[Autores Parceiros]

Comente aqui

Aricia Aguiar

Aricia Aguiar tem 31 anos, é Carioca e encantou-se com a leitura na adolescência. Seu primeiro livro lido desde que se entendo por gente, foi "A Moreninha" - romance histórico do autor Joaquim Manoel de Macedo. Depois dele continuou a ler vários outros títulos de Paulo Coelho, José de Alencar, Zibia Gasparetto e algumas autoras internacionais. Seu primeiro rabisco foi um trabalho para a escola o qual tem guardado até hoje e ainda lembra-se do elogio da professora. Sonhadora com pé no chão, definiria-se assim...






Amanda Bonatti

Amanda Bonatti nasceu em Rio do Oeste, SC em 7 de janeiro de 1987, mudou-se ainda criança para Itajaí, cidade onde estudou e trabalhou em escolas Municipais. Pedagoga, Licenciada em Letras, pós-graduada em supervisão escolar e Revisão de Textos. Poeta, escritora, autora dos livros publicados: Ah!mar Itajaí, S.O.S Mamãe de Primeira Viagem e do Romance espírita Lágrimas de Outono, estes dois últimos lançados na Bienal do Rio de Janeiro e de São Paulo, respectivamente. Atualmente Amanda mora na cidade de Balneário Piçarras e dedica-se unicamente a literatura e ao trabalho como revisora de textos.Release Completo: Amanda Bonatti é Catarinense, Pedagoga e Licenciada em Letras. Apaixonada pelo mundo dos livros e das palavras, escreveu contos, poemas e em 2013 publicou seu primeiro livro, intitulado "Ah!mar Itajaí", onde retrata as praias e belezas naturais da cidade onde cresceu. Em 2015 lançou seu segundo livro na Bienal Internacional do Livro/RJ, o romance "S.O.S Mamãe de primeira viagem" direcionado ao público feminino e que conta hoje com a sua segunda edição. Em 2016 lançou seu terceiro livro na Bienal SP, o romance “Lágrimas de Outono”, (Selo SER da Editora Arwen).





Alegra Te Vittone


Alegra Te Vittone, pseudônimo de Alessandra da Silva dos Santos, é natural da cidade do Rio de Janeiro. Graduada Bacharel em Produção Cultural, atriz, compositora e escritora. Alegra publicou onze poemas de sua autoria em uma coletânea de poesias de diversos autores, no ano de 2016, porém não se considera uma poetisa em potencial.




Bianca Gulim

Bianca Gulim tem 26 anos, nasceu e mora em São Paulo. Formada em Administração, com especialização em Recursos Humanos, hoje se dedica totalmente à escrita e ao empreendedorismo. É cofundadora da Epifania Livros, que busca democratizar o acesso e a produção de literatura e oferecer remuneração justa aos escritores. Sempre foi leitora voraz de ficção e fantasia, com uma forte tendência a sagas distópicas e vampirescas. Começou a escrever seu primeiro livro – 2323: Sobreviventes do Caos – em 2015, quando descobriu sua vocação para escritora.





Camila Moreira


Camila Moreira é uma autora incrível. Com cada frase, detalhe e vírgula, ela consegue tocar no coração de cada leitor seu. Além de ser uma mulher excepcional e muito querida por todas as suas fãs.

"O autor só escreve metade do livro. Da outra metade, deve ocupar-se o leitor."




Giuliana Sperandio

Nascida em 1986, a carioca Giuliana Sperandio mora há quase quinze anos em Santa Catarina. Esposa e mãe, ama fazer novas amizades e divulgar a literatura nacional através do seu "blog" Clube do livro e Amigos.

Sua estreia como escritora foi em 2015, com a publicação de contos na Amazon e no Wattpad.

Participou das antologias: "Através da Escuridão" em 2016, "Bastidores, um dia na vida de um blog literário", que foram publicadas pela Editora Illuminare. Também organizou e participou, pela editora Sinna, da antologia "Entre Amigos".

"Violet" é o seu primeiro romance publicado.


Helô Delgado


Helô não levou a sério as palavras da professora de redação no ensino médio, e fez pouco caso quando ela sugeriu que deveria trabalhar com escrita. Por isso, antes de escrever profissionalmente, se formou em psicologia, se especializando em psicanálise. Cursou alguns períodos de educação física e fez pós-graduação em Tradução. Trabalhou cinco anos com psicologia clínica, mas acabou se afastando e caindo de paraquedas na tradução literária, o que a aproximou da literatura nacional.


É apaixonada por livros desde criança, principalmente por romances. Antes de se aventurar escrevendo contos, escreveu colunas e resenhas para blogs e revistas literárias.

Levou o maior susto quando o primeiro conto que escreveu “Enclausurada no Inferno”, foi selecionado para uma antologia. Foi esse fato que a fez mergulhar de cabeça na nova carreira. Seu primeiro romance, “Dilacerada”, foi escrito há um tempinho e será publicado no início de 2018. Seu segundo romance já está concluído, aguardando para ser publicado.


Joe de Lima
Joe de Lima nasceu em 1981 e sempre gostou de inventar histórias. Após um início trabalhando com fanzines em quadrinhos, passou a se dedicar à literatura. Publicou contos em antologias das editoras Infinitum, Literata e Buriti, na revista digital Nupo e no podcast Desleituras.



Mari Scotti
Paulistana, tímida e blogueira literária. Nascida em 22 de fevereiro e formada em Recursos Humanos. Aprendeu a amar a literatura aos dez anos de idade e a desejar escrever com a mãe que também é apaixonada por esta arte. Teve coragem de mostrar suas hist´prias a outros apenas em 2009 como escritora de fanfics, o que a impulsionou a buscar por mais. Apoia sem reservas a literatura Nacional. Já gravou CD como cantora de banda, compôs e hoje se dedica à sua família e a seus personagens.Escritora das séries Neblina e Escuridão, Série Nefilins e do romance de época Montanha da Lua.


Milton Xavier
Milton Xavier é brasileiro. Nasceu em São Paulo e atualmente reside em Fortaleza. É leitor assíduo de vários gêneros com predileções por aventura e ficção. Não a ficção trágica de invasões extraterrestres e sim a exploração evolutiva e troca de conhecimento com outras civilizações e não tem dúvida de que esse encontro ocorrerá muito em breve. Sobre as limitações tecnológicas existentes hoje, tem certeza de que a humanidade descobrirá formas simples de superá-las. 

Sobre escrever, certa vez assistiu uma entrevista onde um escritor afirmou que primeiro concebe a obra por inteiro na cabeça e só então começa a escrever e comentou: "Não consigo fazer assim. Escrevo e coloco os personagens em situações complicadas, às vezes levo dias até encontrar uma saída factível para ele. Deixo as ideias fluírem naturalmente".


Thais Lopes
Seu nome é Thais Lopes, mineira de 24 anos. Cresceu entre livros e histórias fantásticas. Desde criança tomou gosto por criar histórias, e este é um vício que nunca abandonou. Uma coisa que nunca falta na sua bolsa/mochila? Papel e caneta. Sempre. Outra constante é a música. Sabe aquela pessoa louca no ponto de ônibus cantarolando como se não tivesse ninguém por perto? "Oi, muito prazer" - é ela. O resultado disso tudo é algo que costuma chamar de um pequeno problema de excesso de criatividade. Tem mais personagens e histórias na cabeça do que acredita que vá conseguir passar para o papel, e mundos (e seres) fantásticos são sua paixão.


Você quer ser um parceiro LT? Conheça nossa politica de parcerias clicando aqui.


0 comentários :

Postar um comentário

Agradecemos por comentar! ^_^



TOPO