Autores Livros Entrevistas Filmes Games HQ's Mangás Wattpad Sagas Seriados

15 de dezembro de 2015

Filmes & Tal: Duff.


Título: Duff.
Ano de Lançamento: 2015.
Diretor: Ari Sandel.
Roteirista: Josh A. Cagan.
Produtores: McG e Mary Viola.
Produção: CBS Films e Wonderland Sound and Vision.
Distribuidor Brasileiro: Diamond Films.
Duração: 112 minutos.
Elenco: Mae Whitman, Robbie Amell, Bianca Santos, Bella Thorne, Allison Janney, Romany Malco, Skyler Samuels, Ken Jeong. 


A jovem Bianca (Mae Whitman) descobre um dia que foi escolhidas pelas amigas de colégio como uma DUFF (Designated Ugly Fat Friend), ou seja uma amiga feia para que elas se pareçam ainda mais bonitas em comparação. Revoltada, Bianca pede a um atleta popular da escola para ajudá-la a melhorar o seu visual.


Um dia desses, eu estava passeando pelos blogs que sempre visito e me deparei com a resenha desse filme em questão. Sei que quando se olha assim parece ser mais um daqueles filmes de adolescentes mimados que gostam e  sentem prazer em humilhar os outros. 

É mentira? Não!

Mas mesmo assim, esse filme me chamou a atenção por ser no estilo que eu gosto de assistir e também porque o Robbie Amell estava no elenco e ele é gato demais. #MeJulguem.

D.U.F.F. conta a história de Bianca Piper, ela é uma garota normal, não é feia, nem bonita. Não se preocupa em se arrumar, gosta de viver ao seu modo e se sente feliz com isso. Tem como amiga duas meninas bonitas, talentosas e desejadas pelos garotos, mas ela não tem esse sucesso com os mesmos.

Um dia, a realidade bate em sua porta quando Weslley, seu amigo de infância, um dos garotos mais populares e galinha da escola diz que ela é uma D.U.F.F. (Designated Ugly Fat Friend - A Amiga Designada Gorda e Feia).

Desde o momento dessa descoberta a vida de Bianca se transforma totalmente e ela se esforça ao máximo para mudar esse título. Porém no decorrer da história ela descobre que existem coisas mais importantes nas quais ela tem que se preocupar e muitas surpresas acontecem. Não tão surpresa na verdade.

Como disse, achava que o filme se tratava apenas dessa questão do preconceito e das panelinhas que existem em todos os colégios do mundo, seja nos Estados Unidos, local no qual se passa o filme, ou aqui no Brasil. Mas fui surpreendida, primeiramente porque houve, na minha opinião uma paródia em relação a isso, pois os populares, mesmo sendo populares passam por uma série de problemas e são um pouco depressivos e os nerds são os que meio que comandam tudo. Gostei disso.

Segunda questão que eu gostei muito no filme é que ele aborda questões que acho que é de extrema importância no mundo atual: vício pela tecnologia e o cyberbullying. 

Esse filme não é um filme com um conteúdo aprimorado, ou aquele filme que te enche os olhos. Sabe aquele típico filme de seção da tarde?  Então.

Em busca do sucesso, ele repete várias fórmulas já conhecidas das comédias românticas, o famoso clichê. Mas como disse, é um filme gostoso para se passar a tarde. 

Só não gostei de um ponto no filme e não é em relação ao roteiro, mas sim com os atores. Por se passar no colegial, achei que a idade dos atores não condizia com a idade dos personagens e isso ficou bem nítido. 

Mas voltando a falar da história. No início, existe aquele machismo típico e hipócrita de que o que importa é a aparência e que a pessoa deve se adaptar a isso para ser aceita, porém a lição final desse filme é muito linda e na minha opinião é o que falta na cabeça de muitas pessoas: O importante não é a opinião dos outros ou os rótulos que você ganhar ao longo da sua vida. O que importa de fato é você estar bem consigo mesmo, é você se aceitar do jeito que é e ser feliz. 

É um filme bobinho? Sim. Clichê? Sim. Mas eu recomendo que assistam.

Sabe quando não tem nada para se fazer e quer se distrair? Esse filme é uma boa pedida por ser leve, gostosinho, engraçado e ao mesmo tempo, real e com uma moral muito boa.

Enquanto eu pesquisava os dados do filme para arrumar a ficha técnica aqui para vocês descobri que esse filme foi baseado em um livro com o mesmo nome, mesmo que a adaptação tenha sido totalmente diferente do enredo original. Eu me interessei em ler o livro,  não sei se ele foi lançado ainda aqui no Brasil, mas vou pesquisar direitinho e conto para vocês.

Já assistiram? Querem assistir? Me contem tudoooo...


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Agradecemos por comentar! ^_^