Autores Livros Entrevistas Filmes Games HQ's Mangás Wattpad Sagas Seriados

13 de agosto de 2017

Resenha: Guerras Secretas – Alex Irvine.

Título: Guerras Secretas.
Autor: Alex Irvine.
Editora: Novo Século.
ISBN-13: 9788542807134.
ISBN-10: 8542807138.
Ano: 2015.  
Páginas: 352. 
Idioma: Português.
Categoria: Fantasia, Romance, Romance.
Skoob: aqui.

Destruam seus inimigos e todos os seus desejos serão realizados!

Vingadores, X-Men, Quarteto Fantástico, Homem-Aranha: os maiores heróis do universo. Magneto, Doutor Destino, Ultron, Galactus: os maiores vilões. Convocados pelo onipotente Beyonder para um desafio interestelar, heróis e vilões deverão se confrontar no Mundo de Batalha, visando conquistar o maior prêmio que alguém jamais poderia cobiçar.



Boa noite, galera! Aqui quem fala com vocês, é o Júlio, e eu trouxe hoje a resenha de uma das histórias mais famosas da Marvel. Lançada em quadrinhos entre Maio de 1984 e Abril de 1985, fez um sucesso enorme devido à quantidade de personagens reunidos. Em 2015 foi adaptado nesse romance de Alex Irvine, sobre o qual irei falar. 

Beyonder, é uma entidade onipotente, de alguma forma lança os heróis e vilões em um mundo criado por ele. E foi no susto, todos simplesmente apareceram em duas naves, prontos para luta, independente do que estivessem fazendo. É então que começa a primeira das batalhas. Dos dois lados há escolhas polêmicas, como Magneto ao lado dos heróis e Galactus (o devorador de mundos), ao lado dos vilões (o que é uma séria desvantagem para os heróis). Muitos dos heróis não concordam com a presença de Magneto e isso gera conflitos até chegarem ao mundo de batalha. 

O mundo de batalha é estranho e parece ser feito de várias partes de outros planetas, o que deixa o cenário um pouco bizarro. Vários personagens têm as mais diversas reações ao chegar lá. Alguns entendem a ordem de Beyonder logo de início e conseguem coisas que ninguém imaginaria que iriam acontecer (sem spoilers!). Os combates entre os dois grupos acontecem em diversas partes do livro e entre eles, as discussões dentro dos grupos, problemas sobre liderança e alianças a serem feitas. Tudo isso sem que qualquer um deles saiba o real objetivo de Beyonder e o que aconteceu com o restante do universo, pois aparentemente, Beyonder destruiu tudo (sim, ele pode fazer isso). 

Em minha opinião, os destaques do livro ficam a cargo de Charles Xavier, Reed Richards e Doutor Destino  disparado o melhor personagem. Xavier e Reed são os cérebros do lado dos heróis e conseguem manter os ambos os grupos (X-Men, Vingadores e Quarteto Fantástico). Já Destino foi o mais ambicioso de todos. ele consegue à força liderar os vilões, incluindo o poderosíssimo Homem Molecular e ao mesmo tempo seguir com seu plano de se tornar o ser supremo do universo. Ele quer o poder de Beyonder e faz todo o possível para conseguir, agindo com extrema inteligência o tempo inteiro e fazendo com que suas partes sejam as melhores do livro. 

Por outro lado, vários heróis decepcionam, infelizmente para minha pessoa, meu favorito foi o pior deles. Homem Aranha em minha opinião foi desnecessário nessa história (não sei como foi no quadrinhos, mas pretendo descobrir). Se limitou a apanhar e soltar piadas em uma situação bastante crítica como essa. Homem de Ferro decepcionou logo no início e descobrimos o motivo rapidamente (não vou contar).

No geral, a leitura me agradou, entretanto, achei pouco para o que estava acostumado a encontrar nos livros da Marvel. Na minha opinião, exageraram ao criar Beyonder, o que deixou o final meio bobo. A edição, como peguei a versão slim, ficou bem simples, apenas com ilustrações na contracapa de ambos os lados. Ao final de cada capítulo tem um pedacinho com o ponto de vista de um personagem, pois a maioria deles, apesar da grande batalha, vive conflitos particulares causados pelo mundo de batalha.

Apesar dos pontos negativos, recomendo a leitura, principalmente pelos conflitos individuais dos personagens que são bem interessantes. Vou ler a HQ para conferir se mudou muito na adaptação e na participação de alguns heróis (sim, quero ver se o Aranha consegue se redimir). Vou ficando por aqui, espero que tenham curtido a resenha, semana que vem estou de volta!!

QUOTES
"Uma luta até a morte, minha cara. Conforme concordamos, certo?"

"Você sabe o que é certo Mag? O fato de você ser um maníaco pomposo e egoísta, apesar de ser uma graça."

"É isso aí Hulk amigão. Aproveite essa raiva toda. Mesmo que você não volte mais a ser esperto, vamos amá-lo mesmo assim."

Classificação: 

5 comentários :

  1. Olá!
    Já li a HQ e o roteiro é bem rasteiro, até meio simplório. Foi o primeiro megacrossover da Marvel e ainda não sabiam direito como fazer isso :P
    Sobre o Homem-Aranha, não sei se acontece no livro, só que nessa série que ele teve o primeiro contato com o simbionte do Venom
    Gostei da resenha!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Ju!

    Amo o universo da Marvel, mas confesso que lendo a sua resenha fiquei com a sensação de que vacilaram com esse e de que foi um "tapa buraco" desnecessário para explicar algumas coisas que poderia ter sido feito de um modo melhor.

    Bem, ainda assim, valeu!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  3. Olá! Não conhecia essa edição, gosto bastante de Hq's e fico bastante animada quando vejo resenhas sobre elas. Mas essa não me chamou atenção, apesar de ter vários heróis reunidos, não fiquei com vontade de ler, abraços!

    ResponderExcluir
  4. Olá Júlio,
    Já ouvi falar desses livros, mas não acompanho muito, pois não curto as histórias. É uma pena que a história tenha ficado aquém do que está acostumado a encontrar, mas é interessante que tenha sido boa.
    Esse livro parece ser perfeito para meu irmão e vou indicar.
    Beijos,
    http://www.umoceanodehistorias.com/

    ResponderExcluir
  5. Oie,

    Não é um gênero que eu curta muito não pra ser sincera, mas gostei do que vi por aqui.
    Excelente resenha!

    Beijokas!

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^