Autores Livros Entrevistas Filmes Games HQ's Mangás Wattpad Sagas Seriados

19 de dezembro de 2015

Resenha: Vigilante. #02.


Título: Vigilante.
Série: Crônicas de Táiran.
Livro: 02.
Autora: Thais Lopes.
ISBN-13: 9788566486087.
ISBN-10: 8566486080.
Ano: 2015. Páginas: 343.
Idioma: Português.
Editora: Senhor da Lenda.
Adicione ao Skoob

E-book gentilmente cedido pela autora.

Sinopse:
A mercenária Ezi aprendeu cedo que precisava se esconder se quisesse sobreviver. E, acima de tudo, não podia deixar que os Guardiões soubessem quem era, ou do que era capaz. Mas uma única batalha tinha destruído anos de cuidado. Agora era apenas uma questão de tempo até que a Ordem mandasse alguém atrás dela, como haviam feito com seus pais...

Mas ela não sabe o que pensar quando o Arqui-Guardião Ziderrenoh chega na vila onde mora trazendo um aviso enigmático. Depois de anos se escondendo, Ezi precisa decidir o que é mais importante: sobreviver ou assumir sua herança, mesmo que isto coloque sua vida em risco.

Bom, é dia de resenha, por isso, nada melhor do que trazer a resenha de Vigilante, o segundo volume das Crônicas de Táiran da nossa autora parceira, Thais Lopes. Então, segue com vocês!

"Você veio pra cá fugindo dos Guardiões .... Se está fugindo, é porque eles sabem exatamente quem você é e o que pode fazer."

Se você acompanha o Blog, deve ter lido a resenha do primeiro volume intitulado Sentinela, sabe o quanto adorei a história e segui rapidamente para a leitura do segundo. Demorei para trazer a resenha pra vocês? Sim, demorei. Mas o livro? Li rápido, tão rápido quanto o primeiro. Isso demonstra se gostei ou não, certo?

"É disso que guerras são feitas .... De pessoas que fazem escolhas, e suas escolhas se tornam armas. E você já fez a diferença uma vez, esqueceu?"

Pontos que gostei bastante no enredo: a passagem de tempo, as personalidades dos novos personagens que temos a oportunidade de conhecer, enfim, a autora continua construindo seus personagens com maestria.

"Uma arma com o mesmo princípio do poder dos drahid." A matriarca murmurou, balançando a cabeça, quando as gravações terminaram. "Que absorve a energia de tudo que entra em contato com ela, mesmo indiretamente, e a converte. Estamos mortos."

Vigilante se passa 20 anos depois da batalha que aconteceu em Sentinela, batalha na qual Ezi - a nossa protagonista do momento - foi uma ferramenta fundamental para que o lado "bom" da força tivesse uma vantagem. Ao decorrer da trama, as suspeitas que encontramos nas entrelinhas de toda a história desde o primeiro volume confirmam-se, a batalha anterior foi só o começo e não existe vitória enquanto o poder corromper.

"Quando é que ganhamos a confiança dos Keryl?"

Continuo com minhas teorias, continuo sem saber em quais personagens posso confiar. Quer dizer, claro que acredito em alguns como bondosos, mas tem alguns que me deixam como diz o ditado "com a pulga atrás da orelha". A Thais tem o dom de nos deixar com muitas dúvidas e consequentemente nos levando a desejar ansiosamente os próximos volumes.

"Mercenários." Ele balançou a cabeça, mas agora eu podia ouvir a nota de diversão por baixo do comentário.

Confesso que Ezi me irritou em alguns momentos, mas, algo que gosto nela é que ela tenta, encara e não desiste. Sabe, uma mocinha forte? Ela é! Só me incomodei um pouco com o mine (mine pois não foi nada exagerado, mas me incomoda mesmo assim) "mimimi" dela para com o Zid, o arqui-guardião que me conquistou desde Sentinela, para quem leu: tem como não gostar dele?!

Parei no meio da cabine, surpresa com minha própria reação. O que estava fazendo? Estava mesmo disposta a jogar aquele jogo, a arriscar assim? Xingando em voz baixa, terminei de tirar minhas roupas e entrei no banheiro.

Com uma guerra declarada em andamento, com bastante ação, intrigas, passados obscuros, segredos, uniões improváveis, desentendimentos, parcerias que podem ou não ser duradouras: quem sabe o que realmente se passa na cabeça um do outro? Bem... Aíla e Kai sabem, mas eles são uma exceção - risos. Brincadeiras a parte, seguindo a linha apresentada em Sentinela, Vigilante nos leva de forma fervorosa para um desfecho que de fato, me intrigou.

E ali estava Ziderrenoh. Um Arqui-Guardião, como ela. E vindo do mesmo povo, do mesmo planeta... Das mesmas crenças.

Ao final desse livro, temos a clara impressão de que as coisas só pioram, apesar de que o desfecho nos dê uma falsa sensação de "agora vai ficar tudo bem", coisas da Thais, sabe?

"Ficarei longe dos meus superiores, então. Eu entendo o que esta vila é, e posso imaginar o que acham que está acontecendo. Posso ser mais útil aqui do que entre a Ordem."

Com o envolvimento de vilas pós-tecnológicas, sim, nós as temos aqui, as coisas ficam um pouquinho complicadas. Temos a matriarca de uma vila na qual Ezi passa um tempo e tenho que dizer que eu não gosto dessa mulher! Os mercenários, a Ordem se fazem presente e um personagem - sem nome -  o qual eu quero conhecer e muito!

O homem alguns passos atrás de mim era forte, muito mais forte do que eu tinha pensado. Ziderrenoh. Mas seu nome não importava, apenas seu poder. E seus escudos. Fortes demais para que eu conseguisse ultrapassá-los facilmente. Era melhor esperar, fazer o que precisava primeiro.

Todo o clima do livro, onde ele se passa, as naves, as lutas, armas, os povos que vão surgindo, o passando que vai sendo desvendado é muito delicioso de se acompanhar. Ah, uma sugestão para quem optar por ler: "Preste muita atenção nas entrelinhas de cada livro!" Palavras da autora, não minhas, mas que sugiro para vocês também.

"Vocês tem seis horas até o anoitecer na cidade antiga." Ela avisou. "Preferem descansar? Se não, posso levar vocês para conhecer o mercado."

Vou parando por aqui, antes que acabe deixando spoilers claros demais para vocês, mas indico o livro para quem curte ficção cientifica, para quem curte romance (Rá, o que a Aíla foi rápida, Ezi me irritou pela lerdeza - risos), enfim, pra quem adora uma literatura fantástica!



E aí, já te convenci a dar uma chance para as Crônicas de Táiran?
Enquanto vocês se decidem, eu fico aqui, desejando que venha logo o próximo volume, pois nada melhor do que termos uma Protetora! ;-) 



Leia outras resenhas de obras da autora Thais Lopes clicando nos links abaixo.

Série Santuário da Morte
2. Herança de Fogo.

Série Crônica de Táiran.

Acompanhe a autora nas redes sociais:
  1. Skoob da autora - clique aqui. 
  2. Perfil da autora no facebook - clique aqui. 
  3. Fanpage - clique aquiSite - clique aqui.
  4. Instagram - clique aqui. 
  5. Crônicas de Táiran - clique aqui
  6. Série Santuário da Morte - clique aqui
  7. Nilue - clique aqui
  8. Wattpad - clique aqui.

20 comentários :

  1. Sinopse interessante e gostei da resenha!

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro quando os autores conseguem construir personagens dúbios. Pelo o que você falou é o caso dos personagens da série. Eu li algumas resenhas do primeiro livro, mas confesso que não dei muito crédito, mas agora, com sua resenha, fiquei curiosa, por se tratar de um gênero que eu gosto e por ter personagens intrigantes.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Esse livro me lembrou a distopia Brilho um pouco. Talvez seja por causa do ambiente que é semelhante.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  4. Que bom que o livro conseguiu te prender assim como o primeiro! Eu tenho Sentinela no app do Kindle... Ainda não consegui pegar para ler, mas quero muito e espero poder fazer isso em breve :)
    Gostei da resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oiii, eu amei está capa, e preciso dizer eu não conhecia essa editora, mas achei o nome tão lindo, espero ler em breve com toda certeza.
    Beijos
    segredosliterarios-oficial.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Linda a capa, eu já tinha visto falar e tenho a serie toda na minha lista, ma eu quero ter todos os livro em mão antes de começar pois depois dessa resenha tenho ainda mais certeza de que irei amar. A capa esta linda

    ResponderExcluir
  7. Ai olha, vou confessar: não li o post porque ainda quero ler o primeiro livro da série e não quero pegar spoilers!
    Mas, posso dizer que as capas dessa série são todas lindas, adoro esses brilhos!
    Beijo.

    Tá rolando sorteio no blog, vem participar: Choque Literário

    ResponderExcluir
  8. Olá! curti a resenha, acredito que o livro seja um juvenil bem interessante para o público alvo.

    ResponderExcluir
  9. Olha tive de ler a resenha do primeiro livro ,para me situar melhor com a historia, mais confesso que não me interessei muito não ,embora a premissa seja interessante não é algo ao qual eu goste de ler. Tentarei dar uma chance a ele quem sabe não me surpreende.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Eu tenho o livro em e-book e quero muito ler, o primeiro e esse, o segundo! Sua resenha está show e quero conhecer esses personagens duvidosos... haha!

    Abraços e até!!

    lendoferozmente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Eu estou com Sentinela aqui para ler. Sou suspeita porque adoro a Thais, mas acredito que gostarei bastante do livro! Estou falando na cabeça dela para acabar logo a série e eu poder começar a ler! hahahahaha

    Infinitos Livros

    ResponderExcluir
  12. Oii,

    Gostei da resenha e confesso que não conhecia o livro.
    Mas a história parece ser bem bacana.

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Olá :D
    Eu gosto muito de ficção científica, sabe? Mas não sei, esse livro não conseguiu chamar minha atenção, apesar de parecer muito bom. Não sei se eu o leria. Talvez mais pra frente, sou uma pessoa bem de momentos rs
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  14. Olá Ana, morro de vontade de ler algo dessa autora e essa série parece ser bem legal *-* Pela sua resenha deste segundo livro deu para ficar bem curiosa para saber tanto o que aconteceu no primeiro que levou a este acontecimentos como o que vira neste *-* Espero poder lê-lo em breve.

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  15. quero tanto ler essa série, parecer ser tão boa. To curiosa pela sua resenha da continuação
    http://odiariodoleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Amo essa série da autora, também li Vigilante tão rápido quando Sentinela, e demorei um tempão para postar a resenha.
    E sobre as entrelinhas: <3
    Esse livro me conquistou totalmente. Beijos,
    Miih e o Mundo Literário

    ResponderExcluir
  17. oi ^^
    eu não conhecia a série, mas de qualquer forma a premissa não me chamou muito a atenção. por isso passo a leitura, pelo menos no momento. Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  18. Oláá
    Sua resenha está ótima e é uma ótima dica para quem gosta desse gênero, o enredo está bem legal e parece bem intenso, vou indicar a alguns amigos

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Finalmenteeee, Consegui saber mais sobre esse livro... Eu não seo porque mais a cape e maravilhosa... E me deu muita vontade de le-lo!!!

    ResponderExcluir
  20. Olá! Eu gostei da sua resenha mas a premissa não me agradou! Uma pena porque tinha amado a sinopse mas a premissa não é o que eu esperava no livro. Mas a capa dele é linda!

    Beijão da Lari!
    Brilliant Diamond | Fan Page

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^