

    Sobre a escrita
    Branco é um livro único e nele encontramos alguns pontos, não negativos, mas que apareceram demais, como o uso excessivo de explicações. Cada vez que determinado personagem fazia algo, vinha a frase explicativa, - ele ironizou.

    Sobre a protagonista
    Eu achei a Alice mais legal do que a Clarisse... uahuahua Talvez você não entenda, mas quem leu o livro vai entender. Ela é esperta, e desenvolta, mas quando veio para a sua realidade, esse lado dela morreu, como se quando ela estava no reino, tivesse sido tomada pelo alter ego. Eu tive um pouco de dificuldades de acreditar nela, até certo ponto do livro era como se fosse uma coisa forçada, como se ela tivesse se esforçando para agradar, mas depois de outro ponto, ela deslanchou, saiu do forçado. Como se a autora a partir dali, estivesse escrevendo sem amarras.

    Sobre a diagramação
    Eu pensei se falaria isso ou não, mas decidi falar porque eu me irritei, editora Autografia, vamos caprichar na diagramação do livro, gente!

    A capa está linda, mas tem erros bobos de português e de pontuação.

    Pessoal, o uso do travessão é essencial. Não o traço comum antes das frases,
    pior ainda quando elas se misturam: em uma conversa nós temos a primeira fala com o travessão, (—) a seguinte com o hífen (-) e a terceira com o travessão (—) de novo ou vice versa... Me chamem de chata, mas eu não curti. Os errinhos de português, não me incomodaram em nada, mas esses... #ficaadica heim, editora Autografia, qualquer autocorreção no seu word, consegue mudar.

    No geral

    Eu curti o livro, apesar de achar que ela poderia seguir em uma linha menos complexa e deixar mais enredo para um segundo livro que fecharia a história de maneira bem legal. - Claro, essa é a minha opinião, não uma crítica, nada disso...

    Indico o livro, sem dúvidas! 

    Vale a pena ler e a cada livro assim que eu leio, de autor nacional criando mundo absolutamente fantásticos, eu fico mais e mais orgulhosa.

    Parabéns Priscila!

    Você fez um belo trabalho, eu com certeza quero ler mais obras sua. Conte sempre com a equipe LT!

    Saiba mais sobre a autora >>AQUI<<


    CLASSIFICAÇÃO 







    16 comentários :

    1. Obrigada pela resenha Ari. Fico feliz que tenha gostado da obra. Espero melhorar a cada dia e prometo aplicar as suas dicas. rs Abraços.

      ResponderExcluir
    2. oIII
      Que mistério, heim!
      Parabéns a autora e a você por divulgar o trabalho.
      #euapoioaliteraturanacional

      ResponderExcluir
    3. olá.bem, pra ser sincera achei tudo meio confuso e vc pontuou umas coisas que acabaram por me desanimar pra fazer a leitura, mesmo você tendo curtido a ideia da trama num geral... a capa realmente é belissima... já tinha visto o livro antes, mas vou passar a dica...
      bjs ^^

      ResponderExcluir
    4. Olá!
      Eu achei a premissa desse livro bem interessante, mas ao mesmo tempo fiquei um pouco apreensiva por causa da confusão em alguns momentos da leitura. Mesmo assim, foi bom saber que você indica a leitura. Vou anotar a dica e espero poder fazer a leitura do livro.
      Beijos.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Olá Thalita! Espero que se sinta encorajada a ler a história. Algumas "confusões" foram colocadas apenas para criar mistérios, mas tudo é revelado e esclarecido. rs De coração, espero que encontre em Branco uma leitura prazerosa.
        Abraços.

        Excluir
    5. Acredito que o enredo que a autora criou é totalmente novo e eu gosto disso, mas você citou alguns pontos chatos da diagramação que foram suficientes para me afastar do livro. A falta de responsabilidade da editora é triste.
      Enfim, parabéns pela resenha.
      Autora, Parabéns.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Olá Mari. Alguns pontos foram bem negativos e concordo com a Ari. Fico triste que tenha desanimado da leitura do livro, mas permaneço com esperanças que isso mude. rs Obrigada e grande abraço.

        Excluir
    6. Oi Ari, tudo bom? Quando li a sinopse, fiquei bem interessada. Mas, lendo sua resenha, fiquei na dúvida, mesmo você recomendando. A dúvida surgiu por que me pareceu que a história ficou um pouco confusa, só lendo mesmo para conferir. beijos!

      Entre Livros e Pergaminhos

      ResponderExcluir
    7. Oii, achei a capa linda e a sinopse bem interessante, apesar do que você pontuou fiquei bem curiosa para entender melhor a história e espero poder fazê-lo num futuro próximo. Adorei o post. =)

      Beijos

      ResponderExcluir
    8. Olá! Li recentemente outra resenha sobre este livro e a sua somente reforçou minha vontade de ler esse livro! Parabéns!
      Bjs
      https://literakaos.wordpress.com/

      ResponderExcluir
    9. Olá! É a segunda resenha que vejo deste livro. Não é o estilo de leitura que estou procurando no momento, mas a dica já está anotada para quando eu quiser mudar de "ares". É bom saber que temos autoras desenvolvendo diferentes temáticas. Parabéns ao blog e à Priscila pela parceria! Abraços!

      ResponderExcluir
    10. Aricia, tudo bem?

      Tive a sensação de que esse livro tem uma pegada meio no estilo de Maze Runner, é isso mesmo?

      Não conheço a escrita da autora, mas pelo que você escreveu na resenha penso que talvez as explicações sejam justamente para que o leitor não se sinta confuso, tendo em vista que o universo criado pela autora é bem peculiar.

      Beijo

      Leitoras Inquietas

      ResponderExcluir
    11. Oi Arícia, sua linda, tudo bem?
      Eu estou com a impressão que já vi esse livro em algum blog. A história me pareceu um pouco confusa, não consegui captar o objetivo da autora e do enredo. E por você ter tido esse sentimento também durante a leitura, me deixou um pouco desanimada. Uma pena. Mas gostei muito da sua sinceridade.
      beijinhos.
      cila.
      http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    12. Bom, eu entendo as coisas de forma diferente, não é porque algo é complexo que acredito que naturalmente é confuso... Por isso já fiquei com o pé atrás. Mas o que realmente me fez desistir por enquanto da leitura foram os erros de português e pontuação que você citou, isso me irrita muito.

      ResponderExcluir
    13. Oiii.
      Gostei super da sua sinceridade na resenha, não é o tipo de livro que eu costumo ler, mas sempre procuro sair da minha zona da conforto.
      Amei seu post ♥
      Abraços Mary.

      ResponderExcluir

    Agradecemos por comentar! ^_^