Autores Livros Entrevistas Filmes Games HQ's Mangás Wattpad Sagas Seriados

6 de janeiro de 2017

Resenha: Ligeiramente Casados - Os Bedwyns #01.

Título: Ligeiramente Casados.
Série: Os Bedwyns.
Livro: 01.
Autora: Mary Balogh.
Ano: 2014.
Páginas: 288.
ISBN-10: 8580413214.
ISBN-13: 978-8580413212.
Idioma: Português.
Editora: Arqueiro.
Gênero: Romance / Romance de época.
Categoria: Literatura estrangeira.
Adicione ao Skoob.
Compre: aqui.

Sinopse:
À beira da morte, o capitão Percival Morris fez um último pedido a seu oficial superior: que ele levasse a notícia de seu falecimento a sua irmã e que a protegesse Custe o que custar! Quando o honrado coronel lorde Aidan Bedwyn chega ao Solar Ringwood para cumprir sua promessa, encontra uma propriedade próspera, administrada por Eve, uma jovem generosa e independente que não quer a proteção de homem nenhum. Porém Aidan descobre que, por causa da morte prematura do irmão, Eve perderá sua fortuna e será despejada, junto com todas as pessoas que dependem dela... a menos que cumpra uma condição deixada no testamento do pai: casar-se antes do primeiro aniversário da morte dele o que acontecerá em quatro dias. Fiel à sua promessa, o lorde propõe um casamento de conveniência para que a jovem mantenha sua herança. Após a cerimônia, ela poderá voltar para sua vida no campo e ele, para sua carreira militar. Só que o duque de Bewcastle, irmão mais velho do coronel, descobre que Aidan se casou e exige que a nova Bedwyn seja devidamente apresentada à rainha. Então os poucos dias em que ficariam juntos se transformam em semanas, até que eles começam a imaginar como seria não estarem apenas ligeiramente casados…

Esse é o primeiro livro da série Os Bedwyns, e nele conhecemos uma personagem que nos conquista com facilidade, é da história dela que venho falar com vocês. Eve Morris mora no Solar de Ringwood e espera ansiosamente pela volta de seu irmão, o Capitão Percival Morris. Mas quando o Coronel Lorde Aidan Bedwyn chega à sua casa, ela recebe a notícia de que seu irmão foi morto em combate, mas deixou um último pedido.

"Madame?" O coronel deu outro pequeno passo para a frente e estendeu a mão como se fosse segurá-la pelo braço. Ela se esquivou. "Mais alguma coisa?" "Ele me pediu para protegê-la" disse Bedwyn. "Para me proteger?"

Ela se sentia assustada e perdida, o que o futuro reservou para ela? Agora ela não tinha mais seu irmão, então com a morte de Percy, Eve e quem ela abrigava ficariam sem teto, pois o testamento de seu falecido pai diz “Por não ser casada ela perderá toda a fortuna da família”. E agora, com mais uma triste notícia, Eve terá que pensar e rápido, porém, o coronel foi mais rápido...

"Há um modo de salvar tudo o que lhe é tão caro" – falou.  "Não" – Eve franziu as sobrancelhas para as costas dele. "Se houvesse eu já teria descoberto, Coronel. Já considerei todas as possibilidades, acredite em mim." "Não pensou em uma possibilidade" – disse Bedwyn, a voz fria e dura. "Qual?" Mas ele não disse logo a ela o que era. E Eve percebeu que o coronel batia ritmicamente nas costas das mãos entrelaçadas. "Terá que se casar comigo" – falou ele por fim.

Eve casada? Será que daria certo? O casamento seria só de aparências? Ele a estava ajudando, ela teria que aceitar por todos, e tudo que sempre quis. Mas nem o amava, o romance que ela sempre sonhou não aconteceria, ou iria? Ela teria que conhecer a família do Coronel, e ser apresentada a rainha, ir a bailes, se tornar uma dama, como o nome fala. Lady Aidan Bedwyn.

Será que ela conseguirá?
Para proteger tudo e todos, e ainda conhecer melhor Aidan?
Ela esquecerá um amor do passado?
E um amor nascerá?
Ou as coisas podem piorar? A gente nunca sabe o que o futuro nos reserva, Eve melhor do que ninguém estava entendendo isso. Ela tinha suas opções: Aceitar ou ficar sem nada. O que ela escolheu? Como deu-se o desenrolar da história e seu desfecho? Descubra lendo.

O livro é recheado de cenas eróticas, todavia, o linguajar utilizado pela autora é suave, envolvente, delicado e até mesmo bonito, o que, apesar do número das cenas serem consideráveis, deixa a leitura fluida e esse fato não chega a incomodar. 

A narrativa do livro é feita alternando-se entre os pontos de vista de Eve, Lorde Aidan e de um terceiro narrador onisciente, o que nos proporciona uma ótima visão da história, muito mais ampla. 

Confesso para vocês que nunca fui muito fã de romances de época, mas esse não me deixou frustrada, eu AMEI a leitura do começo ao fim. Me identifiquei com Eve, pelo modo em que tornou-se uma mulher forte e decidida, por amar os outros acima de tudo. A autora nos envolve de uma maneira, que o livro passa como um filme na sua cabeça, e quando você  vê já virou a última página e ficou com gostinho de quero mais. Eu realmente amei essa história, que venham os próximos livros da série!

A editora Arqueiro, como sempre, faz um trabalho bacana. A capa simples e bonita, condizente com a personalidade da personagem principal. Contando com uma boa revisão, folhas amareladas, fonte de tamanho confortável para leitura, sem reclamações a fazer. 

Se indico o livro?  Com certeza! Indico para todos aqueles que gostam bastante do gênero, também para quem busca ler um livro leve, de leitura rápida, um romance gostoso mas que lhe encanta. Bom, é isso e até a próxima!

Avaliação:

Leia as demais resenhas da série clicando nos títulos abaixo.

14 comentários :

  1. Olá
    Também não sou fã de Romances de Época, mas no meu caso não sou nada fã, já tentei ler vários e acabava largando pela metade, ultimamente vem venho lendo varias resenhas sobre várias séries, até fiquei curiosa com algumas como os da Julia Quinn, mas essa não me conquistou muito. Mas fico feliz que tenha gostado a Eve parece mesmo uma bela mocinha, gostei dela.

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Já conhecia essa série mas não sabia qual era a premissa do primeiro livro e gostei muito da sinopse dele e da sua descrição dos personagens, principalmente da Eve que parece ser uma excelente protagonista. Diferente de você eu amo romances de época e por isso tenho uma grande lista de títulos do gênero que pretendo ler e já adicionei esse pra adquirir assim que possível.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Oiee, tudo bom? Adorei sua resenha :D Que bom que gostou tanto do livro. Eu li vários romances de época ano passado e estou curtindo bastante o gênero. Tenho muita curiosidade de ler os livros da Mary Balogh e espero ter a oportunidade esse ano, e gostar tanto quanto você.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    Ainda não li nenhum dos volumes da série, mas confesso que gosto bastante do gênero e só tenho visto elogios sobre os livros da autora!
    Adorei saber suas impressões e saber que mesmo você não sendo muito fã de romances de época que esse não te decepcionou e que acabou amando!! Já um bom motivo para que eu queira ainda mais fazer a leitura.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem? Adoro a série Os Bedwyns apesar de só ter lido dois volumes, e o Aidan é o meu favorito <3 Acho essa série bem diferente das outras de romance de época já que a Mary se foca mais na parte romantica, por isso você deve ter gostado. Nossa adorei relembrar porque amo o gênero.
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Moça eu amo demais essa série, já li o quinto livro e eu me apaixono cada vez mais por ela. É linda, empolgante, envolvente, muito bom. E eu amei sua resenha, ficou perfeita! Parabéns!

    www.memoriasdeumaleitora.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá, gosto de romances de época, mas não são todos que me encantam, e vendo sua resenha sobre este acabei por me encantar pela narrativa. E fico feliz que temos ai um romance que se desenvolve bem durante o enredo.

    ResponderExcluir
  8. Este livro realmente é bem legal e você vai amar os outros da série se continuar. A Eve é um doce de pessoa né? Eu adorei ela como personagem.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.blogandolivros.com

    ResponderExcluir
  9. Oi... a Arqueiro tem investido pesado nas histórias de época. Mas, esse negócio de ter muitas cenas eróticas... hmmm... não é comigo, não. Acho que muitos autores tem puxado bastante por esse lado ultimamente... eu até gosto do gênero, mas leio muito pouco exatamente por isso...

    Mas, que bom que curtiu :D
    bjs Papierllon

    ResponderExcluir
  10. Olá.

    Eu sou apaixonada por romances de época e já tenho esse livro na minha estante só que ainda não tive oportunidade de ler. Espero gostar da leitura assim como você e espero que você leia os próximos livros e goste também. Amei sua resenha e todas as suas considerações.

    Beijos,
    Respire Literatura

    ResponderExcluir
  11. Oii, tudo bem?
    Eu confesso que tenho um certo problema com romances históricos, normalmente eu não costumo mito a gostar deles, mas tem um ou outro que acabam me cativando. E tenho que admitir que estou super curiosa em relação a essa série, principalmente a esse livro, parece ter uma historia bem diferente e quero muito poder conferir.

    ResponderExcluir
  12. Olá.
    Você não sendo fã do gênero e como gostou desse livro fiquei ainda mais animada, pois se eu curto o gênero vou amar o livro, adorei a resenha, vc me deixou muito curiosa, achei legal o lance do terceiro narrador, acho que isso deixa tudo ainda mais interessante.
    Amei a resenha e espero ter a oportunidade de ler o livro.

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Imagino que eu vou amar essa obra, já que sou apaixonada por romances de época! Adorei a sua resenha, pude ver que você realmente curtiu muito a história, mesmo não sendo muito chegada ao gênero. Gostei de saber que tem cenas eróticas, ainda que bem suaves.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Olá,
    Eu não conhecia o livro e não senti vontade de conhece-lo. Não gosto muito de livros eróticos e a leitura não me agradaria muito. Por conta disso, eu evitaria. Fiquei até curiosa com o que vai acontecer.
    Beijos,
    Delírios Literários da Snow

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^